Resumo da operação: Tiras de Minas em concurso com o “estelionatário” planejavam roubar os dólares do empresário Paulista; o chefe da escolta meteu bala no mineiro safado…Os dois morreram e os demais sifuderam e sifuderão ainda mais…O empresário rapidamente escondeu os dólares que tentava vender na alta; sairá impune…E não ajudará os policiais em nada! 37

Caso típico de torpeza bilateral: o empresário com grande estoque de dólares em baixa e um estelionatário pagando muito acima do que qualquer doleiro pagaria,  objetivando concretizar a arapuca.

Ele e os policiais civis de Minas se dariam muito bem; se não tomassem todas as verdes americanas , certamente, um bom quinhão delas meteriam nos bolsos.

Não esperavam uma escolta formada por policiais.

Resultado: tiroteio, vexame para as instituições e cadeia para os protagonistas.

Aos policiais civis de São Paulo:, não alimentem falsas ilusões.

Serão todos demitidos, na melhor das probabilidades – assim como o signatário – na forma do art. 74, II, da LOP.

Contratem um bom criminalista; de preferência de Minas Gerais ( mais prático e mais barato ) .

Se forem colocados em liberdade aproveitem o período – como policiais no aguardo da demissão-  para buscarem novas oportunidades profissionais.

Caso lhes devolvam a funcional e a arma não percam as poucas oportunidades ….( entenderam, né ? )

A PC Já era pra vocês!

Não acreditem em vendedores de fumaça, a demissão é certa  até para aqueles que não foram presos.

Era só um bico honesto como outro qualquer , ninguém de vocês era obrigado a saber detalhes sobre os negócios do contratante.

Mas deram azar !

Por fim, Delegado de Polícia que honra o distintivo não faz segurança nem sequer para o Papa!

  1. Será que os policiais de SP tb não foram achando que lá tb não haveria escolta de policiais e tentariam um Falcão achando que os 14 milhões eram verdadeiros, será que era uma escolta vip para delegados ganharem míseros 1500 reais, Delegados não combinam com bico de 1500 reais, já em uma divisão de 14 milhoes… , iriam junto por medo do banho , e os depoimentos totalmente contraditórios… aguardemos as cenas dos próximos capítulos

    • Todos na merda,

      Os que não foram presos foram afastados com a recolha da funcional e arma!
      Eis o rol das supostas infrações:
      Exercer atividade remunerada proibida por lei;
      Ausentar-se , injustificadamente, do trabalho ( alguns estavam em horário de serviço ) ,
      Deixar de cumprir as normas legais e regulamentares, especialmente a portaria DGP – ainda em vigor – que proíbe expressamente o exercício privado de escolta e segurança pessoal e patrimonial;
      Utilizar, para fins particulares, qualquer que seja o pretexto, material pertencente ao Estado ( armas );
      Valer-se do cargo com o fim, ostensivo ou velado, de obter proveito de qualquer natureza para si ou para terceiros;
      Exercer, mesmo nas horas de folga, qualquer outro emprego ou função, exceto atividade relativa ao ensino e à difusão cultural, quando compatível com a atividade policial;
      Artigo 74 – Será aplicada a pena de demissão nos casos de:
      II – procedimento irregular, de natureza grave; ( conceito aberto e muito perigoso cuja valoração caberá à Administração )

      Procedimento irregular de natureza grave, por excelência, é qualquer crime não previsto concomitantemente como falta funcional e não abrangidos pela lei 9.099/95 quando praticados na vida privada.
      No caso dos presos: disparo de arma de fogo , mais os homicídios tentados e consumados.

      Artigo 75 – Será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público, nos casos de
      I – praticar ato definido como crime contra a Administração Pública, a Fé Pública e a Fazenda Pública ou previsto na Lei de Segurança Nacional;
      XI – praticar ato definido como crime contra o Sistema Financeiro, ou de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores; (NR)
      XII – praticar ato definido em lei como de improbidade. (NR)

      • Me tire uma dúvida Dr. nesse caso de utilizar equipamentos do estado para fins particulares não caracteriza o peculato de uso ?

        • FERNANDÃO,

          No uso de bem, a doutrina e os precedentes majoritários são no sentido de que “Analogamente ao furto de uso, o peculato de uso também não configura ilícito penal, tão-somente administrativo.” (STJ – HC 94.168, Rel. Min. Jane Silva, (Des. Conv. TJ/MG), DJe 22.4.2008).

          E em relação à arma de fogo, a sua posse é atribuída , além das necessidades em serviço , para defesa pessoal permanente do policial enquanto vinculado ao órgão policial. Logo não cabe se falar em seu desvio para o exercício de trabalho privado estranho às funções.

          Há casos em que o dito peculato de uso foi considerado relativamente ao emprego de veículos públicos para fins particulares.

          • Entendi , já tinha visto ocorrer com colegas no caso de uso de viaturas mesmo. Obrigado pelo esclarecimento.

  2. Caramba dr nem bico pode? Tem que passar necessidade mesmo ????

    Quem honra não faz segurança blá-blá-blá

    90% dos bicos são de segurança.

    • Eu disse delegados?
      Você não acha que tal tarefa é um pouco esquisita para quem quer ser reconhecido como membro de carreira jurídica?
      Carreira jurídica carrega livro, policial porta fuzil!
      Quem se mete a fazer as duas não faz nada que preste.

  3. Dr. Guerra !!!!!

    Essa foi direta pra alguém presumo eu kkkkkkkkkkkkk

    “Por fim, Delegado de Polícia que honra o distintivo não faz segurança nem sequer para o Papa!”

    • TIRA VÉIO

      Para um monte deles!
      Depois ainda querem reconhecimento como carreira jurídica, né?
      Aliás, depois do advento da audiência de custódia, o Delegado perdeu totalmente a razão de existir.
      Qualquer policial poderia preencher um talonário de fragrante padronizado e, logo depois, cumprir a apresentação do preso para o Juiz arbitrar a fiança, anular a prisão e respectivo o auto de crime flagrante, decretar a preventiva, etc. Se o documento preenchido pelo policial e subscrito pelo preso e testemunhas, conferido por um supervisor, for mentiroso. Cadeia e rua para os policiais culpados. Na audiência, sob o contraditório, ao preso – conforme a natureza do crime – poderá se oferecer oportunidade de transação penal e outros benefícios. CASO ENCERRADO!
      A razão da atribuição legal de certas atividades judicialiformes a cargo de Delegado de Polícia ficou no passado distante.

      • Na audiência, sob o contraditório, ao preso – conforme a natureza do crime – poderá se oferecer oportunidade de transação penal e outros benefícios. CASO ENCERRADO!

        Você está equivocado!

        Na audiência de custódia não se analise o mérito, tão somente a legalidade da prisão em flagrante e a necessidade da prisão preventiva.

  4. É Dr. Guerra !!!

    Mandou a real.

    Uma pena.

    Ontem meu velho e querido pai veio a falecer, descansou enfim, fez muito pela nossa Polícia e muitos sabem disso, e apesar do valor irrisório de 500,00 rsrsrs descontado pela Adpesp e outro tanto para o Sindpesp, sequer um botão de flor murcha foi enviado ao seu velório.
    Esse é o reconhecimento da Classe.
    Por óbvio, ninguém (e olha que tinha gente viu, e eu não sabia a dimensão de o quanto o velho era querido) sentiu falta disso, mas, nós que vivemos nisso e disso, vemos o descaso.

    Portanto nobres colegas, principalmente os novatos, não se iludam com a nossa Polícia, façam sua parte e pronto porque se de cima não dão a mínima, imaginem nós os simples Restopol’s.

    Vai um ditado do meu velho pai:

    “Meu filho, a Polícia é um meio de vida e não um meio de morte” Reflitam.

    • tira velho lamento muito pela morte do seu pai mesmo sem o conhecer meus sentimentos a voce e aos seu familiares
      agora ele esta nos braços do santissimo gozando do descanso eterno.

    • Meus sentimentos pela passagem de seu pai. Não espere reconhecimento de qualquer associação ou sindicato, nem daqueles que um dia disseram ser amigos ou colegas de profissão. Fiquei 20 dias internado entre a vida e a morte e ninguém sequer perguntou para minha família se precisavam de algo. Abraços irmão. Que Deus esteja com você e sua família, amparando, protegendo e fortalecendo.

  5. Delegado que faz bico, com todo o respeito, é porque nao sabe administrar o próprio dinheiro ou porque é ganancioso. (a menos que o delegado tenha 10 filhos por aí)

    Com um salário líquido inicial de delegado para o restopol, garanto que 80% dos Policiais de SP não fariam mais bico.

    • Circo Completo,

      Desculpe-me, o salário de um delegado só é considerado bom quando comparado ao estado de miserabilidade da maioria dos cidadãos.

      Mas monetariamente o salário liquido de qualquer delegado ( iniciante ou classe especial ) é uma porcaria.
      Dos demais policiais sem comentários.
      O aluguel de um Kit na Capital – num local mais ou menos – custa por volta de R$ 2.000,00.
      Um apê na Capital, dois quartos, pequenino 55 m, em local mediano , custa cerca de R$ 750.000,00.
      Nenhum delegado que viva apenas dos vencimentos consegue comprar!

  6. Não tem que ajudar os polícias em nada, ele pagou a escolta, quem tem que ajudar é o dono da empresa de segurança. a livre iniciativa é assim, ninguém passa a mão na cabeça de marmanjo.

    • Marcelo Pachini,

      Verdade, por isso esses policiais em vez de fazer a escolta desse bandido travestido de empresário deveriam ter esperado a flagrância delitiva, ou seja, ele subir no avião com a mala carregada com os dólares. Cadeia nele, com alivio de peso! Afinal, a materialidade tem que ser preservada…kkk

  7. No tocante à questão salarial…não há a menor possibilidade de um policial paulista (soldado, investigador, agente, escrivão) sobreviver sem um mísero bico que seja, principalmente aquele policial que é o único trabalhador dentro de um lar. Conheço pouquíssimas pessoas que conseguem sobreviver com míseros 2000 reais por mês…são pouquíssimas. Acontece que essas pessoas encontram felicidade em viver de um modo minimalista. Vivem entre o trabalho e a própria casa. Contentam-se com arroz, feijão e ovo frito. Roupa nova para os filhos somente no Natal. Algumas delas, apesar do salário ridículo, se orgulham de economias guardadas em banco. Eu não conseguiria ser feliz dessa forma. Como diz a música: “a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte…”.
    O policial tem que se desdobrar para que sua família more em um lugar mais ou menos decente…o policial tem que se desdobrar para oferecer a melhor educação para os filhos…o policial tem que se desdobrar para ter um carrinho popular… qualquer ensinamento em contrário, deve ser tratado como se viesse de um inimigo. E há várias pessoas que entendem que o policial deveria ser uma espécie de herói sem qualquer tipo de necessidade material.
    Deixar a família sozinha em casa em dias de folga para fazer um biquinho de segurança é crime? Sério? Tenho certeza absoluta de que existem fatos muito mais graves a serem punidos.

  8. Orra, sei que não vem ao caso…
    Mas se não fosse o bravo em porta de mercado na época da minha separação, olha…
    E muito colega tirou sarro pq “estava fazendo bico com guarda e PM”…

  9. MG tentou dar o tombo em SP e vice e versa. Todos se ferraram, mas um mais ferrados que os outros. Delegado conceituado sair de sua zona de conforto para fazer bico de 1500 é difícil né? No fim, a triste constatação que acabaram com suas vidas por ganância.

  10. Eu em churrasco na cidade de paulinia interior de sao paulo… Conheci dois gms. E falando da necessidsde de fazer bicos e tals…eles afirmaram que nao fazembporbque nao compensa o risco beneficio…ai estiquei e estiquei ebconsegui ouvir de um deles que twm o salario bruto de cerca de 10 mil…

    Ah ?
    O que ?
    Nao menospreszando guardas ..ppr quebembcidades que sao mais antigas e armadas..possuem uma atuacao de policia ostensiva prwventiva…
    Mas eu fiquei assustadk e entendi como 3000 reais e um salario de fome….

  11. Eu em churrasco na cidade de paulinia interior de sao paulo… Conheci dois gms. E falando da necessidsde de fazer bicos e tals…eles afirmaram que nao fazembporbque nao compensa o risco beneficio…ai estiquei e estiquei ebconsegui ouvir de um deles que twm o salario bruto de cerca de 10 mil…

    Ah ?
    O que ?
    Nao menosprezando guardas ..ppr quebembcidades que sao mais antigas e armadas..possuem uma atuacao de policia ostensiva prwventiva…
    Mas eu fiquei assustadk e entendi como 3000 reais e um salario de fome….

    • A questão não é esta.
      É que Paulínia vive muito bem financiada pela Petrobrás. É a petroleira que faz o milagre por aí…
      Se fosse GM de São Paulo ele buscaria bico.
      Em Paulínia tudo é muito melhor do que em São Paulo. Mas por causa dos impostos generosos recolhidos por cidadezinha interiorana. É receber mais do que a despesa média dos demais entes… Então sobra, e tem que gastar.

  12. A polícia não vai nem se lembrar que um dia vocês existiram. Daqui pra frente só contem com o apoio da família. disse:

    Tem um “monte” de delegados e de oficiais PM, bem como policiais de outras carreiras, com empresas ou esquemas de segurança privada. Em muitos casos, em nome de familiares, etc.. É óbvio, inequívoco, indubitável que a função pública policial é usada para abrir as portas dos contratos particulares de segurança. E muitos casos os recursos materiais, quiça humanos, do serviço público policial são disponibilizados para prestação desses serviços particulares de segurança em benefício exclusivo de quem os administra.
    Isso é do conhecimento do mundo inteiro, seria inocência o Ministério Público deste Estado, o Secretário de Segurança Pública, Chefes da Polícia(DG e Cmt Geral) não saberem disso. Desconhecerem que é fato e que decorre dos baixos salários pagos neste Estado aos agentes de segurança e que, tudo indica, vai continuar ocorrendo.
    Independentemente do acima exposto, o que não é nenhum pouco razoável, é fazer o “bico” em horário de serviço na polícia para pessoas que se dedicam a atividades criminosas, como por exemplo: doleiros, contrabandistas, maquineiros, receptadores de cargas roubadas, adulteradores de combustíveis, etc, e isso vem ocorrendo com frequência.
    Barata que atravessa o galinheiro sabe o risco que corre. Prisão cautelar de natureza processual, processo criminal e administrativo, condenação, rua no serviço público e cumprimento de pena, parte no PPC e outra em Taubaté. É isso!

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s