1. Vi e ouvi o vídeo. De fato, a Lei Orgânica Nacional do MP garante ao representante do Órgão sentar-se à direita do juiz. Também o Estatuto da OAB garante isso ao advogado. No entanto, tais garantias – ao MP e ao advogado – não vão além disso (sentar-se à direita do juiz), pois não esclarecem quantos graus à direita, altura etc., o que no dia a dia gera conflitos tolos como esse relatado. Aqui, em Cascais, Portugal, onde atualmente gozo minha merecida aposentadoria, olho o oceano como sendo um grande juiz (salgado e traiçoeiro) e reivindico a Deus a prerrogativa de de ficar não à direita dele, mas bem em frente, em confortável cadeira cravada na seca areia branca. E foda-se essa promotora e seu lugar à direita do juiz.

    • Boa Dr. Tovani. Isso está mais para estrelismo dessa promotora.
      Parabéns pelo lúcido comentário.

  2. Do G1

    Assaltante é preso após usar arma de brinquedo para roubar delegados nos Jardins em SP
    Vítimas foram surpreendidas quando saiam de evento na Avenida Paulista.
    Por Rafael Ihara, Bom Dia SP — São Paulo

    16/04/2019 07h23 Atualizado há uma hora
    Arma de brinquedo utilizada pelo assaltante. — Foto: Reprodução/ TV Globo Arma de brinquedo utilizada pelo assaltante. — Foto: Reprodução/ TV Globo
    Arma de brinquedo utilizada pelo assaltante. — Foto: Reprodução/ TV Globo

    Os presidentes do Sindicato e da Associação dos Delegados de Polícia do Estado foram surpreendidos por um assaltante na noite desta segunda-feira (15) na região dos Jardins, área nobre da capital paulista. O ladrão utilizou uma arma de brinquedo para realizar a abordagem.
    O assalto aconteceu por volta das 20h30 no cruzamento das ruas Abílio Soares e Cubatão. Os dois delegados e o motorista do veículo foram abordados quando saiam de um evento na Av. Paulista, na região Central da capital paulista. Após o roubo, os delegados conseguiram prender o assaltante.
    “Ao parar no farol fui abordado por um indivíduo que já chegou batendo no vidro com um objeto que aparentava ser uma arma de fogo. Como a janela estava entreaberta ele já puxou o celular da minha mão. Empurrei e chutei a porta, e consegui derrubá-lo”, disse Gustavo Mesquita Bueno, Presidente da Associação de Polícia do Estado de São Paulo e delegado.
    Clayton Estevan, de 28 anos, foi autuado em flagrante por roubo e encaminhado ao 78º DP, nos Jardins. De acordo com a polícia, ele já tinha sido preso duas vezes e ficou quatro anos na cadeia pelo mesmo crime.
    “É claro que a gente não pode incentivar a reação, não estou aqui incentivando ou instigando o cidadão comum a reagir, mas ali no caso eu calculei os riscos e entendi que realmente seria possível reagir, disse ainda o delegado.

    • Pior é o vídeo que os tais fizeram em plena abordagem… A florzinha loirinha delicada gravando vídeo e os PMs contendo e fazendo a busca pessoal. Bom pra esses semideuses verem que apesar de odiarem os maikes, são eles quem segura o reagge na hora que o bicho pega.
      Dois delegados desarmados, neste momento poderiam estar sem presidente da ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS e do SINDICATO DOS DELEGADOS.
      A LEI ORGÂNICA DA POLÍCIA CIVIL OBRIGADA SEUS POLICIAIS PORTAR ARMA E DISTINTIVO. Portanto cometeram falta GRAVE.

  3. Uéééééé, tem delegado se achando meritissimo/excelencia porque a promotorinha não pode kkkkkkkkkkkkkk

  4. Há duas síndromes aí: a de vira latas e a do “menor poder”.

    Advinha quem saiu feliz? Kkkk

  5. Cria Corvos e eles comeram seus olhos. Desde 1988 todos, todos, repise-se todos mijam para o MP.. Isso que houve na pequena Comarca é o resultado disso. Se portam como “O” elo fundamental da Justiça e não como”um dos” elos; Creiam, para faze-los voltar “sentar em sua cadeira” vai necessitar de tempo, esforço e muita energia. Quem pariu o monstro que o crie.

  6. Curioso que no parágrafo tem o nome do acusado e no cabeçalho esqueceram de apagar rs

    MAs até o Joaquim Barbosa em plenário ficava em pé (motivo de coluna, ouvi dizer).

    Agora por que omitir o nome do promotor?

  7. Quem prendeu foram os PMs, os Delegados parece que nem armados estavam. Que ridículo.

    • Não existem mais Sérgio de Paranhos Fleury, Raul Nogueira de Lima, Coriolano de Nigueira Cobra, Hélio Tavares, Josecyr Cuoco, a PC/Sp faliu em recursos humanos, isso sem citar a tiragem linha de frente nego Deodato, Correinha, Ademar Augusto, Santão, e muitos outros…

          • JR de Napolis, me perdoe, mas, imaginava que você fosse da turma dos Nutellas de hj em dia tendo em vista seus comentários, com linguajar não muito usual naquela época.
            Também trabalhei com alguns e próximo de outros.
            Sorte companheiro e estamos por aqui!

            • Prezado Tira Véio! Desde 1985 atuo como advogado nas áreas de direito administrativo sancionatório (PF e PC), por isso a ligação forte com ambas as instituições, além de ser de família de PCs avô (falecido), irmão e sobrinho, estive nas duas instituições (PC e PF). Forte abraço!

    • Pior que quem prendeu foi a meganha mesmo.
      Até nisso esses Delegados de “mentira” não tem a moral e a firmeza de caráter dos antigos.

      São uma comédia!

  8. Esta treta em absolutamente nada me interessa, quero que ambos MP e Judiciário se……………………

    • Interessaria a Freud: guerra de egos! Fazer justiça é mero acaso, se sobrar tempo e vontade!

Os comentários estão desativados.