Para aqueles que como eu confiaram na excelência de Márcio França – Falência da CODESAVI deveria ser investigada pelo Ministério Público…E Márcio França – o maior líder político da cidade de São Vicente , virtual candidato à prefeitura de São Paulo – não diz uma palavra sequer sobre a dívida de 500 milhões em grande parte acumulada sob a sua tutela 4

São Vicente decreta o fim da Codesavi

Empresa pública criada em 1977, sendo a municipalidade detentora de 99,99% das ações.

Além da execução direta de serviços imprescindíveis era a contratante de obras, compras e diversos serviços públicos essenciais, tais como a coleta de lixo.

Infelizmente acabou sendo utilizada como cabide de empregos e, segundo se fala cautelosamente, operadora de licitações fraudulentas.

São Vicente é cidade onde se mata jornalistas, lembram do Rochinha?

Agora a Câmara desta cidade do litoral , reduto do ex-governador Marcio França, aprovou ( 12 votos contra 1, na noite do dia 9 de maio ) o projeto do cunhado do virtual candidato à prefeitura de São Paulo , que encerra as atividades da Companhia de Desenvolvimento da cidade (Codesavi).

A empresa é responsável pela limpeza e manutenção de equipamentos públicos , coleta do lixo , limpeza das praias e como substituta de empresas privadas nos casos de greve e paralisação das atividades ( por rotineira falta de pagamento , inclusive ).

A previsão é que os funcionários “concursados” sejam incorporados pela prefeitura.

Penso que a palavra concursado, em muitos casos, poderá ser substituída por “apadrinhados”.

A empresa tem atualmente uma dívida de R$ 480 milhões, sendo R$ 179 milhões resultado de verbas trabalhistas, incluindo encargos de INSS e FGTS, segundo a própria municipalidade.

Pode uma empresa pública fraudar o pagamento de verbas trabalhistas, incluindo INSS e FGTS?

O projeto, de autoria do prefeito Pedro Gouvêa (MDB), prevê o fechamento da empresa em 120 dias e a absorção de seus 681 funcionários na administração municipal.

Fala-se que o encerramento foi revestido de nulidades; com afronta à Constituição Federal.

Estranhamente o presidente da OAB local foi consultado e afirmou, apressadamente, que a medida era constitucional…

Desde quando presidente de OAB dá opinião sobre tais assuntos?

Por que não consultaram o Ministério Público ?

Mas a pergunta que não quer calar: como é que o poder público consentiu em tal rombo ao Erário, uma vez que a fonte de todo o dinheiro movimentado pela empresa sempre foi a prefeitura?

Obviamente, houve reiterados desmandos e , eventualmente, peculato!

Confiamos – desconhecendo tal estado de coisas, que segundo eles já estariam contornadas desde a assunção do atual prefeito ( 2017 ) – no Marcio França e no seu cunhado Pedro Gouvêa – mas hoje jamais votaríamos neles para quaisquer cargos.

Por que, só agora, Gouvêa encaminhou tal projeto?

Esperava que o cunhado fosse eleito e que verbas estaduais jorrassem para o pagamento da dívida?

Não poderia, com a repercussão negativa , comprometer as pretensões eleitorais de Marcio França e de Caio França?

E Márcio agora , com domicílio eleitoral em São Paulo, tentará a sorte como sucessor do Covas ?

Verdadeiramente, falta transparência e moralidade em São Vicente!

Sobrando cara de pau!

De se ver: Márcio França foi prefeito de 1997 a 2004, deixando em seu lugar – de 2005 a 2012 – o braço direito e grande amigo Tércio Garcia ( falecido ).

Este, coincidentemente, foi presidente da agora “encerrada” CODESAVI de 1997 a 2003.

De 2013 a 2016, São Vicente continuou a ser desgovernada por um dissidente desse mesmo grupo político, o evangélico Luís Cláudio Bili que totalizou 92.737 votos contra o hoje deputado Caio França, que recebeu 84.790 votos ( filho de França ).

Infelizmente, para São Vicente Márcio França não foi reeleito governador; felizmente, talvez, para os paulistas ganhou o João Doria…

Apesar dos pesares!

Resultado de imagem para fala marcio frança

https://www.diariodolitoral.com.br/cotidiano/camara-de-sao-vicente-aprova-extincao-da-codesavi/125436/

https://www.codesavi.net.br/site/

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s