Policiais civis da 1ª Seccional são acusados de extorquir lojistas no centro de SP 46

Investigação da Corregedoria da Polícia Civil e do MP confirmou a participação de ao menos seis policiais, um deles o investigador Antônio Carlos de Araújo, irmão de ex-policial que sequestrou enteado de Marcola

Policiais atuavam na 1ª Seccional e no 3º DP, que ficam no mesmo prédio no centro de São Paulo | Foto: Reprodução/Google Street View

A Corregedoria da Polícia Civil e o MP (Ministério Público) Estadual de São Paulo investigam ao menos seis policiais civis acusados de extorquir, desde 2016, donos de lojas em um shopping no Pari, região do Brás, zona leste de São Paulo, e comerciantes da rua Santa Ifigênia, na zona central da capital. Um deles, o investigador Antônio Carlos de Araújo, foi detido e teve a prisão preventiva decretada pela juíza Isaura Cristina Barreira, da Vara de Plantão do Fórum Criminal da Barra Funda.

O policial é irmão de José Roberto de Araújo, expulso da Polícia Civil e condenado a 22 anos de prisão pelo sequestro, em 2005, de Rodrigo Olivatto Moraes, enteado de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, apontado como líder máximo do PCC (Primeiro Comando da Capital). Segundo a Corregedoria da Polícia Civil, Araújo atuava com o ex-policial civil Eduardo José Caprio e com o informante Luciano Novaes Mendonça.

Caprio era investigador e acabou expulso da Polícia Civil e condenado a sete anos, nove meses e 10 dias de prisão em 18 de setembro de 2012 pelo mesmo crime de extorsão. Mendonça e Caprio também tiveram a prisão preventiva decretada. O primeiro foi preso. O segundo, no entanto, encontra-se foragido.

A Corregedoria chegou aos três acusados após receber e investigar uma denúncia feita pelo vendedor Diego Mathias Nunes, de 29 anos, funcionário de uma loja do chinês Paul Chen, localizada no shopping Vautier, no Pari. Em depoimento, Nunes contou que trabalha há oito anos na loja do chinês, onde são comercializados produtos eletrônicos.

Ele disse que quando começou a trabalhar na loja conheceu Araújo, que se identificava como policial civil.
Segundo Nunes, Araújo nunca dizia em qual unidade era lotado, mas várias vezes viu o investigador ostentando distintivo da Polícia Civil no pescoço e portando pistola.

Nunes acrescentou que já presenciou Araújo chegando ao shopping Vautier em uma Blazer da Polícia Civil.
O depoente afirmou ainda que Araújo passava mensalmente na loja e pegava entre R$ 50,00 e R$ 100,00 de comerciantes. O shopping tem 15 mil lojas.

Porém, no dia 24 de agosto de 2018, outros dois homens apareceram para pegar o dinheiro e exigiram R$ 500,00. Ambos, ainda segundo Nunes, alegaram que eram da 1ª Delegacia Seccional (Centro). O patrão do vendedor estava viajando e ele se recusou em dar o dinheiro aos dois homens.

Nunes revelou que um deles, que se identificava como Luiz, ligou para Araújo e contou que o vendedor não havia dado a quantia exigida. Na versão de Nunes, Araújo então aconselhou os dois comparsas a esperar o retorno do chinês. Entretanto, ambos foram nas outras lojas e recolheram dinheiro dos comerciantes.

A Corregedoria apurou que o homem que se apresentava como Luiz, na realidade, é Luciano Novaes Mendonça e o acompanhante dele, o ex-policial Eduardo José Caprio. Os três acusados foram reconhecidos através de fotografias por Nunes. A Corregedoria fez diligências no shopping e teve acesso a imagens de circuitos de câmeras de segurança. Araújo, Mendonça e Caprio foram identificados nas gravações.

Mendonça já era investigado desde novembro de 2016 em outro procedimento instaurado pelo GECEP (Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial) do Ministério Público. Ele e outros cinco policiais à época lotados na 1ª Delegacia Seccional (Centro) e no 3º Distrito Policial (Campos Elíseos) foram acusados de cobrar propina de comerciantes da rua Santa Ifigênia para permitir a comercialização de produtos piratas.

O GECEP realizou diligências durante dois anos e, com autorização judicial, interceptou o telefone celular de Mendonça. Foram realizados 11 períodos de grampos telefônicos e as interceptações flagraram Mendonça conversando com policiais civis, falando sobre valores de propinas e até sobre seus dados bancários e seus investimentos.

O procedimento instaurado pelo GECEP transcorreu em segredo de justiça. O processo investigado pela Corregedoria da Polícia Civil também corre sob sigilo judicial.

O relatório final do GECEP, com data de 25 de outubro de 2018, traz a seguinte observação: “As interceptações telefônicas realizadas possibilitaram a colheita de indícios robustos de existência da organização criminosa integrada por policiais civis do 3º DP e da 1ª Seccional com vistas à prática de crimes graves em detrimento de comerciantes da rua Santa Ifigênia, como extorsão, prevaricação, entre outros”.

No depoimento à Corregedoria, prestado em 18 de dezembro do ano passado, Mendonça negou ter cometido qualquer tipo de extorsão. Ele afirmou que não tem nenhum vínculo com o investigador Araújo e que conhece o ex-policial Caprio há quatro anos. Araújo depôs em 20 de dezembro e também declarou-se inocente. Ele disse que “está abismado com as acusações”. Acrescentou que não conhece o Shopping Vautier nem ninguém de lá. Afirmou ainda que nunca ouviu falar de Eduardo Caprio.

Araújo contou na Corregedoria que até julho do ano passado trabalhava na 1ª Delegacia Seccional (Centro) e depois foi transferido para o DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania). Indago sobre o seu irmão José Roberto de Araújo, o sequestrador do enteado de Marcola, o investigador disse que ele está no Interior do Estado.

Procurados pela Ponte, GECEP e Corregedoria da Polícia Civil não quiseram falar sobre os casos porque as investigações estão em segredo de justiça.


 

O caso está sob segredo de justiça , mas os autos da Corregedoria Geral estão – há mais de mês –  em todas as redes e grupos sociais. 

Policiais civis da 1ª Seccional são acusados de extorquir lojistas no centro de SP

  1. Como sempre a casa só cai por conta do olho maior que a barriga, aumentar de 50 para 500.
    Já dizia minha mãe, quem muito quer, nada tem!

  2. Senhores

    Nada tem com relação ao post, mas é importante.

    noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2019/04/17/morre-ex-presidente-do-peru-suicidio-ordem-de-prisao-odebrecht.htm

    C.A.

  3. noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2019/03/19/caso-odebrecht-causa-fuga-em-massa-de-autoridades-corruptas-no-peru

  4. Na torcida para que os corruptos e os gansos apodreçam na cadeia.

    🍀🍀🍀🍀🍀🍀

  5. O lixo travestido de policial é achacador desde os tempos em que era um simples embrião no útero da mãe. Sempre esteve numa boa na “puliça”, só em lugar bom, coletando a vontade. Não entendo como não recebeu uma chefia tendo um perfil tão condizente para o cargo. O importante a ser ressaltado é que SÓ HOUVE INVESTIGAÇÃO DA CORREGEDORIA graças ao GECEP. Você cidadão que porventura esteja sofrendo o mesmo infortúnio, ou seja, trabalhando com dificuldade para no final do mês dar parte do seu suor para policial bandido, não perca seu tempo de ir na Corregedoria denunciar, vá ao MINISTÉRIO PÚBLICO, vá ao GECEP que você vai ter sua denúncia apurada e seu direito defendido.

    • Parafraseando Machado de Assis: “a ocasião faz o furto, o ladrão já nasce pronto!”

  6. Tá com ar de “”delação premiada””……..aguardem.

  7. Novidade do século! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk……………………..

  8. Seria tão melhor promover a PC a apêndice da Secretaria de Justiça, conforme queria p Márcio França.

    Paga 18 mil para Delegados, tal qual defensores públicos…e acaba de vez com p resto.
    Daqui a uns anos transforma os Delegados em o que eles quiserem…sei lá…juízes de instrução…auxiliares de bosta nenhuma…qualquer coisa…
    PAGANDO BEM…TETO DO FUNCIONALISMO.

    Acaba de vez com esse LIXO INUTIL É IMPRODUTIVO que é a PC e pronto.

    Bem melhor.

    • seria tao melhor mesmo promover a pc a apendice da secretaria de justica e acabr coma pm como em qualquer pais serio do mundo. pq pc acharca, pm rouba caixa eletronico e acharca diferente, tem que pagar o turno do dia e o turno da noite e os de maior patente. acaba com o lixo da pc e com o entulho de cabresto que e a pm. fim da pol. dos corruptos e dos coxinhas que pegam pizza de graca e matam quem não paga biqueira

  9. E a PM passa todos os dias nas ruas do centro de SP e não vê o comercio de pirataria.
    Só não caiu PM porque a investigação foi em cima apenas da civil, como sempre.
    Como de costume MP tendencioso. Querem acabar com a civil pois fazem atividades concorrentes.
    A PM é mero baba ovo de promotores e são massa de manobra do MP em seu projeto de poder.

    • Fala besteira, não.
      Na rua, se tem PM perto não tem paqueiro de gatonet, nem CD ou programa pirata. A PM passa, eles se recolhem. A PM vira a esquina, eles voltam.
      Mas passa meia hora dentro de qualquer shopping de boxes pra você ver… E tem dia que a rua Santa Ifigenia parece zona azul de “carro” preto, branco.

      • Se o pm (fardado) passa e os vendedores se escondem e depois voltam, então cade o p2?

        • Eae Vitória? Como não tem o que falar, lançou um P2…. Santa ignorância… P2 pegando CD pirata… Puta cara… Vc se supera cada vez mais!!!! Hahahaha

          Pessoal da Delegacia é para investigar coisas mais importantes né? P2 agora pode investigar também? Muita cara de pau!!!

          Lembra do telhado de vidro? Então. De acordo com sua excelente linha de raciocínio todas as chefias deviam ser extintas e as DPs da 1 seccional. Justifica agora aí?!!? Hahahahahaha

  10. O estado todo está corrompido! Fruto de uma sociedade corrputa…
    Pm passa na sta ifigenia e os vendedores
    Gritam desbloqueador da net na cara deles…tds sabem que lá tem isso…e muitos dos pms, civis compram esses aparelhos…
    A sociedade está doente, pm arrolada com o MP, pois representam o rombo ao erário através de altos salários do oficialato;
    Rondas de praças em condomínios de alto luxo de seus superiores, parada estratégica na frente da porta do prédio…..
    Civil roubando a rodo pra subir….até pra financiar campanhas políticas
    Aí o estado com a mão pesada; com um ato de um chefe de estado mais sujo que pau de galinheiro,”com ar de moralidade” da uma demissão a bem do serviço público…

    Muitas vezes ratificada por um judiciário ineficiente e caríssimo
    Esse Brasil tem que explodir e começar do zero

  11. Ao colega “Eduardo”
    Você é policia de verdade?
    Você sabe que o cara esta ali cometendo ilícitos mas quando passa ele corre e você não pensa em outro jeito de pega-lo a não ser correndo atrás?
    E biqueira? Também é a mesma coisa! Todos correm.
    Então colega, com a sua mentalidade só vai pegar alguém se vc for um velocista. Boa sorte pra você, treine bastante corrida.
    Você deve ser PM mesmo!
    Olha o que o cara disse:

    “Mas quando eu passo ele corre”.

    Queria que o cara ficasse parado te esperando porra? Quer que ele se algeme também e já entre no corró da sua viatura? Que porra de policia você é?
    Faça-me o favor!

    • Na rua onde moro há alternância de empresas de segurança dos vários condomínios. Uma de estrela cinza, outra de brasão preto e branco, assim sucessivamente. No meio do bairro (em toda região sempre tem uma comunidade em “frestinha” de terreno) tem uma biqueira. Nem Autoridade e nem Oficial fazem nada.
      Sobre a Santa Ifigênia: quem investiga não fica batendo papo alegre com dono do box. Ou é dono também ou é “sócio”.
      De fato: nossa sociedade é doente. Vota No bozo e vai na Ifigênia comprar gatonet. Já vi PM comprando DVD pirata na frente de fórum.

  12. “QUEM NÃO TIVER PECADO QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA ” SE O GOVERNADOR PAGASSE BEM OS POLICIAIS – PM E PC , DESSE UM PLANO DE CARREIRA ONDE OS POLICIAIS COMEÇASSEM DESDE DE BAIXO ATE O FIM DA CARREIRA MEDIANTE CONCURSO INTERNO , DANDO CONDIÇÕES HOSPITALARES ( isto porque ´são carreira de risco de vida, diferente dos demais funcionarios publicos) DANDO TODO TIPO DE AUXILIO , QUANDO COMETIMENTO DE QQ DELITO NO CUMPRIMENTO DA PROFISSÃO, DAR CONDIÇÕES MATERIAIS ( armas, locais, viaturas, etc.) NO CUMPRIMENTO DAS MISSÕES E MUITOS OUTROS, ISTO ACIMA DIFICILMENTEME OCORRERIA . EM TEMPO;- NUNCA DEVEMOS ESQUECER TAMBÉM NESTE ROL OS FUNCIONARIOS PENINTENCIARIOS QUE TAMBÉM É UMA CLASSE SOFREDORA COMO TODOS NÓS. GENTE ! TODAS AS ASSOCIAÇÕES QUANDO CONSEGUE MARCAR AUDIENCIA JUNTO COM AS ATORIDADES TEM DEMONSTRADO TODA ESTA DEFICIENCIA E INFELIZMENTE ALGUMAS MAIS HUMILDES TENTAM AGENDAR , MAS NÃO CONSEGUEM, AI ESTA A RAZÃO QUE SOFREM TODOS TIPOS DE CRITICAS . SE NÓS N ÃO UNIRMOS EM TORNO DE NOSSAS ASSOCIAÇÕES, TORNANDO-AS FORTE, PODEROSA, COM GRANDE NUMERO DE ASSOCIADO, TEREMOS FORÇA PARA QQ EMBATE EM BENEFICIO DA CLASSE. ESTE EXEMPLO PARA TODOS OS ESTADOS DA UNIÃO. TEMOS QUE TER EM MENTE A FRASE DE “MARTIN LUTHER KING JR. ” EU TENHO UM SONHO”

    • Ele está certo!
      Merece respeito!
      O comando da pm também deve aceitar essa mesma mudança de maneira oposta; isso acontece e ninguém deve discriminar ninguém.
      Se entra na pm como homem e depois quer assumir ser gay, seja feliz, não fique escondido atras da armário não.
      A pm não tem nada de especial para zombar de ninguém não.
      O que adianta não aceitar os gays e ter oficiais como o coronel amigo do Temer?

  13. Já fizeram o favor de acabarem com a Civil ? Não! Que pena! A sociedade ainda vai continuar sofrendo muitas pungas. Tchau! Amanhã eu volto.

  14. A noticia é sobre PC bandido e tem alguns caras arrumam um jeito para falar mal da PM. Não sejam corporativista, tem bandido em todos os lugares, temos que realmente é parabenizar o MP. Só isso.

  15. Que lixo nos encontramos. Devemos isso ao PSDB e seus representantes na direção da Polícia Civil nas últimas décadas. Alguns deles, mesmo com a cabeça branca, até hoje, roem o osso da vaca, depois de mamarem muitos anos nas suas tetas.
    É uma tonelada de drogas traficada no 1º DP, outros 600 quilos no 90º, é o nóia que escala e furta o prédio do 77º DP, defeca no cartório da delegacia e se limpa na cadeira da titular, é parte da delegacia que desaba na zona leste, em síntese, instituição agoniante, em estado terminal. E tudo isso com um desfalque de 13 mil homens e o pior salário do Brasil. Isso só interessa para meia dúzia de midiáticos que utilizam a instituição para se promoverem e também os negócios particulares na área de segurança. Tá falida faz tempo.

  16. Não é fato pontual e sim generalizado na capital, na grande são paulo e nas principais cidades do interior. É o "corre", o conhecido "carnê". disse:

    “Policiais civis da 1ª Seccional são acusados de extorquir lojistas no centro de SP”; os da 2ª na Sul; os da 3ª na Oeste; os da 4ª na Norte; os da 5ª na Leste Rica; os da 6ª em Santoa Amaro, os da 7ª na Leste Pobre e os da 8ª na de São Mateus, campeã de “desmanches e buracos de picar carros” do Brasil, quiça de todo o mundo.

  17. Policiais que roubam não são policiais…são ladrões que nos envergonham.

  18. Infelizmente, essa antiga banda podre que integra os quadros da nossa instituição e denigre os bons policiais que nela existe, continua em plena atividade e não se intimida com MP, com Corregedoria, com combate à corrupção, etc. Antes de ontem, para nossa vergonha, mais dois bandidos travestidos de policiais do 6º DP-Cambuci, em viatura descaracterizada, com arma e distintivo da nossa polícia, pagos com o salário do povo, foram presos pela POLÍCIA MILITAR, mantendo em cárcere privado, numa quebrada do Brás, portanto fora de área, um indivíduo que seria objeto de mais um achaque desses lixos e foi salvo graças à denúncia de sua mulher. E continuamos ladeira abaixo, graças a essa “ladrãozada” que continua dando as cartas na nossa polícia protegida por velhos vermes que a chefia ou dirige.

  19. Na miséria em que nos encontramos, com o mais completo abandono institucional pelo governo e pela direção da polícia, faça “bico”, mas não perca sua honra, sua moral, o respeito de seus amigos e familiares, optando pelos caminhos da corrupção e achaque que, infelizmente, alguns querem nos convencer trata-se da melhor saída.

  20. Terão direito a defensor público. Parece piada. É o rabo abanando o cachorro. disse:

    Do 16 ? Fui plantonista lá por quase 4 anos. Unidade importante da zona sul, chegou a ser sede de seccional por vários anos.
    O mais inaceitável, chega a ser surreal, é a possibilidade desses lixos serem defendidos por Defensores Públicos na corró.
    Defensor Público só deveria promover a defesa de policial que, no estrito cumprimento do dever legal, em razão do risco de vida próprio ou de terceiro, veio a matar algum marginal que resistiu a ordem legal de prisão.
    Em caso de policial achacador, o defensor público, excepcionalmente, deveria atuar como assistente da acusação.

    • antes de informar, digo que a policia civil e a policia militar deveriam serem extintas. nao como instituicoes mas em virtude dos componentes do seu quadro. antes de falarem merda e apontarem seus dedos deveriam lavar a boca com a agua que enxugaram o cu. o episodio de corrupcao no dppc na audiencia nenhuma vitima apontou polcial que estava preso, ou outro, nem mesmo a autoirdqde que presidiu a investigacao forneceu subsidios de participacao ou prova de crime contra o policial. aquele que foi xingado e humilhado aqui como bandido apos noticia de ser preso pelo Gecep. na audiencia nao houve sequer uma prova produzida oralmente ou materialmente contra si, e gracas a Deus e seu advogado que tambem ja sofreu injustica analoga, conseguiu sair do carcere. quanto aos policiais do 16, a PM levou os policiais e as vitimas ate a corregedoria e a autoridade policial apos inqueri-las NENHUMA, repito nenhuma corroborou com o relato dos PMs que estariam sofrendo acharque e sim que estavam detidos e desconfiaram nao serem policiais realmente. foi feito BO para investigar os fatos. aprendam a pensar com a cabeca e nao com a bunda e sair condenando os outros sem nem terem acesso aos procedimentos e provas. infelizmente o governo conseguiu acabar com o estigma policial e hoje so tem cagueta, safado, puxa saco nessa merda.

      • Infelizmente meu companheiro , sou obrigado a concordar contigo . Um bando de ladrão apontando o dedo para o colega que foi preso , sem ao menos saberem a verdade dos fatos . O colega foi até taxado de delator , pois disseram que teria feito delação premiada . Teve sua imagem exposta em todo lugar , sem direito de defesa . E agora , sem comprovação alguma que tenha cometido algo , foi posto em liberdade . E digo mais : será absolvido por inexistência de crime ! Só que agora não aparece UM CORNUDO maldito para divulgar que ele foi colocado em liberdade . Parece que a horda adora ver a desgraça alheia . Não se esqueçam que o que se passou com ele , pode acontecer com qualquer um . Sim , qualquer um ! Ter uma prisão forcada e consolidada num único depoimento de uma pseudo vítima , serve de exemplo para que todos saibam que um dia o acusado pode ser você . O pior agora é que após ser absolvido , restará a ele somente somente uma frase : “ desculpe o estrago “. Para quem estava esperando o circo pegar fogo , vendo um colega encarcerado, sinto em dizer , mas sua diversão acabou .

        O homem é o lobo do homem é uma frase tornada célebre pelo filósofo inglês Thomas Hobbes que significa que o homem é o maior inimigo do próprio homem.

        Esta afirmação apresenta a transfiguração do homem como um animal selvagem, consiste em uma metáfora que indica que o homem é capaz de grandes atrocidades e barbaridades contra elementos da sua própria espécie.

        Recado para quem não gostou : FODA -SE

  21. Como desgraça pouca é bobagem, o seu “piliça” perseguindo um “suspeito” que fugia de bicicleta, saca a arma e efetua disparos em plena luz do dia no Largo do Paissandú, atingindo um idoso morador de rua que não tinha nada a ver com os fatos. O seu “puliça” socorre o morador que falece.No BO noticia que ele foi esfaqueado, apresentado a faca que teria sido o instrumento do crime. No DP, a “otoridade” reproduziu o que o seu “puliça” disse e, por incrível que pareça, no IML o laudo necroscópico não descreveu o ferimento fatal nem tampouco o instrumento que o provocou.Diante de tamanho descalabro, a imprensa foi acionada e as coisas começaram a serem clareadas.Ao final, na exumação do cadáver da vítima, encontraram o projetil que a matou e que não foi localizado na necropsia. Parece coisa surreal, lembra os anos de chumbo. Se matava e se mentia a vontade. Um festival de incompetência e de canalhice, única e exclusivamente por se tratar a vítima de um hipossuficiente. Esse “puliça” despreparado e fraudador de local de crime, essa “otoridade” incompetente que sequer procurou se inteirar pessoalmente dos fatos, vez que se tratava de crime de homicídio, esse legista que , ao que parece, fez a necropsia a distância, se fosse num país sério, seriam fortes candidatos de irem pra cadeia, isso sim.

  22. 1º princípio da sociedade marginal: "mentir sempre e raramente dizer a verdade" disse:

    É tudo mentira, esse pessoal é tudo gente boa, honesta, trabalhadora. Eles estavam no paraíso da pirataria com parte de serviço cumprindo com o dever legal. Os do 16º DP, sem mandado, estavam com vontade de bater um papo com alguém e convidaram o cidadão para conversarem dentro da viatura. Em época de semana santa, tinha que pegar o prontuário desses policiais e enviar para o Vaticano para que fosse deflagrado o processo de canonização. Todos serão indicados para policial do mês e serão cumprimentados pessoalmente pelo governador no Palácio dos Bandeirantes, inclusive os três envolvidos em propinas pagas pelo dono da Doly.
    .

    • É você deve ser super honesto e íntegro né seu bosta . Cuida da sua vida seu merda , que você deve ser outros daqueles vagabundos caguetas

  23. Se você é ladrão seja homem de ser o que você é e não se disfarce de policial, seu lixo. disse:

    Ladrãããããããããããããããããããoooooooooooooo, vai ver o sol nascer quadrado no chiqueirinho da PC na Zachi Naki. Até lá!

  24. Que eu saiba, nunca peguei nada de ninguém em razão do meu cargo, mas caso você tenha conhecimento de alguma coisa nesse sentido, por ser policial, tem a obrigação de me investigar, prender ou denunciar. Isso não é caguetagem e sim cumprir com o dever de ofício. Se na PC ser honesto é ser um “bosta”, tenho orgulho de ser, o que não parece ser o seu caso. Você deve ser aquele “puliça” de calça jeans, no meio da bunda, revólver na cintura, na frente do umbigo, com a coronha a mostra, camisa manga curta aberta, cheio de correntes de metal amarelo semelhante a ouro, um enorme crucifixo da “marca” ” INRI”, um monte de pulseiras de metal semelhante, de vez em quando, com um par de algemas na mão, estilo “fudidão”, “cana dura”, mas na verdade não passa de um “cuzão” que se utiliza dessa indumentária para aumentar a pressão na hora da concussão ou corrupção. Você é do tipo que merece uma boa hospedagem na pocilga da PC situada na Av.Zachi Naki, conhecida por PPC. Seu lixo!

Os comentários estão desativados.