Da Folha de São Paulo: Bolsonaro é o herdeiro ideológico da facção das Forças Armadas ligada aos torturadores, que não aceitou a abertura democrática e partiu para o crime: esquadrão da morte, garimpo, jogo do bicho…( “Vixit”, o Jair não era o Nascimento…É o Rocha! ) 22

     Bolsonaro e as milícias

Sem o trabalho do Coaf, já teríamos milicianos fazendo churrasco no Palácio

A esta altura, é difícil não concluir que Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é enrolado com milícias. O jornal O Globo descobriu que, quando o escândalo dos depósitos suspeitos veio à luz, Queiroz se escondeu na comunidade do Rio das Pedras, berço das milícias cariocas, onde sua família operaria um negócio de transporte alternativo (atividade tipicamente controlada por milicianos).

A jornalista Malu Gaspar, da revista piauí, apurou que Queiroz foi colega de batalhão de Adriano da Nóbrega, foragido da polícia e acusado de liderar a milícia Escritório do Crime, sob o comando de um coronel envolvido com a máfia dos caça-níqueis (outra atividade típica de milícia).

A polícia e o Ministério Público cariocas suspeitam que o Escritório do Crime matou Marielle Franco, a da placa que os bolsonaristas volta e meia rasgam às gargalhadas. Adriano da Nóbrega é foragido da polícia.
E, antes que os bolsonaristas digam que não acreditam em polícia, Ministério Público ou imprensa que não entreviste Bolsonaro de joelhos, lembrem-se do que disse Flávio Bolsonaro, o zero-um: Fabrício Queiroz, segundo o filho do presidente da República, lhe indicou a mãe e a mulher de Adriano da Nóbrega para cargos de assessoria em seu gabinete.

Repetindo: essa é a versão oficial, em que o único pecado da família presidencial foi amar demais o Queiroz.

A versão oficial confessa, portanto, o seguinte: o presidente da República emprestou R$ 40 mil para um enrolado com milícias cuja filha, Nathalia Queiroz, era funcionária fantasma de seu gabinete. Sim, fantasma: Nathalia trabalhava como personal trainer no Rio de Janeiro enquanto seu ponto era assinado no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro.

O empréstimo foi pago pelo enrolado com milícias por meio de um depósito na conta da primeira-dama.
Mesmo na versão oficial, é um PowerPoint do Dallagnol bem curto: três círculos, duas linhas, milícia-Queiroz-Bolsonaro.

Com base só na versão oficial, portanto, pode-se dizer, sem medo de errar: se o Coaf não tivesse feito seu trabalho, já teríamos milicianos fazendo churrasco no Palácio da Alvorada, brindando com os generais, escolhendo Moro para zagueiro do time na pelada.

Se essa é a versão oficial, imagine o que deve ser a versão verdadeira.

Temos algumas pistas.

A família Bolsonaro já defendeu as milícias publicamente repetidas vezes. E conhecia muito bem Adriano da Nóbrega muito antes da suposta indicação de Queiroz. Jair Bolsonaro defendeu o sujeito no plenário da Câmara já em 2005.

Flávio Bolsonaro foi mais longe: já homenageou o suposto líder do Escritório do Crime na Assembleia Legislativa duas vezes, nas duas ocasiões elogiando-o com entusiasmo. Concedeu-lhe a Medalha Tiradentes, maior honraria oferecida pelo legislativo estadual fluminense. Na ocasião, Nóbrega estava preso por assassinato. Recebeu a medalha na cadeia.

Vamos ver se novas pistas aparecem. Mas o quadro já é bem feio.

É como disse na última coluna antes das eleições: Bolsonaro é o herdeiro ideológico da facção das Forças Armadas ligada aos torturadores, que não aceitou a abertura democrática e partiu para o crime: esquadrão da morte, garimpo, jogo do bicho. É a mesma linhagem que nos deu as milícias.
Essa herança agora ronda o Planalto.

Celso Rocha de Barros

Servidor federal, é doutor em sociologia pela Universidade de Oxford (Inglaterra )

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/celso-rocha-de-barros/2019/01/bolsonaro-e-as-milicias.shtml

Resultado de imagem para capitão rocha

  1. Já caiu a armadura cintilante de paladino dá justiça de Bolsonaro, Moro e cia.
    Muito me entristece, realmente queria acreditar que nosso país pode melhorar.
    No fundo, todos, sem exceção, só querem se dar bem, enriquecer com dinheiro público e ter o poder nas mãos para proveito próprio.
    Não tenho partidos, apenas torço para ver nosso país melhor, com condições dignas aos cidadãos.
    Não sou cego nem trouxa.
    No fundo, todos esses políticos são pilantras, só mudam o discurso.

  2. O que deixa triste é saber que o Brasil não tem futuro. Basta ver que ainda existem pessoas com bandido de estimação.

      • Vc é MUITO imbecil. O que tem uma coisa com outra!!!!! Vc possui um déficit cognitivo exarcebado. PORRAAAAAAAAA. Olha seu anafabeto de merda eu vou desenhar para vc uma última vez sua anta do kraleo!!!! Votei nele no segundo turno sua puta burra!!!! Eu não queria o PT novamente entendeu sua múmia estupida!!!!! Eu votei no Amoedo no 1 turno sua besta quadrada dos inferno!!!!!!!!! Vc queria o PT de novo seu esmolento nojento??? EU NÃO TENHO BANDIDO DE ESTIMAÇÃO. Errou que se foda!!!! Vai preso, vai fuzilado… Q seja!!!!

        Tá claro para você burro lá da curva!!!
        Q ódio de vc cara!!!! Analfabeto, só sabe falar mal de PM, além de estar na cara que é um puta de um incompetente. Vc não tem vergonha? De ser tão BURRO??!

        Vc votou no PT obviamente não é? Cada um vota em quem quiser, mas quem votou nesse partido após ele literalmente ter quebrado o País e deixado a conta novamente para nós já demonstra seu tipo de raciocínio. Eu nunca acreditei em político honesto. Eu tenha a maior convicção que o Bolsonaro só soube esconder a sujeira dele um pouco melhor que os outros!!

        Discutir política com vc anta morfética é a mesma coisa que conversar com a grama!!!! Entendeu ou precisa que eu pegue sua mão e comece a desenhar no quadro negro???
        Besta ruminante quadrada elevada a enésima potência.

        • Nossam TUDOO ISSO, poderia ser evitado, bastava”jair se arrependendo” de ter escolhido o pior candidato para ser o governante do nosso país. Seja por ter votado np “coiso”. Seja por anular ou votar em branco. Seja por não ter comparecido às urnas. Em todas essas hipóteses, você é sim responsável pela leição do palhaço bozonara.

          • O estupida 2, nunca falei que não era responsável por votar nele, mas aparentemente vc TAMBÉM sofre de déficit cognitivo, então serei curto e grossa com vc ceguinha: votei nele no segundo turno e votaria novamente.

            O papo é outro. O papo são pessoas que adotam corruptos de estimação e não aceitam que todos são corruptos.
            NUNCA votaria novamente no PT. Me arrependo do PT ter uma base eleitoral altíssima de esmolentos (inclusive a sra) e ser obrigado a votar nele por não querer o PT.
            PT nunca mais.
            PT x Boçal fico com o Boçal. Precisa desenhar para vc também múmia paralítica?
            Todos são corruptos!! Eu não quero voltar a ditadura das minorias, vítimas da sociedade e esmolentos!!! Foi pego? Cadeia nele.
            Muito diferente de vc que vivia dizendo que Lula é preso político e foi preso sem provas! Isso não é ter corrupto de estimação o necessitada? Não venha por palavras na minha boca não retardada! Saiba interpreta-lãs e não apenas enxergar o que quer (difícil já que é cega). Também Escrivã formada em matemática só podia ser uma mula mesmo. Não transo com museu e mulheres com teia de aranha entre as pernas.

            • N]ao meu caro, você está equivocado; no meu caso, sou apenas mais uma anti bolsonaro, anti fascismo, anti misóginia, , anti homofobia. Acho que não preciso desenhar, né???

        • Não importa se foi no primeiro ou no segundo turno, vc votou nele e ponto!
          E não adianta ficar sentido não!
          Kkkkkkkkkkkk

          • Vc que votou no PT foi melhor então? Vai pastar para não ficar com fome. Fico sentido de ter uns analfabetos dentro da Civil.

            • Eu não sou petista e não votei nos dois turnos em ninguém por não confiar em político e também não tenho esperanças de ver um Brasil melhor no futuro Sucupira, para mim o Brasil não tem conserto Sucupira, sou realista e ponto.
              Eu morei por dois anos nos Estados Unidos logo que abandonei a pm e assim que eu aposentar voltarei para lá pq a política brasileira irá destruir o Brasil, principalmente pela ignorância de quem acredita em um “salvador da pátria” que chegou com promessas mas…, né?
              Jamais votarei em um político Sucupira, e eu gosto é de debochar de quem acredita em político Sucupira!

          • Pois não parece. Eu SEMPRE voto. Até quando foi Zé do pozinho X estocadora de vento. Votei em branco, logo imagino que o voto acabou indo p Dilmanta. Dessa vez fiz questão de votar no Bozo para dar o lixo do PT. No fim todos são corruptos. É como encontrar chefia 100% honesta. Não existe.

            • Se vc acha que votar em bco é jogar fora o voto, então parabéns.
              Mas acredite em mim, o Brasil não tem conserto devido o caráter sujo de uma pessoa que apenas pensa em ser político; vindo de um brasileiro , pensando em ser político já está errado.
              Qto a não acreditar em um chefe, eu estou em um bom lugar.

  3. Queiroz quer “falar por escrito” ao MP para não se enrolar mais
    poR FERNANDO BRITO · 29/01/2019

    De Thiago Prado na Época, agora que estamos na iminência de que o Ministro Marco Aurelio – nas suas próprias palavras – mande para o lixo a suspensão das investigações do cado Fabrício Queiroz-Flavio Bolsonaro, o assessor de R$ 7 milhões está buscando uma forma de evitar um depoimento que o incrimine mais diate do Ministério Público.

    Como não poderá mais fugir do depoimento do MP em fevereiro, a ideia da defesa de Queiroz é apresentar uma peça por escrito detalhando as justificativas de seu cliente. Provavelmente a mulher e as filhas de Queiroz adotarão a mesma estratégia.

    Ou seja, querem que seus advogados é que sejam interrogados, para que se tente uma “história plausível”.

    O pior é que, segundo a revista, os promotores podem aceitar o pedido para “falar por escrito” da família Queiroz.

    Um picareta destes, benemérito de milícia, é tratado com todas as deferências, vergonhosamente.

    Um ex-presidente, com camburão.

    • Oh! dó, mais uma notícia que os olsominiom não querem ver.

      Ver bem não é ver tudo: [e ver o que os outrosnão vêem

  4. BOLSONARO IMPLORA POR AJUDA DE CIRO GOMES!!!

    Samuel Borelli
    Inscrever-se78 mil
    Adicionar a Compartilhar Mais
    43.938 visualizações

  5. Bolsonaro é um governo pró-miséria
    29 de janeiro de 2019 por Esmael Morais

    O deputado Enio Verri (PT-PR) não tem dúvidas que Jair Bolsonaro inicia um governo claramente contra o Brasil e sua população historicamente sem voz, qual seja, é contra os mais pobres.
    PUBLICIDADE

    Governo pró-miséria
    Enio Verri*

    As atuais conjunturas política, econômica e social são um exemplo do que foi capaz a campanha de ódio ao Partido dos Trabalhadores (PT), desde 2005, mas com radical aprofundamento, a partir de 2014. Ser de esquerda, mas, principalmente petista, passou a ser considerada uma doença.

    Os 12 anos de PT foram resumidos numa única palavra, corrupção. Milhões de pessoas foram às ruas apoiar um golpe, com o Supremo, com tudo, para colocar o Temer.

    Dois anos depois, mesmo diante dos ataques dos golpistas contra a classe trabalhadora e contra o patrimônio nacional, o ódio venceu a esperança e uma campanha mentirosa, ofensiva e sem programa, foi a vencedora.
    As primeiras decisões dão bem a media do interesse do atual governo. Conhecido pelos recuos nas decisões é também o de patriotas de outras nações que entregam as reservas naturais e as empresas nacionais, ferramentas fundamentais para transformar o potencial energético em efetivo produto a serviço do desenvolvimento do País. É uma versão aprofundada de Temer.

    A MP 871, por exemplo, vai suspender o pagamento de milhões de pessoas que recebem apenas um salário mínimo. E a mais recente notícia desse governo conta que ele não apenas cortou 381 mil pessoas do programa Bolsa Família, como reduziu o valor médio dos benefícios, para R$ 187. O País vivendo uma recessão, com altíssimo índice de desemprego e o governo corta da população que utiliza esse parco recurso para se alimentar.

    Recente pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz estima que, durante os primeiros oito anos do programa Bolsa família, criado no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de 2003, pode ter evitado o assassinato de 58 mil pessoas. Ainda segundo a Fiocruz, nos municípios onde a cobertura alcança 70% da população, os homicídios foram reduzidos em 17%, em um ano e que, após 24 meses de programa, esse tipo de morte caiu 24%.

    Somente a inoculação de muito ódio impede as pessoas enxergarem a diferença entre as propostas para a população. Enquanto os governos do PT procuraram ampliar o acesso dos mais pobres a condições minimamente decentes de vida, os governos Temer e Bolsonaro privilegiam a elite e retiram direitos dos mais pobres.

    O insuspeito Fundo Monetário Internacional, de quem Temer e Bolsonaro são prosélitos, exultou, num relatório de 2015, o vanguardismo e o sucesso do BF. Segundo o FMI, o programa chegou a atender, até 2014, 14 milhões de famílias, ou quase 50 milhões de pessoas, que passaram a fazer três refeições por dia, a um custo que não chega a 0,6% do PIB. A cada R$ 1,00 pago pelo programa, retorna para a formação do PIB, R$ 1,78. A partir de 2011, primeiro governo Dilma, o programa foi ampliado com o Brasil Sem Miséria. Segundo dados do FMI, desde então, 22 milhões de pessoas retiradas da miséria e, em 2012, a ONU declarou o Brasil fora do Mapa da Fome.

    Não é demais lembrar que, até pouco antes de ser candidato à Presidência, Bolsonaro chamava o BF de Bolsa Vagabundo. Desde a MP 871, passando pelos cortes do BF, chegando a mais recente declaração do ministro da Educação, segundo a qual a universidade não é para pobres, fica claro que o atual governo é uma reedição dos governos de Fernando Henrique Cardoso, porém mais radical nos cortes de programas sociais e no impedimento de ascensão econômica e social dos

    pobres. É um governo claramente contra o Brasil e sua população historicamente sem voz. Ou a população reage e ocupa as ruas, ou, em breve, será restituída a escravidão.

    *Enio Verri é deputado federal pelo PT do Paraná.

    • Mi mi mi quero uma esmola. Enquanto apenas entrar mais beneficiários em vez de sair já mostra que o programa é falho. Tem gente que se acostumou a viver com pouco para não ter que trabalhar. Sem contar os desalentos que é a nova palavra para vagabundo.

      Dá um tempo o desesperada.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s