Instituto Sou da Paz Manifesta preocupação com possíveis alterações na estrutura administrativa da segurança pública paulista  77

Instituto Sou da Paz Manifesta preocupação com possíveis alterações na estrutura administrativa da segurança pública paulista 

“Surpreende ainda mais que alteração de tal relevância possa ser gestada sem debate público amplo, profundo e em contínua consulta aos policiais que conduzem as polícias paulistas”, diz Sou da Paz

Circula na imprensa desde ontem, 12 de abril, a notícia que o governador recém-empossado, Márcio França, estuda retirar a Polícia Civil da estrutura da Secretaria da Segurança Pública para alocá-la sob a gestão da Secretaria da Justiça. Dessa forma, cindiríamos as forças policiais do estado em duas direções distintas, separando ainda mais um trabalho que deveria ser integrado e complementar.

Caso se confirme o plano do governador, observaríamos no estado de São Paulo um arranjo institucional para a Segurança Pública absolutamente atípico e não testado. Pior, o plano carrega vícios incorrigíveis em sua concepção e joga fora o esforço de anos, tanto das corporações policiais, dos governos anteriores e da sociedade civil na construção de uma política de segurança pública integrada e com comando único.

Entre os pesquisadores e profissionais da segurança pública é corrente a reflexão sobre o modelo policial brasileiro, chamado de ciclo incompleto, em que uma polícia, militar, se ocupa da preservação da lei e da ordem pública, de forma ostensiva e preventiva, e outra polícia, civil, é responsável pelas atividades de polícia judiciária e de investigação criminal. Trata-se de modelo peculiar, objeto de amplo debate técnico.

Independentemente da avaliação que se tenha sobre este modelo, há um consenso absoluto entre os operadores da segurança pública: as polícias devem trabalhar de forma integrada e coordenada. O estado de São Paulo é pioneiro na busca pela gestão integrada da atividade policial e é absolutamente preocupante imaginar uma segregação administrativa como a sugerida pelas movimentações recentes.

Cabe lembrar que neste momento de profunda crise da segurança pública nacional, o estado de São Paulo, ainda que continue a enfrentar enormes desafios, apresenta incontestavelmente os melhores indicadores criminais do país. Experimentamos uma redução de homicídios que representa um paradigma internacional em termos de queda no número de mortes violentas. Hoje pode-se celebrar uma taxa de pouco mais de 7 homicídios por 100 mil habitantes registrada em 2017. Adicionalmente, verificamos uma redução expressiva na taxa de roubos de veículos no estado. Ainda que se dispute as múltiplas causas por trás destes números, é incontestável a melhoria sem paralelo que São Paulo apresenta no combate aos crimes violentos.

Nesse sentido, manifestamos nossa profunda consternação e preocupação com a possibilidade de que interesses políticos e corporativos possam apartar a gestão das polícias paulistas, ampliando os já relevantes desafios para uma atividade policial integrada e coordenada. Não é possível imaginar que a atividade investigatória possa ocorrer segregada da estrutura administrativa da segurança pública. A própria Constituição Paulista, em seu art. 139, determina que “a polícia do Estado” seja integrada pela Polícia Militar e pela Polícia Civil.

Ainda que como proposta em estudo, surpreende ainda mais que alteração de tal relevância possa ser gestada sem debate público amplo, profundo e em contínua consulta aos policiais que conduzem as polícias paulistas. O tempo em que essa mudança é proposta, a oito meses de um fim de mandato que acaba de começar, também causa espanto. A pergunta que deve ser respondida pelos arquitetos dessa medida é: a quem serve esse tipo de alteração no comando das polícias paulistas? 

Esperamos que a alteração veiculada pelos jornais nunca se produza. A evolução da segurança pública em São Paulo é uma conquista da população, embora ainda tenhamos desafios imensos para atingir a qualidade de vida e o estágio de paz social que ambicionamos em nosso estado. É dever de todo agente político proteger e zelar pela atuação integrada, harmoniosa da Polícia Militar e da Polícia Civil do Estado de São Paulo, e sedimentada no respeito aos direitos humanos.

Fonte: Último Segundo – iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/policia/2018-04-13/divisao-policias.html

  1. Vão pro Diabo.
    Pela separação já.
    A PC merece.

    ViVa a PC SP.

    Deixa logo essa porcaria de SSP pro jagunços da PM.

    PC é elite.
    Tudo haver com Secretaria da Justiça.

    Separação já!

  2. A secretaria de justiça costuma dar aumento salarial?
    Ou a PC vai gorar os vencimentos do pessoal da Justiça.

  3. Separação já, estamos afundando ou seremos resgatados ou afundamos de vez.

  4. Investipol

    Sim! Serão chamados de Vossas Excelências. Agora me dê licença que esqueci de tomar meu tarja preta hoje…

  5. Imagina só a Secretaria da Justiça segurar o B.O que não possui comida para preso até a remoção para o cdp.
    Autorizar escalas desumanas.

  6. “Escrifudida”

    A Secretaria da Justiça e de Defesa da Cidadania é uma das 26 Secretarias do poder executivo paulista. Não pertence ao Poder Judiciário.

  7. Secretaria da Justiça não é pertencer aos quadros do Tribunal de Justiça.
    O Tribunal é autônomo e pertence ao Poder Judiciário ok
    Vamos levar fumo sim

  8. O estado está falido, portando qualquer mudança, se houver, não incluirá aumento de gastos.

  9. Acredito que irá ter verba próprio só para polícia civil e ficar as claras o quanto temos realmente. Essa porcaria desse instituto não sabe nada por acaso não foram eles que idealizaram o bendito bônus ???

  10. Teoricamente, ficaria mais fácil pros majuras brigarem por um salário parecido com o dos promotores, juízes e defensores públicos. Se isso se refletiria no nosso salário, aí é outra história.

  11. Não se preocupem , enquanto tiver o PCC por aí o índice de homicídios esta garantido , pode mudar o que quiser , sem autorização deles vagabundo não mata

  12. Irmãos meus, porque não quereis ver o que está tão claro? Tens medo da verdade? Então ouçam! Com a criação do Ministério da Segurança Pública, a União destinará verbas para cada estado da Federação investir nessa área, sabendo disso, os cardeais da Polícia Militar, que sempre estiveram ao lado do governador livrando-o de todo tipo de ataques viram nisso uma oportunidade única de tirar vantagem
    Deslocando a PC para a secretaria da justiça, toda a verba destinada a segurança pública ficará a merce da PM que terá autonomia para gerir este montante da maneira que achar melhor, uma vez que durante todo esse período adequaram seus serviços de perícias médicas e criminais de tal modo que já emitem laudos que são aceitos pelos magistrados!
    Essa mudança já estava certa de acontecer há meses, mas o governador teve medo da repercussão negativa que isso poderia ocasionar à sua candidatura, então deixou para que seu vice anunciasse e desse continuidade ao feito, sem assim manchar sua campanha. Essa decisão será o fim da PC, fim esse que já vem sendo posto em prática há anos, com a redução e desvalorização de pessoal, com isso pode se esperar uma grande valorização das carreiras da PM, e quanto a nós,ficaremos adidos a merce da justiça para trabalhos secundários. Resumindo, é o fim da PC!

  13. Um amigo que estuda para juiz e é fanatico por pizzas me falou que teremos chances de ser alocados no foro como essas mudanças…

  14. Amigos, mas ai passariamos a ser servidores federais?

  15. Quando eu achava que a P.C. já tinha atingido o fundo do poço, tomo ciência através dessa notícia que no fundo do poço ainda tem um alçapão pra cair mais ainda. Se essa idéia absurda se concretizar vai ser uma pá de cal, um tiro de misericórdia em uma Polícia cambaleante. Odeio escrever isso mas a cada governo que passa eu sinto saudades do anterior.
    Ou como já aprendi nesses 32 anos de tira, Nada é tão ruim que não possa piorar.
    Abraços a quem ficar na ativa.
    Eu? fuiiiiiiii.

  16. Nada é tão ruim que não possa piorar…
    Será o fim da gloriosa polícia civil.
    Isso é muito triste.

  17. CAEM NA REAL. MAS REALMENTE, QUANDO VEM A BOLADA DO BÔNUS? QUERO DINHEIRO NÃO IMPORTA DE QUAL SECRETARIA ELE VENHA. NÃO VIVO DE LOGOTIPO, QUERO SIM IR AO BANCO DO BRASIL, DIGITAR MINHA SENHA E EIS MEU DINHEIRO SUADO EM MINHAS MÃOS. O RESTO É B.A.L.E.L.A.

  18. Escriludida

    Pare de recortar e colar em nenhum momento disse que integra o Judiciário. Se liga…

  19. Investigador e escrivão vão receber o título de doutor, só por isso já vale a pena.

  20. filhinhos, não temais, isso é só o fim!!! em

    Pare de agorar “lazarento”
    Não vai ser o fim da PC nada.
    Vai valorizar tudo.
    Como li aqui….10 mil de piso salarial.
    Com essa canetada do EXECUTIVO investigadores tornar-se-ão Promotores de Justiça do JUDICIÁRIO.

    AI MEU RIM –

    Enfim…
    Pela separação já. A PC merece MUITOOOO

  21. Secretaria da Justiça não tem NADA a ver com o Judiciário.

    Assim como a Polícia JUDICIÁRIA pertence ao EXECUTIVO.

    entenderam?

    As entidades vinculadas à secretaria da justiça são: PROCON, IMESC, IPEN, Fundação CASA, ITESP.

    Procon todo mundo conhece: serviço de atendimento ao consumidor. Puramente admnistrativo.

    IMESC: pesquisas científicas e atendimento ao público.

    IPEM: similar ao INMETRO. Verifica qualidade de produtos.

    ITESP: políticas agrárias.

    E o mais novo integrante: Policia Civil, uma espécie de poupatempo

  22. e os 4% atrasados referentes a fevereiro, até agora nada , vamos levar um chapéu nisso também ?

  23. ANTES DE SER ESCRIBA, FUI GUARDA DE PRESÍDIO, DEPOIS PASSAMOS A SER DENOMINADO AGENTES DE SEGURANÇA PENITENCIARIA, PERTENCENTE A SECRETARIA DA JUSTIÇA, NOSSO SONHO ERA PERTENCER A SECRETARIA DA SEGURANÇA PUBLICA, COMO A CARREIRA PERTENCIA NOS ANOS 60.
    NOSSO SONHO SE TORNOU REALIDADE NO ANO DE 1992, MAS POR OCASIÃO DO DITO MASSACRE DO CARANDIRU, NÃO FICAMOS NEM UM ANO NA SSP E ASSIM FOI CRIADA A SECRETARIA DE ASSUNTOS PENITENCIÁRIOS, DEPOIS MUDOU A NOMENCLATURA DA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA, OU SEJA NUNCA PERTENCEMOS A NADA.

    ASSIM CAMINHA A PASSOS LARGOS A POLÍCIA CIVIL DE SP, QUEM REALMENTE IRA SE BENEFICIAR SERÃO OS OFICIAIS PM, QUE AGORA PODERÃO SER SECRETÁRIOS DA SSP, E SER DE DIREITO OS COMANDANTES DA UNICA E VERDADEIRA POLÍCIA, SEM TER O GOVERNADOR QUE OUVIR MI MI MI DE DELEGADO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  24. EU ACHO QUE LOGO A POLÍCIA CIVIL IRÁ PARA A SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA, OU QUEM SABE PARA A SECRETARIA DA PROMOÇÃO SOCIAL, E CHAMAR OS FUNCIONÁRIOS DA FUNDAÇÃO CASA DE COLEGAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  25. pessoal sou alpha papa
    ??
    alguém com disponibilidade afim de experimentar novas experiencias no ramo da conologia?

  26. As vezes isso seja só boato. Dúvido que o estado tera mesmo dindin para nos equiparar a promotores como dito pelo colega acima

  27. Se este instituto teve alguma participação na instituição do bônus, melhor não dar ouvidos a eles.

  28. “Escrifudida”

    Quem tem que se ligar é você. Em nenhum momento eu disse que você disse que pertence ao Judiciário.

    Escrifudida disse:
    13/04/2018 ÀS 20:07
    A secretaria de justiça costuma dar aumento salarial?
    Ou a PC vai gorar os vencimentos do pessoal da Justiça.

    Escriludida disse:
    13/04/2018 ÀS 20:40
    “Escrifudida”

    A Secretaria da Justiça e de Defesa da Cidadania é uma das 26 Secretarias do poder executivo paulista. Não pertence ao Poder Judiciário.

    Escrifudida disse:
    14/04/2018 ÀS 7:59
    Escriludida

    Pare de recortar e colar em nenhum momento disse que integra o Judiciário. Se liga…

  29. Delegados deixando a Civil ir para o ralo? Q novidade..,
    Cria logo a Secretaria da Polícia Civil então.
    Seria incrível ver Diretor Técnico passando a mão na Bunda de Delegado.
    Se for qualquer outro cargo q administre q não seja Delegado provavelmente algo melhorará.

  30. Sras e Srs é com grande satisfação que chega ao meu conhecimento que com esta mudança todos os servidores terão, no mínimo, um aumento real em seus salários de até 15%, além de que todas as carreiras serão elevadas para nível superior. Em breve será anunciado a tão esperada reestruturação de carreiras da Polícia Civil, q por coincidência será em nível Nacional. Já adianto q Investigador será extinto.

  31. O que vai acontecer com essa separação, os aumentos para a Pm e polícia civil vão ser diferenciados.
    Quando à ssp aumentar o salário da Pm, não tem a mesma obrigação com a Civil.

  32. Justiça disse:
    13/04/2018 ÀS 21:02
    Eu li o projeto, o menor salário da PC vai ser de 10.000

    fffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff

    ce ta loco meu !!!!!!! xapou…………….. vai toma gardenal … vai………………….

  33. Agora perderemos a aposentadoria especial, porque seremos e uma secretária unicamente civil, será o fim da Polícia Civil.

  34. TIRA disse:
    13/04/2018 ÀS 22:35
    Seremos parte do Fórum? Auxiliares investigativos do promotor?,,,

    ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff

    ce ttamem…. xapou ?…. vai logo tomar gardenal….. vai………….

    SECRETARIA DA JUSTIÇA , é do PODER EXECUTIVO…. ,,, nada tem a ver com o PODER JUDICIÁRIO…

  35. Vamos ser subordinados ao Secretário da Justiça que não tem absolutamente nada a ver com Poder Judiciário. Vamos continuar no Poder Executivo. Aliás, os secretários de justiça costumam ser promotores, ou seja, não mudou nada, só o colo onde vamos continuar sentando.
    O Secretário de Justiça do “santo” era o seu ex Procurador Geral, que tinha como assessor direto o procurador que, por coincidência, vai trabalhar no processo do “santo” na Justiça Eleitoral para onde o STJ enviou o processo sobre os 10 milhões de propina recebidos pelo cunhado dele. Entende?
    Só vai pra cadeia “Zé” quem tem $ e esquema, deita e rola na mussarela neste país.
    VIVA O FUTURO PRESIDENTE, O MAIS DO MESMO, TÃO IGUAL QUANTO AOS DEMAIS.

  36. Perda com a mudança da Polícia Civil para Secretária de Justiça:

    Perda de imediato da aposentadoria especial;
    Fim da carreira de Investigador de Polícia, a mais tradicional da instituição;
    Pede de 12 bilhões do orçamento;
    Perde da influência da PM, que terão reajuste maiores, porque terão um SSP oficial, e exclusivo;
    Esquecimento e rápida extinção da Polícia Civil.

  37. MANCHA VERDE ABC “VERAS QUE SEU FILHO NÂO FOJE A LUTA” disse:
    14/04/2018 ÀS 0:41
    Amigos, mas ai passariamos a ser servidores federais?

    JJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJ

    PELO amor de deus… como ta cheio de burros aqui….. é muitos burros p/ pouco espaço…………..

  38. underground disse:
    14/04/2018 ÀS 10:01
    e os 4% atrasados referentes a fevereiro, até agora nada , vamos levar um chapéu nisso também ?

    llllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

    acho que só tu não ganhou aumento….. o meu veio….. faça o seguinte :

    compare o valor recebido do RETP em março de 2018 com o recebido em abril de 2018..

  39. PAPO RETO

    Realmente recebemos 4% no pagamento recebido no 5º dia útil de abril, que se refere ao mês de março. Mas a Lei complementar 1317/2018 é bem clara, RETROATIVO A 1 DE FEVEREIRO DE 2018. Portanto o governo nos deve o reajuste referente a fevereiro/18.

    Não conheço nenhum policial civil que já tenha recebido referente a fevereiro/2018.

    Alckimin em entrevista antes de se licenciar disse que “o maior viria no pagamento de abril” e que o resto viria talvez em folha suplementar ainda no mês de abril.

  40. MEDO, ESTAREMOS NA MERDA.

    Perda com a mudança da Polícia Civil para Secretária de Justiça:

    Perda de imediato da aposentadoria especial;
    Fim da carreira de Investigador de Polícia, a mais tradicional da instituição;
    Pede de 12 bilhões do orçamento;
    Perde da influência da PM, que terão reajuste maiores, porque terão um SSP oficial, e exclusivo;
    Esquecimento e rápida extinção da Polícia Civil.

  41. Teve algum funcionário público vinculado ao ” Palácios Bandeirantes”, que posta neste blog, que já recebeu o reajuste referente ao mês de FEVEREIRO/2018. ?????????

    Sendo certo que todos receberam no 5º dia útil de abril, o referente a MARÇO/2018.

  42. O CHUCHU, DEIXOU PARA SEU LARANJA DAR O TIRO DE MISERICÓRDIA NA PC, E DAR INICIO AO DA FIM DA POLÍCIA CIVIL, PURA VINGANÇA DO MALKIMIN !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  43. Só para esclarecer dúvidas dos colegas. Sou PC aposentado com integralidade e paridade e neste mês já recebi os 4% referentes a FEV/2018 pagos pela SPPREV. Por justiça, a fazenda também deve pagar os da ativa ainda este mês.

  44. Sr. Alone

    O Sr. confirma ter recebido reajuste referente a FEV/2018. Recebeu também o ref. a MAR/2018, ???

  45. Interessante ler os comentários acima, cargos irão ascender para Promotor e Juiz, sequer sabem distinguir a diferença dos poderes Executivo e Judiciário no Brasil e querem em uma canetada resolver todos seus problemas, vamos deixar isso de lado e analisar algumas situações. Evidentemente que há ótimos policiais civis em todas carreiras, motivos pelo qual a PC ainda está em pé.
    Se hoje uma pessoa for vítima de qualquer crime, furto e roubo, por exemplo, diga a ela, tu precisas ir a uma delegacia registrar o BO, possivelmente e invariavelmente você ouvirá, “não sei se vou, não adianta nada mesmo”, o porquê ouve-se isso? A pessoa pensa! vou ficar muito tempo aguardando para ser atendida, vou encontrar funcionários mal educados, a perícia então, essa demora dias para fazer seu trabalho, isto é, chega lá e faz anotações, imagina-se que vá recolher digitais ou algo do tipo, mas na verdade é apenas burocracia. É mentira? então tenham o desprazer em ir a uma delegacia registrar um BO ou mandem algum amigo, parente ou conhecido, certamente terão problemas, claro que muitas vezes a demanda é muito grande nas delegacias por parte da PM principalmente, mas isto se dá pelo aumento exponencial dos crimes,essa estatística entregue tem muitas divergências, ora BO de furto, roubo junto com perda do documentos, latrocínio, entrar como crimes contra o patrimônio e não contra a vida, enfim!!! o Estado sabe de todas as dificuldades que a PC passa, mas não tem interesse em melhorar e não vai melhorar, os Delegados por sua vez, passaram anos levando de maneira egoísta todas tratativas da Instituição.
    PS: aos policiais que vestem camisa, independente de cargo, racham crimes, sempre procuram ajudar o próximo, não chutam BOs, e respeitam a população por esses que a PC está ainda aí, agora àqueles que sempre são mal educados, “não faço BO, não revisto preso, não registro livro, não sou escrivão, não sou investigador, não sou isso, não sou aquilo”, não querem e muitos não tiram plantões, sempre chupando o saco de um ou de outro e igual bagre ensaboado nunca é nada com vocês, mas na questão de direitos são os primeiros a puxar fila para entrar com ações ou reclamar. Vocês não sabem o que é ganhar um Deus que ajude de uma pessoa que você rachou um crime ou simplesmente atendeu bem. A PC precisa passar por um limpeza total!!!!! Resgatar a credibilidade com a população. Espero que aconteça o melhor, todavia nuvens negras do passado começam chegar e assolar.

  46. Escriludida,
    Afirmativo, recebi discriminado separadamente Fevereiro e março veio já com valor atualidade, inclusive a insalubridade.

  47. (1) E o projeto do Campos Machado PLC 37/16 continua na gaveta.

    (2) Mudar da Secretaria da Segurança para a Secretaria da Justiça é bom ou ruim?

    É impossível dizer sem ler o projeto e, mesmo com o projeto, na prática tudo pode ser diferente. As aparências enganam, vide a LC 922/02 que veio para combater a corrupção e teve o efeito contrário.

  48. Governo de São Paulo planeja mudar Polícia Civil

    Estadão Conteúdo

    14/04/18 – 10h03

    O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), estuda tirar a Polícia Civil da Secretaria da Segurança Pública e colocá-la sob a alçada da pasta da Justiça. A mudança, apoiada por associações de delegados e criticada por entidades da sociedade civil, seria feita para alinhar a atuação da polícia investigativa às ações do Ministério Público, que também apura crimes no Estado, e do Tribunal de Justiça, que julga as denúncias.

    A medida é estudada há ao menos quatro meses pelo atual governador e ganhou força após França assumir o governo há uma semana com a renúncia de Geraldo Alckmin (PSDB) para a disputa da Presidência da República. A Polícia Militar, responsável pela repressão aos crimes nas ruas, continuaria sob o comando da Segurança Pública.

    Delegados que defendem a mudança afirmam que o inquérito – ato policial que investiga uma suspeita de crime – é a base do processo criminal e, portanto, o contato com o Judiciário e o Ministério Público integra a rotina desses agentes. A pasta da Justiça, acrescentam as organizações de classe, se define como órgão que mantém essas relações institucionais judiciárias.

    Além disso, os servidores esperam maiores investimentos ao se tornarem protagonistas de uma secretaria. Em 2017, o orçamento executado da Polícia Civil representou R$ 3,5 bilhões, enquanto que o da Polícia Militar, que conta com quase o triplo de policiais, chegou a R$ 13,8 bilhões. Uma mudança alteraria o funcionamento da Secretaria da Justiça, que tem entre os seus órgãos o Procon e o Ipem, e consome anualmente R$ 1,8 bilhão, metade do que é gasto com os policiais civis.

    “A Polícia Civil está completamente abandonada, sucateada. Com esse cenário, qualquer mudança é bem-vinda, podendo significar um início de uma nova fase com melhorias e modernizações necessárias”, afirmou a delegada Raquel Kobashi Gallinati, presidente do Sindicato dos Delegados de São Paulo.

    “Estamos mais ligados ao Sistema de Justiça Criminal do que à Segurança Pública, porque representamos a porta de entrada das demandas. A mudança facilitará a interlocução com o Poder Judiciário”, disse o presidente da Associação dos Delegados do Estado, Gustavo Mesquita Galvão Bueno.

    Política.

    Um dos principais defensores da mudança da Polícia Civil é o deputado estadual Campos Machado (PTB), que indicou o atual secretário de Justiça, Márcio Elias Rosa, em 2016, e seu adjunto, Luiz Souto Madureira, que também é filiado ao PTB. Nesta semana, Machado anunciou apoio à reeleição de França em outubro e disse ter negociado com ele a permanência de seu partido no comando da Secretaria da Justiça.

    “É uma experiência nova que quase todos os delegados querem. O problema é saber se teríamos tempo para isso. Se o governador encampar isso, nós vamos estar junto com ele”, disse Machado, que vê na mudança um caminho para conseguir viabilizar um projeto seu na Assembleia Legislativa que equipara o salário de delegado (inicial de R$ 9,8 mil) ao de procurador de Justiça (R$ 22,3 mil).

    Entidades de pesquisa de assuntos da Segurança Pública criticaram a intenção de mudança. O Instituto Sou da Paz, em nota, disse que a migração é “atípica e não testada”. “Pior: o plano carrega vícios incorrigíveis em sua concepção e joga fora o esforço de anos das corporações policiais, dos governos anteriores e da sociedade civil na construção de uma política de segurança pública integrada e com comando único.”

    “Manifestamos nossa profunda consternação e preocupação com a possibilidade de que interesses políticos e corporativos possam apartar a gestão das polícias paulistas, ampliando os já relevantes desafios para uma atividade policial integrada e coordenada”, diz a ONG.

    Diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança, Renato Sérgio de Lima disse que a medida representaria “um enorme retrocesso que só atende a lógicas corporativistas e não pensa no cidadão”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

  49. Grata pela resposta Sr. Os policiais civis da ativa e também os licenciados que como eu estão aguardando publicaçãoda aposentadoria e recebemos pela Secretaria da Fazenda, ainda não recebemos o reajuste referente a FEVEREIRO/2018; apenas o referente a MARÇO,

  50. “O Governo de São Paulo planeja mudar a Polícia Civil”. O texto, assim como o linke da reportagem aguardam moderação neste Blog…

  51. A Polícia Civil indo para Secretária de Justiça de cara perde a aposentadoria especial, já se pode imaginar os velhos policiais civis com 70 anos, esperando se aposentar com dois salários mínimos, esquecidos a beira da extinção, se acontecer esse isolamento na Secretária de Justiça, com orçamento pífio, a extinção acontecerá ainda mais rápido.

  52. “PAPO RETO”

    Aguardo sua manifestação sobre meu comentário das 12:21 hs.

    Ou será que somente eu, e o colega “undergroud” não recebemos ainda o vaor do reajuste referente a fevereiro/2018.???

    Não confunda fevereiro com março.

  53. Se a PM ganhará uma Secretaria por que a PC também não pode ganhar ??????

  54. Escriludida disse:
    14/04/2018 ÀS 18:44
    “PAPO RETO”

    Aguardo sua manifestação sobre meu comentário das 12:21 hs.

    Ou será que somente eu, e o colega “undergroud” não recebemos ainda o vaor do reajuste referente a fevereiro/2018.???

    Não confunda fevereiro com março.

    jjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjj

    no seu raciocinio tu esta certa………………..recebi em 10/04/2018 , ref a março de 2018….
    positivo esta faltando o aumento ref a fevereiro de 2018……………….

    vamos cobrar … eles tem que nos pagar….
    o que é do homem … o bixo não come……………….

  55. ainda bem que temos a escriludida aqui para não deixar eles esquecerem das dívidas com os policiais civis…………..
    o frança nos deve estes 4% retroativos a fevereiro de 2018………
    paguem nos …. seus caloteiros………………….

  56. Perguntar não ofende:

    Essa estúpida ideia de desvincular a Polícia Civil da SSP-SP e passá-la para a Secretaria de Justiça “nasceu” da Associação e do Sindicato dos Delegados, ou, pelo menos, conta com o apoio dessas duas Instituições?!

    Parafraseando aquela desembargadora loca do Rio, por favor, “Me deem uns minutos que vou até ali me suicidar e já volto!”

  57. Se a Polícia Civil sair da Segurança Pública, já não fará mais parte da segurança paulista, portanto será um nada, será apenas mais um dos refugos exóticos e inúteis que compõem a Secretária de Justiça, a extinção que acontece aos poucos ocorrerá em ritmo ainda mais acerelado, sem direito a aposentadoria especial, e perderá outras influências pelo simples fato de ser de uma Secretária refugo, enquanto a PM se tornará soberana, praticamente um governo paralelo com plenos poderes.

  58. Colegas da PC (ativos ou licenciados)

    Recebemos em bril, o salário referente ao mês de março já com o reajuste dos míseros 4%. Até a presente dta não recebemos referente ao mês de fevereiro. Será que estão guardando esse NOSSO dinheirinho para gatos com campanha é pouquinho, mas creio que pra muita gente tá fazendo falta. Segundo colega “Alone” os aposentados (com paridade) já receberam. Segundo postagem de “Jamiro” em outro post, os PMs (ativos e da reserva) também já receberam. Só nós que não???

  59. Além de não recebermos os 4% de fevereiro, o SIPESP ainda levou meu reajuste.

  60. A Secretaria de Justiça possui os funcionários mais bem pagos desde quando? E outra, até a S.A.P tem secretária própria e nos ficaremos isolados, será o golpe final na PC, sem falar que a secretária de justiça só refugo e seremos mais um.

  61. A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (ADPESP) e o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) convidam todos os Delegados de Polícia do estado para REUNIÃO CONJUNTA, a se realizar no dia 17/04/2018 às 18:00 horas, no auditório da ADPESP, onde serão debatidos assuntos de interesse da classe, entre os quais, a repercussão da proposta de mudança da Polícia Civil para a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania (SJDC), que contou com o apoio de ambas as entidades.

    Na oportunidade, serão reafirmados os motivos que levaram as entidades a adotar esse posicionamento e ouvidos os colegas que eventualmente desejem outros esclarecimentos ou colaborar na discussão desse assunto.

  62. INVESTIPOL

    Salário de Defensor Público está em torno de R$ 22.000,00.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s