1. NÃO FAÇA GREVE…..NÃO FAÇA NADA….APENAS VÁ….

  2. Dois pesos, duas medidas.
    Agora digam com sinceridade!
    – Quem irá sentir falta de juízes? O processo vai ficar parado por uma semana, duas? Juízes ‘ sentam em cima” de processos por anos.
    É apenas lobby! ” Jus eperniandi”.
    Igual tirar o PlayStation de uma criança obesa rica!

  3. PSB DECIDE NÃO APOIAR ALCKMIN
    Agencia Brasil
    O PSB, que apoiou o golpe contra Dilma Rousseff, agora fechou as portas para o presidenciável e governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de um partido, o PSDB, que também apoiou a renúncia sem crime de responsabilidade da petista; os pessebistas são contra a vontade do maior aliado do tucano no PSB, o vice-governador paulista Márcio França, que passa a estreitar laços com outros pré-candidatos à presidência da República, como o senador Álvaro Dias, do Podemos

    9 DE MARÇO DE 2018 ÀS 16:14 // INSCREVA-SE NA TV 247 Youtube

    Ouvindo: PSB decide não apoiar Alckmin | Brasil 24/7 76.9%100%Audima

    SP 247 – O PSB, que apoiou o golpe contra Dilma Rousseff, agora fechou as portas para o presidenciável e governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de um partido, o PSDB, que também apoiu a renúncia sem crime de responsabilidade da petista. Os pessebistas são contra a vontade do maior aliado do tucano no PSB, o vice-governador paulista Márcio França, que passa a estreitar laços com outros pré-candidatos à presidência da República, como o senador Álvaro Dias, do Podemos.

    Segundo o vice do executivo paulista, as articulações não sinalizam uma traição ao “padrinho” tucano, mas admitiu o desconforto com a decisão do seu partido. “Vamos fazer de um jeito que diminua o constrangimento”, disse França à piauí.

    O PSB aprovou no último fim de semana uma resolução dizendo que não apoiará candidato a presidente que defenda as reformas da Previdência e trabalhista ou as privatizações da Eletrobras e da Petrobras.

    Playvolume00:00/00:50brasil247 Video 2018-03-10_00-47Truvid

  4. Essa gente esta em greve desde o descobrimento de Cabral. Caros demais pelo que produzem, nao justificam em nada, nada, nada o chamado custo x beneficio. Muito bla bla bla; Mais do mesmo; O engraçado é que se fazem de “sacrificados, coitados, etc….”, só esquecem que qdl ingressaram na magistratura (minusculo mesmo !), as regras ja eram essa, entao, querem mudar a regra no curso do jogo em proveito proprio. O que esperar de um pais desse ? Uma justica dessas.

  5. BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO?

    NOVA NEGATIVA

    STJ nega pedido de prisão domiciliar do deputado federal Paulo Maluf

    9 de março de 2018
    A Justiça negou mais uma vez um pedido para que o deputado federal Paulo Maluf passe a cumprir prisão domiciliar. Desta vez, foi o ministro do Superior Tribunal de Justiça Jorge Mussi que indeferiu o pedido.

    Deputado Paulo Maluf cumpre
    pena por lavagem de dinheiro.
    A defesa alegava questões humanitárias e riscos à saúde do deputado para justificar a concessão da medida liminar, mas o ministro entendeu que, por ora, os autos indicam que o parlamentar tem recebido assistência médica adequada na prisão.

    Maluf foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal a sete anos e nove meses de prisão, em regime fechado, pela prática de crime de lavagem de dinheiro.

    Por meio do Habeas Corpus, a defesa apontou o caráter humanitário do pedido de recolhimento domiciliar, tendo em vista o frágil estado de saúde do parlamentar. Além da idade avançada — o deputado tem 86 anos —, a defesa alegou que Maluf tem doenças graves como câncer e diabetes, com possibilidade de deterioração rápida do quadro clínico no caso de manutenção da prisão.

    Ainda segundo a defesa, o crime imputado ao parlamentar teria sido cometido há mais de 20 anos, o que demonstraria a ausência de risco à ordem pública ou econômica no caso de concessão de prisão domiciliar.

    Tratamento adequado
    O ministro Jorge Mussi destacou inicialmente que, desde 2016, o STF tem adotado o entendimento de que é possível a execução provisória de acórdão penal condenatório, inclusive nos casos de ação penal de competência originária, não havendo que se falar, neste caso, em ofensa ao princípio da presunção de inocência.

    “Por conseguinte, muito embora haja a possibilidade de julgamento do recurso defensivo pela Suprema Corte, é certo afirmar que, por ora, o recolhimento provisório do paciente não advém de um decreto preventivo, mas sim de execução provisória de pena, decorrente do acórdão condenatório, de modo a afastar a incidência do artigo 318 do Código de Processo Penal, invocado pela defesa, e atrair o regramento do artigo 117 da Lei de Execução Penal”, apontou o ministro.

    Em relação ao pedido de prisão domiciliar humanitária, o ministro Mussi destacou que, de acordo com informações do juízo da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Maluf vem recebendo a assistência médica necessária à sua saúde, inclusive com a adoção, pelo estabelecimento prisional, das exigências da defesa para evitar a ocorrência de danos mais sérios.

    Ao indeferir o pedido de liminar, o ministro Jorge Mussi ressaltou que “a questão poderá ser analisada em maior profundidade pelo colegiado, quando do exame do mérito da impetração, pois não se desconhece o grave estado de saúde do paciente, mas também não se pode deixar de reconhecer, neste momento, o adequado tratamento médico aparentemente disponibilizado pelo estabelecimento prisional em que se encontra recolhido, o que não impedirá a adoção de outras providências que se fizerem necessárias, no curso da execução da pena, caso ocorra alteração do quadro fático, visando resguardar a dignidade e condições físicas e mentais do paciente”.

    O mérito do Habeas Corpus será julgado pela 5ª Turma.

    Incapacidade demonstrada
    A defesa de Maluf afirma que as mortes de presos no mesmo presídio demonstram a “incapacidade de o sistema prisional poder prestar a devida e necessária assistência médica a um idoso, cardíaco, de 86 anos, quadro especialmente delicado e de enorme risco”. Também é ressaltado o fato de Maluf estar precisando da ajuda de outros presos para fazer atos de higiene pessoal.

    Em nota, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, já havia questionado: “Afinal, onde estão os médicos de plantão? Onde está a estrutura médica especializada e o pronto atendimento? Todos nós sabemos da trágica situação dos presídios brasileiros. Uma população carcerária que é a terceira maior do mundo, com quase 800 mil presos, a maioria, como o que morreu no réveillon, de presos provisórios. Uma tragédia brasileira”.

    A defesa de Maluf afirma que pontos importantes não foram levados em consideração pela perícia. O fato mais grave ignorado, de acordo com os advogados, é a doença cardiovascular da qual o deputado sofre.

    Eles reclamam também da avaliação das condições do presídio. “Não consta da peça pericial que os peritos tenham vistoriado as condições físicas e sanitárias do estabelecimento penal, ignorando-se sobre qual pressuposto de fato (que não mera conjectura) concluem pela existência da infraestrutura necessária aos cuidados do periciado”, diz o pedido. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

    HC 438.166

    Revista Consultor Jurídico, 9 de março de 2018,

  6. temos que divulgar essa imagem do alexandre de moraes falando isso.

    aliás, chegou a hora de colocar o povão contra juízes e promotores, principalmente o Sergio Moro, tratado como herói pelos pobres de direita.

    Só policial e professor que é tratado como vagabundo pelo zé povinho

  7. Judiciário, salvo raríssimas exceções, virou uma esculhambação !
    Fundo do poço é aqui em agora !
    Se juntar o executivo, legislativo e judiciário, percebemos que são farinha do mesmo saco !

  8. Como é tendencioso….
    Magistratura = Judiciário
    Polícia = Executivo

    Polícia necessita de estar na rua sempre e ter resposta imediata.
    Judiciário, apenas, não pode deixar de dar o suporte.
    Em suma os dois são serviços “essenciais” a população, porém o serviço polícial tem de ser prestado na hora e o serviço Judiciário (teoricamente) não.
    A PC deveria poder fazer greve, mas aqui nós temos a casta dos Delebostas.

    Judiciário = auxílio moradia
    Polícia = GAT (delebostas)

    NU (achismo que o GAT eram para eles através de comentários de sindicatos que também se basearam em achismos) = resto (só recebe migalhas, sem sindicato, sem representatividade)

    Repararam como é? Cada um olha o próprio umbigo e cada cachorro que lamba a própria caceta.

    Alguém sabe do Baytoloni? O cara deu piti pq o distintivo dos tiras vai ser igual aos outros e agora parece que vai mudar…. Alguém está sabendo? Dar xilique por causa disso? Acha que é diferente de todos? O que vai mudar?

    Já encheu o saco esse sindicato dos Tiras!! Não faz nada!! Não luta por aumento!!! Um lixo!!! Vai brigar por causa de distintivo?? Alegando carreira fim?? Os escrivães não exigiram isso. Os Peritos e Legistas idem. Agora os Tiras precisam de distintivo diferente dos demais ao invés de salário.

    Rapaziada nós estamos na contramão das coisas. Exigimos dos delebostas e nossa própria categoria (leia-se ralé) não consegue, nem se quer, ser unida.

    É Flit. Kkkkkk
    Eleitoreiro, agora nutellinha (também) e gerador de intrigas. Hahaha To adorando!!! Hahaha

    Só uma pequena observação Guerra… Tenho certeza absoluta que se vc recebesse esse auxílio moradia vc não reclamaria e ainda daria uma desculpa ou justificativa de que merece tal auxílio. Pimenta nos dos outros é refresco né?
    Hahaha
    Só falta dizer que auxílio moradia até para ser dissídio dos Delebostas ou equivalente! Hahaha Tipo os NU falando do GAT!!!
    Essa Civil parece ser formada por 70% de zoião e Zé povinho… kkkkk
    Agora vou para o bravo que dinheiro não cresce em árvore.
    Enfia esse auxílio moradia, esse GAT e essa valorização de NU naquele lugar.
    Não faço parte do reinado logo vou trabalhar mais. (Como se Delegado e NU participassem também… kkkkk)
    Venham fazer bravo também. Tão querendo enganar quem? Hahaha
    Vai fazer bravo ou corre? (Deve ser por isso dos distintivos diferenciados! Kkkk)
    Distintivo do Delegado deveria ser o cara de Júlio César Usando óculos escuros e com uma coroa e dos Tiras deveria ser um $! Hahaha

    Foi mal galera…. Só dando uma causada de leve. Enche o saco ver toda hora notícias que só desmotivam.kkk

  9. Vergonha e tomar tapa na cara e baixar a cabeça não é? Blindada Iluminada Parcival

  10. SEJA CORAJOSO SR. DONO DO BLOG E PUBLIQUES A VERDADE !

    A DIGINIDADE DE UM JUIZ DEVE ESTAR ACIMA DE QUAISQUER CIDADÃO, DÚVIDAS OU SUSPEITAS, DEVE TER CONDUTA ILIBADA, E É JULGADO POR UM CONSELHO DE DESEMBARGADORES E É APOSENTADO COMPULSORIAMENTE.

  11. A DIGINIDADE DE UM JUIZ DEVE ESTAR ACIMA DE QUAISQUER CIDADÃO, DÚVIDAS OU SUSPEITAS, DEVE TER CONDUTA ILIBADA, E É JULGADO POR UM CONSELHO DE DESEMBARGADORES E É APOSENTADO COMPULSORIAMENTE.

  12. Policial não tem direito a folga, greve, salário decente, saúde, respeito e nem a pagamento pela hora extra trabalhada.
    Cadê o pagamento da dejec????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

  13. Resposta simples: Juízes são inteligentes, policiais, burros…

Os comentários estão desativados.