Demagogia e hipocrisia do pretenso sucessor de Bolsonaro rebatidas por entidades de direitos humanos…Governador Doria, quem deve se manifestar fundadamente – sem providencialmente jogar a culpa no PCC – sobre policiais executados é a Administração; não ONGs criadas em defesa de hipossuficientes frente aos rotineiros abusos do Poder Público…Aliás, quem garante que o PM foi executado apenas por ser policial e da Rota? 27

Entidades de direitos humanos rebatem Doria e repudiam mortes de policiais

Dois agentes morreram num intervalo de dez dias; governador havia dito que não viu defensores se manifestarem

Thaiza Pauluze
São Paulo

Entidades e especialistas em direitos humanos rechaçam a pecha de que não se manifestam ou mobilizam quando um policial é executado. Eles rebatem a declaração do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que afirmou não ter visto os defensores após o assassinato de dois policiais da (Rota Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) em menos de dez dias no estado.

“É curioso, quando há alguma outra circunstância, inclusive de morte de bandido, as entidades que defendem os direitos humanos, ou várias delas, se manifestam”, disse Doria. “Eu não vi nenhuma manifestação de nenhuma entidade que defende direitos humanos da crueldade como foram assassinados.”

Carro do PM da Rota foi atingido por dezenas de disparos de fuzil quando ele saía de casa, em Interlagos (zona sul)
Carro do PM da Rota foi atingido por dezenas de disparos de fuzil quando ele saía de casa, em Interlagos (zona sul) – Divulgação/Polícia Civil

No primeiro dia útil depois de cada morte, o comandante-geral da PM paulista, coronel Marcelo Viera Salles, recebeu um ofício de pesar do Instituto Sou da Paz. É uma rotina da entidade que acompanha cada um dos casos de perto, afirma Ivan Marques, o diretor-executivo.

“O Sou da Paz não veste a carapuça construída pelo governador. Nós exigimos investigação adequada e solução desses crimes, que vão muito além da morte de um policial, são um atentado contra o Estado Democrático de Direito e, portanto, inadmissíveis”, diz Marques.

Em 2017, o instituto publicou o relatório “Linha de Frente”, que analisou tanto as circunstâncias de mortes por policiais em serviço quanto a vitimização dos agentes. “Nosso papel é apontar caminhos para que os policiais não morram.”

Para Renato Sérgio Lima, presidente do Fórum Brasileiro De Segurança Pública, o comentário do governador “não ajuda em nada na proteção e valorização dos policiais, apenas joga para a torcida e reforça antagonismos”.

O Fórum também diz se solidarizar com a corporação e com a família dos PMs mortos. “Muitos de nossos associados manifestaram-se logo após os acontecimentos. O importante é não explorar os casos politicamente e investigar a fundo, não o deixando impune e esclarecendo todos os aspectos que o envolvem”, afirma Lima.

A organização internacional Human Rights Watch faz coro, ao lamentar “profundamente os assassinatos, com indícios de execução” e também cobrar investigação e punição.

“Além disso, é fundamental fortalecer os procedimentos de atuação, treinamento e medidas de proteção para os policiais, especialmente fora de serviço, que é quando estão mais vulneráveis e quando ocorre a maior parte dos assassinatos”, disse, em nota.

O Defensor Público-Geral do Estado, Davi Depiné, também afirmou que o órgão se colocou à disposição da Secretaria de Segurança Pública para atender os parentes enlutados e defender seus direitos. Para ele, o momento é de “unirmos esforços por uma cultura de paz e segurança”.

Embora repudiem qualquer tipo de violência, alguns defensores atuam nos casos que envolvam a população da periferia —vítimas recorrentes das ações policiais— porque são mais vulneráveis e os crimes costumam ficar impunes, afirma Ariel de Castro Alves, conselheiro do Condepe (Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana) e membro do Grupo Tortura Nunca Mais.

“Não há interesse da polícia em resolver casos de abusos de agentes do próprio Estado. As entidades de direitos humanos são as únicas que eles podem recorrer”, diz ele.

Ariel lembra que o Condepe também auxilia recrutas vítimas de abusos. “Ano passado orientamos um policial militar gay que estava sofrendo ameaças por parte de outros membros da corporação.”

Já sobre os abusos cometidos pelos agentes, “não temos visto Doria se manifestar, quando deveria ser o primeiro”, diz Ariel. Para o conselheiro, um exemplo aconteceu neste domingo (5), quando Rafael Aparecido de Souza, 23, morreu após ser baleado no peito por um policial, na zona leste da capital paulista. Sem antecedentes criminais, o jovem estava em frente a sua casa após um churrasco com os primos.

Ao contrário, “o governador incentiva a violência ao condecorar policiais depois de 11 mortes em Guararema”, afirma Ariel. Doria homenageou os agentes no Palácio dos Bandeirantes. “Não é papel do estado condecorar quem mata.”

Há 13 anos, Débora Maria da Silva diz acompanhar a morte dos agentes em São Paulo. Ela é fundadora do movimento Mães de Maio, que reúne familiares e amigos das vítimas dos crimes de maio de 2006 em São Paulo, quando uma onda de ataques a policiais e revide dos próprios agentes e grupos paramilitares deixou quase 500 mortos. Seu filho foi uma das vítimas.

“A perda é de um lado e do outro”, afirma, e mesmo depois de todo esse tempo, “a marcha fúnebre prossegue, nessa guerra não declarada, dessa cultura do ódio, da insegurança pública, que deveria ser revista.”

Débora se diz “defensora da vida, do ser humano”. O grupo inclusive acolheu a mãe de uma policial, morta no Amazonas. “Abraçamos ela. Só a mãe sabe a dor de outra mãe, seja de um filho que usa farda ou não.”

    • Doriana deve achar que policial é igual aquele cachorro do Dick Vigarista, o Mutley:
      Medalha, medalha, medalha.

      Aliás, nem medalha tem, é só papel mesmo, o polícia vai ter que pagar do bolso pela moldura. Pelo menos a medalha é mais fácil de guardar.

  1. Ontem o governador disse alguma coisa das perdas salariais das policias.

  2. Poxa, Dr, ficar pondo em dúvida a ilibidez de um POLICIAL que foi morto com mais de 70 tiros de fuzil sem que sequer tivesse a chance de se defender.
    Pois foi isso que entendi no cabeçalho do post: “Aliás, quem garante que o PM foi executado apenas por ser policial e da Rota?”
    .
    Na postagem anterior já o tinha feito ao ironizar a possibilidade de um POLICIAL viajar para o exterior, referindo-se ao primeiro POLICIAL MILITAR executado em SANTOS-SP.
    .
    Sabia que muitos policiais abdicam do convívio familiar se matando em bico justamente pra proporcionar alguma “extravagância” de vez em quando?
    .
    OBS_1: Senti orgulho de ver a quantidade de POLICIAIS CIVIS que compareceram no velório de um POLICIAL MILITAR. Mostra que, embora tenha muita gente jogando contra, ainda há uma união.
    .
    Tomara que este comentário não seja barrado.

    • Desculpem, faço o mesmo tipo de teorização que a PM faz quando executam um PC. Em tempos em que cursos de humanas não valem nada vou seguir a métrica deles. Deve ter sido morto por não andar nos caminhos de Jesus.

  3. Quem tem que se manifestar é o governo, e com atitudes. A propósito, a data base foi há dois meses e, até agora, nenhuma manifestação.

  4. Isso aqui vai de mal a pior. Navegamos contra a correnteza bem próximo da cachoeira.Estamos assistindo a enorme mobilização política do Congresso contra a tentativa de moralização deste país. O poder legiferante quer roubar a vontade sem qualquer possibilidade de punição. Slogan: Todos pela impunidade.No Congresso, Centrão quer dizer pavilhão 9, liderado pelo quadrilhão do PMDB, hoje MDB, que mesmo tendo seus mais expressivos quadros presos ou processados continua dando as cartas no Congresso. Estamos perdidos ou “phodidos” como queiram.

    • O presidente da comissão especial da previdência informou que o BPC, RURALISTAS e os PROFESSORES estão fora da previdência.
      A POLICIA FEDERAL E POLICIA CIVIL plataforma e apoiadores durante campanha do Presidente “” Bolsonosso”” estão indi guinados como estão sendo tratados na reforma da previdência e mais o Ministro da Justiça também não está agradando, pois, o mesmo não esta mostrando interesse em preservar os direitos dos policiais frente a equipe econômica.
      Vem pancada forte…..podem esperar

  5. Quando um governante propõe porte de arma para 20% da população, está se auto declarando incompetente em matéria de segurança pública. Será que ninguém enxerga isso?

    • Pior que poucos enxergam… Isso só vai piorar o nosso trabalho. É preciso desarmar a bandidagem, mas isso ninguém quer fazer. O desemprego está na casa de 13 milhões, combustível caríssimo, mas parece que só querem saber de armar a população. Triste

    • Nos EUA todos tem uma arma de fogo e o índice de morte por esta arma é 20 vêzes menor que do Brasil. A maquiavélica Hillary Clinton reptiliana COMUNISTA iria retirar este direito constitucional dos americanos mas, graças a Deus, ela caiu do cavalo mesmo as mídias e as pesquisas estando compradas, pois às 05h30 do dia 09-Nov-2016, Trump saiu-se vitorioso ! Sabemos que nenhum exército por mais poderoso que seja conseguiria atravessar os EUA de costa a costa já que o povo norte-americano, o mais bem armado do mundo, prontamente o IMPEDIRIA ! Até uma velhinha numa fazenda rural americana dispõe de sua cartucheira para defender suas terras ! No Brasil isto seria um crime ! A doutrina COMUNISTA inraisou-se em nosso país … e está previsto que Bolsonaro levará 7 anos para limpar este lixo que nos quer transformar numa grande Venezuela, onde nem cachorros se encontra mais nas ruas, pois o povo faminto já matou a todos para comer !

  6. Analista de plantão

    Como voce quer avaliar a competência em segurança pública de um presidente que assumiu há 5 meses?

    E as merdas que fizeram a partir de 1988 (Collor, FHC, Sarney, Dilma etc)

  7. Ao idiota que disse que nos EUA tem arma mas tem menos homicídio que o Brasil… que tal comparar maças com maças e laranjas com laranjas?

    Explico:

    Os EUA são um pais desenvolvido. Se você comparar os índices de violência dos EUA com outros países desenvolvidos em que não se pode ter armas (Inglaterra e Japão) você verá que os índices americanos são MUITO superiores…

    Tinha que ser fã do Bozo, Tchutchuca e Conge…

  8. Dória se manifestou, antes ou depois do futebolzinho que jogou em sua casa ? Este camarada no governo é uma piada. Só fumaça. Muita empáfia, muita pretensão e pouca administração. Infelizmente muitos colegas votaram nesta mentira chamada dória. Mais quatro anos de atraso e reclamações. Nada mudará. Talvez o tempo para aposentar se reforma previdenciária passar. E ver alguns policiais pendurados nele dá nojo.

  9. Circo Completo, colocar a culpa somente em governos anteriores tem prazo de validade!

  10. Vamos já dar a letra do que vai acontecer…no quarto ano de mandato ele vai dobrar o valor da dejem e da dejec e falar que dobrou o salário da polícia de São paulo…aí quero ver a cara dessa trupe de policiais que tá apoiando ele pedindo voto para a gente em 2022. Fica a dica.

  11. Bom Dia!

    Senhoras e Senhores.

    Qual interesse existe por detrás das cortinas onde fragilizar a segurança do Estado é uma ótima opção?

    Diante destas dúvidas surgem muitas perguntas:

    1 – Será medo do Exército em tomar para si uma tropa auxiliar devidamente gabaritada, armada e pronta para o combate?

    2 – Será medo das facções criminosas em obstruir futuras campanhas eleitoreira junto às Comunidades às quais dominam sem a devida assistência e inércia governamental por pura conveniência?

    3 – Será de fato medo dos dragões que poderão surgir e assim ofuscar futuras campanhas à presidência?

    4 – Será medo de municiar as Polícias Paulistas para assim evitar uma nova e futura revolta tenentista? e,

    5 – Será que realmente não possui capacidade administrativa para esta empreitada?

    Diante de tantos questionamentos e dúvidas somente sei que o povo já está cansado desta demagogia barata e nada me espantaria se de fato os Militares tomassem de vez o poder e começassem a expurgar certas doninhas que atrasam nosso Estado e nossa NAÇÃO.

    FELIZ DIA DAS MÃES À TODAS QUE POR AQUI NAVEGAM.

    Caronte

  12. Policiais Civis, Militares e GCMs, observem seus prefeitos, onde João ganhou !!!
    Prefeitos de merdas, se venderam e induziram o povo da cidade, guardem bem hoje os seus vereadores que o apoiaram para lembra-los da merda que fizeram. E trabalhem para que estes não sejam mais eleitos, peçam votos para os colegas que saírem candidatos, vamos nos unir, cidade que tenha mais que um abram mão e ajudem o que tiver mais condições de ser eleito, se acertem politicamente, fechem acordos para o melhor da cidade e das nossas Instituições.

  13. Na PEC 06/2019, o governo federal acaba com a aposentadoria especial; implanta a idade mínima de 55 anos para aposentadoria; aumenta a alíquota de contribuição previdenciária, que significa redução de salário; corta de 50% da remuneração da família com a morte do policial civil, reduz pela metade a pensão, aposentadoria pelo teto do INSS e extingue a paridade e integralidade dos policiais civis.
    O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, informa que a Polícia Civil irá paralisar em todo o Estado de Alagoas. “A mobilização é nacional e atingirá todos os estados do Brasil”.

    http://va.topbuzz.com/s/pZrFYS

    agora onde estão os policiais ferrenhos defensores do bolsonaro????????
    mostra a cara depois dessa!!rsrsrsrsrs

  14. Dr, bom dia.
    O Sr é muito mais que tudo isso.
    Fez história e pagou um preço.
    Não joga a toalha!

Os comentários estão desativados.