A honra e a dignidade de Lula não vale uma pinga, mas a conservadora magistratura de São Paulo condena promotor do GAECO por sarcástico epíteto: “encantador de burros” 11

Promotor do GAECO é condenado a pagar R$ 60 mil a Lula por danos morais

Resultado de imagem para Cassio Roberto Conserino

O promotor Cassio Roberto Conserino foi condenado a pagar R$60 mil ao ex-presidente  Lula por danos morais. Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ele publicou em 2016 nas suas redes sociais que o petista é ” um encantador de burros”.

O juiz Fabrício da Cruz , de São Bernardo do Campo, considerou que o promotor teve a “nítida intenção calculada e provocativa de humilhar, menoscabar e desprezar” o ex-presidente ao publicar uma imagem com conteúdo “ofensivo”.

O juiz ainda disse que o grau de culpa é elevado já que se trata de um promotor que deve ter uma conduta “ilibada, assim como tratar com urbanidade as partes” dos processos.

Com efeito, a magistratura de São Paulo se mostra cada vez mais conservadora e repressora em matéria de liberdade de manifestação em cotejo com os direitos de personalidades públicas de duvidosa conduta pública e privada.

Excelência , a honra e dignidade de Lula não vale uma pinga!

  1. Engraçado é que o contrário nunca vi. Já ofendeu meio mundo e nada acontece ou aconteceu. Já estou até favorável a soltar esse lixo. Fica dando prejuízo a PF. Aécio tá solto ainda. Temer também entre tantos outros. Somente um imbecil para não acreditar que o crime no Brasil compensa.

    • Pois é Sr. Hater, não só compensa como é um grande empreendimento, que conta com o assentimento dos três poderes institucionais de republiqueta dos bananas. Entretanto não podemos esquecer que os “poderes” executivos e legislativos são eleitos democraticamente pela população, donde sua responsabilidade pelo império do crime. La nave vá…

  2. E o Desembargador no youtube com o cantor leonardo, que, disse que “comeria” as amigas juízas A, B, C e D ??????

    • esembargador: “juízas, vamos pegar vocês; ele segura, eu como”
      POR FERNANDO BRITO · 27/03/2019

      A Justiça brasileira tornou-se um caso patológico.

      Juiz que vira marombeiro exibido.

      Desembargador que grava vídeo para juízas ao lado do cantor Leonardo e diz que “nós vamos aí comer vocês; ele segura e eu como”.

      Esta história do desembargador do TJ de Santa Catarina Jaime Machado Júnior, que está rolando nas redes sociais é o retrato da falência deste método estúpido que permite aos magistrados se tornarem pessoas que não têm de dar satisfações de seus atos.

      Não tem o menor relevo que ele tenha apresentado desculpas formais, alegando que é “expansivo”.

      O que importa é que é uma pessoa sem discernimento, mas com poder sobre a vida de todos.

      Pior ainda, é um infrator da lei, porque o Estatuto da Magistratura dele exige comportamento decoroso.

      E ele viola o decoro não só consigo mesmo, mas com as juízas que menciona, porque tenho certeza que se um de seus jurisdicionados disser o mesmo e depois explicar que “era brincadeirinha” não vão ficar as coisas por isso mesmo.

      Até agora ficaram e, depois, não reclamem se perderam o respeito e a reverência da população tor terem se rebaixado a serem os “minions togados”.

      • Nós vamos aí comer vocês”, diz desembargador a juízas
        Migalhas
        Migalhas
        Inscrever-se16 mil
        Adicionar a Compartilhar Mais
        29.866 visualizações

        Publicado em 27 de mar de 2019
        Em um vídeo que circula nas redes sociais, o desembargador Jaime Machado Junior, do TJ/SC, aparece ao lado do cantor Leonardo e envia um “recado” a juízas. Após citar o nome das mulheres, ele diz: “nós vamos aí comer vocês”. E completa: “ele segura e eu como”.

  3. Bolsonaro pode perder o cargo se festejar ditadura
    Blog da Cidadania
    Blog da Cidadania
    Inscrever-se278 mil
    Adicionar a Compartilhar Mais
    8.906 visualizações
    2.433 25
    Publicado em 27 de mar de 2019
    Uma juíza federal de Brasília deu prazo de cinco dias para Bolsonaro explicar determinação que deu aos militares para que comemorem o golpe de 31 de março de 1964 no próximo domingo. Se isso acontecer, se for gasto dinheiro público nesse festim diabólico, o presidente da República terá cometido crime de responsabilidade e poderá

  4. tem mais que pagar e 60 mil foi pouco! alguém tem que colocar esses advogados do Estado em seu devido lugar.pensam que são policiais, deuses, juízes e tudo mais. próximo filme da liga da justiça terá um promotor na sala da justiça sentado ao lado do aquaman e do batman, senão vao impetrar um MS e os heróis não poderão mais se reunir sem a presença dele!
    A marvel jaja vai responder processo porque não tinha um promotor nos vingadores! Eles acham que podem tudo!!

Os comentários estão desativados.