SOB NOVA DIREÇÃO – Governo Doria garante a imutabilidade até os 75 anos para Delegados cadeirantes…Para os desapadrinhados, plantonistas e operacionais sem chefia meus sinceros votos de Boas Festas…E aproveitem o que resta do ano, pois 2019 – para vocês – será muito pior! 8

Delegada ‘sincerona’ será a número 2 da Polícia Civil de SP na gestão Doria

Atual diretora do setor de homicídios, Elisabete Sato será a única mulher entre 24 cargos da cúpula

22.dez.2018 às 8h00

  •  

Rogério Pagnan São Paulo

A delegada Elisabete Sato, atual diretora do DHPP (departamento de homicídios), será a número 2 da Polícia Civil de São Paulo na gestão João Doria (PSDB).

Ela foi escolhida pelo futuro delegado-geral, Ruy Ferraz Fontes, para o cargo de delegada-geral adjunta, uma das mudanças previstas para ocorrer janeiro.

A delegada Elisabete Sato durante entrevista em São Paulo – 17.05.2018 – Newton Menezes/Futura Press/Folhapress

Sato está na polícia desde 1976 e, atualmente, é considerada uma das mais importantes delegadas do país. Ocupante de cargos de relevo desde o início dos anos 2000, ela também é conhecida pela personalidade forte, em um estilo “sincerona”, que define como “bocuda”.

Foi a delegada, por exemplo, que no ano passado admitiu problemas da polícia paulista para entrar em algumas favelas na capital, entre elas a Paraisópolis, o que acabou gerando desconforto com integrantes do governo paulista por também ter incluido a PM nesse problema.

Também foi Sato que chegou a desmentir o então secretário Alexandre de Moraes, hoje ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), sobre um mal-estar entre a Polícia Civil e a Polícia Militar durante as investigações da chacina de Osasco (Grande SP) em agosto de 2015.

O hoje ministro do STF negava a existência de problemas entre as duas instituições, em razão de atropelos da Corregedoria na investigação dessas mortes, mas, ao ser questionada em entrevista ao lado de Moraes e do corregedor-geral Levi Félix, Sato confirmou o mal-estar.

Sato será a única mulher entre os 24 cargos mais importantes da Polícia Civil, lista que deve ser anunciada nos próximos dias pela gestão João Doria.

Para o lugar da delegada no DHPP foi indicado o delegado Domingos Paulo Neto, atual diretor do Decap (responsável pela capital), que o Sindicato e a Associação dos delegados queriam que assumisse como delegado-geral, após eleição realizada neste ano entre os associados.

Paulo Neto foi o mais votado de uma listra tríplice, resultado entregue pelos representantes de classe ao governador eleito, mas que foi ignorada pelo tucano. Apesar da iniciativa dos policiais, não há previsão legal para escolha de delegados-gerais por eleição, como ocorre no Ministério Público.

A lista de diretores da Polícia Civil na gestão Ruy Ferraz Fontes tem ainda: Albano David Fernandes (capital), Luis Augusto Castilho Storni (Grande SP), Osvaldo Nico Gonçalves (Decade), Julio Gustavo Vieira Guebert (academia da polícia) José Aparecido Sanches Severo (Denarc), Caetano Paulo Filho (Dipol) e Emygdio Machado Neto (DPPC). 

  1. Profissional altamente gabaritado para o cargo! Garanto que a Doutora Sato não ficará por muito tempo porque o Dória é muito mimado pra aguentar um Servidor Público sincero. Com certeza, 2019 será muito pior para a Polícia Civil. O Major Olímpio dizia que o Alckmin matava aos poucos, esse não será o estilo Dória. Com relação às nomeações de Diretores, a PC possui seus senhores feudais.

  2. E os Diretores.A mesma panela.Mais da metade são do Márcio França.Se ganhasse
    o Márcio sobraria mais cadeiras aos leais ao
    Dória.General virou soldado raso na mão dessa panela.Começou mal o o governo,com
    raras exceções.Santos continuará reduto do
    Inimigo traidor de Dória.Departamentos :DG
    1 Domingos : 3 Governador:1 e Youssef :4
    Quem manda ? É matemática.E o General
    Perdeu a guerra antes de começar e 80 %
    da Polícia revoltada.Vamos rezar para que
    Ali Babá não opere como nos quatro de
    Destruição da Polícia.Em vez de acelera São
    Paulo,acorda governador.Tanta esperança
    Para tamanha lambança.Te tiraram por
    trouxa.Será que o governador vai entregar o
    pacote que todos sabem que o conteúdo é danoso para o povo e bom para o feudo.Vamos ver os próximos capítulos.

  3. Torço e aguardo para que em 2019 não ocorra essa trágica previsão!!! Que o nosso Ilmo Sr Governador não continue a nos prejudicar, mais do que já fomos em mais de uma década!!!!

  4. frederico! fica tranquilo que a sua PM ja aprendeu a fumar esse charuto! e pode apostar que estao frequentando locais de fumo mais notoriamente que a PC!

  5. Quem rouba milhão é barão, quem rouba tostão ou é investigador ou é escrivão. disse:

    General é recruta nas mãos dessa máfia que se apoderou da Polícia Civil há pelo menos duas décadas. O que manda aqui é o “tchule”, atribuição de cadeira (Diretor e Seccional) depende da capacidade arrecadatória(bingo, contrabando de cigarros, venda de combustível adulterado, biqueiras, buracos, puteiros, maquineiros, etc.) do postulante.
    Somos a mais mal paga e a mais ineficiente e corrupta de toda a Federação. E tudo por culpa dessa cúpula desacreditada que se apoderou da polícia como se fosse sua propriedade.
    Falência é o que nos espera.
    O pior de tudo é que o MP sabe disso, sabe que a corrupção aqui é piramidal, e tudo continua igual.
    É como no caso do mega ladrão da DERSA, o Laurence Mãogrande, roubou um governo inteiro e só parou graças ao Ministério Público Federal.
    É isso ai.

Os comentários estão desativados.