Esclarecimentos do Dr. Cassio Conserino sobre a associação do seu nome ao “jelfie” de Wassin Abdouni, o TURCÃO 13

Em virtude dos boatos que envolvem meu nome e se referem a uma foto com o Wassin Abdouni e foram veiculadas por esse veículo no dia 24/05/19, venho a público esclarecer que:

a) conheci o Wassin, no dia 8 de dezembro de 2018, no casamento do irmão dele, Dr. Adib Abdouni, meu advogado pessoal e amigo, a quem conheço há mais de 20 anos e que me defendeu em algumas ações cíveis;

b) esclareço, ainda, que conhecia da época da faculdade a namorada dele, Luciana, que inclusive é amiga em comum de uma amiga minha, uma Procuradora da República.

c) fui a um evento com diversas pessoas no reveillon no barco do referido personagem, sem saber efetivamente o que ele fazia ou deixava de fazer, até porque não é comum as pessoas ostentarem a folha de antecedentes na testa;

d) não moro em Santos há mais de 5 anos e não trabalho no GAECO há mais de 6 anos; logo não tenho condições de saber quem explorava ou não máquinas caça-níqueis;

e) à bem da verdade soube que o cidadão explorava caça-níqueis apenas quando ele foi assassinado;

f) quando soube que era acusado de tentativa de homicídio não mais mantive contato. Isso aconteceu no fim de janeiro de 2019 quando fui alertado;

g) evidentemente que se soubesse que o indivíduo era implicado em crime doloso contra a vida ou ‘maquineiro’ não aceitaria o convite e tampouco tiraria fotografias com ele;

h) na época em que atuei no GAECO/Santos o indivíduo nunca foi mencionado;

i) reforço que sempre combati em minha carreira profissional a exploração da máquinas caça-níqueis cuja atividade ilícita abomino como cidadão, porque destrói famílias e seus patrimônios e fomenta a corrupção policial

  1. Quem conheceu o Turco maquineiro sabe bem que ele era especialista em usar o nome alheio em proveito próprio. Tá na cara que tirou a foto de sacanagem para se aproveitar de uma amizade que nunca existiu com o promotor. Certamente usaria essa suposta amizade para constranger os seus desafetos. De qualquer forma, a família dele é de gente boa. Ele entortou por escolha pessoal.

    • Tá de sacanagem não é? Lula cumprindo sua pena. Isso sim. Quando for solto leva para sua casa.

      Não sei o que é pior: Bolsominion, Lulista, esquerdista extremo, olavista, “direitista extremo”, “Dilmista”, golpista e etc. Em suma qualquer pessoa que gosta de extremos, de se enganar ou simplesmente tem bandido de estimação (o casa de muitos).

  2. Acredito acho que suas explicações são convincentes. Só que se a foto fosse de um policial com certeza seria considerada boa prova pelo Gaeco motivo suficiente para uma prisão. Por favor mande suas explicações para a turma do MP para que eles antes de jogar pedra aceitem como nos ouvir o outro lado antes.

  3. Bom Dia!

    Senhoras e Senhores.

    Se tirar fotos com pessoas indicasse o caráter ou percentual de índice de envolvimento com duvidosos eu já estaria no inferno e muitos políticos estariam presos e devidamente condenados.

    Para muitos capiciosos alegam que a imagem diz tudo, mas digo que não.

    Se fosse assim, o Papa já deveria perder a batina e o presidiário molusco, seguramente, ter sido condenado por formação de bando e quadrilha e mentor intelectual de crimes contra os cofres público.

    Não se deve tirar conclusões precipitadas, pois se assim o fizerem, concluirão prematuramente que o indigitado indubitavelmente era conivente, sócio e até partícipe de crime organizado na Baixada Santista.

    A gente sabe que nem tudo que reluz é ouro e, sabemos também que o funcionário público por mais que se acautele sempre aparece “indesejáveis” se fazendo de vítima ou bom samaritano.

    Eu mesmo já fui investigado pelo GAECO e não se vislumbrou absolutamente nada.

    Somos funcionários público e devido ao grau do cargo que ocupamos sofremos ataques diariamente em maior ou menor escala.

    O que de fato há que existir numa eventual investigação à respeito é a imparcialidade, honestidade e transparência.

    Estamos sujeito a todo tipo de intempéries.

    Caronte

  4. Que coisa !
    Se fosse um policial , estaria preso , sua imagem em todos jornais e com certeza seria condenado. Resumindo: sua vida estaria acabada. Mas como não é um mortal , não é nada de mais!

  5. A tá. E eu sou o bozo!
    Seus pares só não vão futucar essa cagada para não feder a imagem de paladinos da justiça do MP. No máximo, vai tomar um bonde para a cidade do lado recebendo indenização. Até a ripa do MP é rumenerada. Ou seja, nunca se for em de verdade. A penalidade máxima é aposentadoria compulsória com proventos integrais.
    Os colegas estão corretos, se fosse um policia na lancha do maquineiro, o MP não teria pena, ia fazer um “carnaval”, chamar todos a imprensa, matérias tendenciosas nos jornais, o policia ia ser pisoteado pela imprensa, iam mandar a corregedoria instaurar PA, fora a ação penal e de improbidade. O final, todos já sabem, RUA pro polícia, condenação na esfera administrativa, penal e cível.
    Dois pesos e duas medidas.
    Mas já sabemos que para promotor não dá nada nesse país.
    Ouvi dizer que existe até GAECO recebendo carnê do tráfico, colocando a pm pra recolher. Em terras tupiniquins, nada mais é de se duvidar.

    • Sr Zé, fora que o Policial perderia a Aposentadoria, e, seriam implacáveis ate o ultimo Centavo, dando entrevistas no Fantástico como os Mais Puros da Galáxia. Alias, saiu no Fantástico essa matéria com a foto ???? Que nojo.

  6. Polícia Final - Não precisamos de Secretário Executivo, precisamos de policiais que reproduzam a nossa verdade e a humilhação a que somos submetidos no Estado mais rico da federação. disse:

    A falência da Polícia Civil é fato público, notório e consumado. O público e notório não precisa ser comprovado nem tampouco comentado. Até a bem pouco tempo ainda investigávamos ao menos o que era repercutido nesses programas de reportagens policiais sensacionalista, hoje nem isso fazemos por absoluta falta de recursos humanos, materiais e motivação salarial.
    Esse estado de coisas devemos atribuir única e exclusivamente à imprevidência e/ou improbidade dos dirigentes da instituição que sempre defenderam o próprio umbigo e o dos comparsas dos núcleos de poder que chefiavam. Alguns deles, há mais de duas décadas mamando nas tetas da recolha e do carnê que a cadeira de chefe ou dirigente possibilita. Ainda batem no peito arrotando que são classistas e fazem tudo pela polícia.Vergonha!, vergonha!, vergonha!

    Centenas de unidades policiais distribuídas em todas as cidades deste Estado fechadas à noite e aos finais de semana. Boa parte das que restam, funcionando em condições precárias, com contingenciamento de recursos e o dobro, quiça o triplo, de demanda de ocorrências policiais, vez que atendem todo o movimento das cidades circunvizinhas fechadas. Desperdiçando recursos públicos com aluguel de imóveis, água, luz, telefone, etc, em prédios abandonados ou então guarnecidos por algum policial em fim de carreira que, a título de vigiar o prédio, vai lá para dormir depois de ter feito “bico” o dia inteiro para sobreviver. Por efeito reflexo, a falência da Polícia Civil, compromete enormemente o serviço da Polícia Militar, vez que tem que deslocar viaturas para fora de área de policiamento preventivo, a fim de apresentar a ocorrências onde tem unidade da polícia judiciária aberta e, quando lá chegam, a demorada espera é inevitável, pelo movimento na unidade desguarnecida de número suficiente de funcionários para dar um atendimento minimamente digno àqueles que dela se socorrem. Corroborando com esse estado deplorável da Segurança Pública no Estado, o grave desvio de função da Polícia Militar, empenhado centenas de viaturas e homens que deveriam estar prevenindo o crime, mas estão servindo de UBER para o Poder Judiciário, conduzindo presos para serem avistados pela diferenciada e seleta classe de magistrados que não podem , a título de ajudar o Estado e o Brasil, nessa severa crise econômica e de segurança pública que enfrentamos, ouvir seus convidados através de vídeo conferência.

    Tudo isso regado pelo pior salário pago por um Estado Membro da Federação aos seus policiais militares e civis ativos e inativos.Delegado da Polícia Civil do Estado de São Paulo, carreira jurídica de Estado, além de deter por alguns anos o pior salário do Brasil para o cargo, hoje no Estado não recebe mais do que serventuário da justiça, oficial de promotoria, muito menos de analista de promotoria.Pior ainda é saber que se trata do Estado mais rico e carro chefe da economia da nação. Com a maior população do Brasil e, por conseguinte, todas as consequências dela decorrentes, como por exemplo uma elevada quantidade de crimes para prevenir e investigar.

    São mais de duas décadas de governos do PSDB e seu conhecido,porém, não praticado slogan “NÃO ROUBA E NÃO DEIXA ROUBAR”, pelo menos é que agora começa a ficar evidenciado nas roubalheiras da CPTM, do METRÔ, do ROUBOANEL, DA DUPLICAÇÃO DAS MARGINAIS, etc., não graças à atuação do Ministério Público Paulista, mas sim aos desdobramentos da LAVAJATO de Curitiba, vez que muitas dessas obras consumiram verbas da União, à exemplo dos projetos enviados pela SSP à SENASP, que enviava a verba e a rataiada roubava o que podia naquelas licitações ciminosas do DIPOL para compras de equipamentos, programas e sistemas na área da tecnologia da informação na Polícia Civil. Por conta da conduta ilibada na condução dos negócios públicos, relevantes quadros dessa agremiação político-criminosa estão envolvidos em inúmeros inquéritos na Justiça Federal.

    O que a gente assiste hoje, é ver apresentador de programa sensacionalista, um “extraneus” às atividades de polícia judiciária, esculachar a nossa instituição e seus delegados que a dirigem, sem ter a menor noção das dificuldades que enfrentamos, e ainda merecer atenção de alguns dirigentes, que outra coisa não querem, senão a de preservar a cadeira onde esquentam a bunda e, quiça, o próprio bolso, é lógico.

    Tudo o que alinhavamos acima, é uma apertada síntese de vários comentários anteriores, prenunciadores do vivemos hoje, ou seja, uma instituição completamente falida, miseravelmente assalariada, sem determinação de rumo, com um ou outro ponto de êxito na atividade que desempenha, graças à dedicação profissional de alguns abnegados que, mesmo diante de severas dificuldades profissionais e pessoais, se sujeitam a essa humilhação imposta pelo poder público, sem perder a esperança de que um dia ocorra essa melhora. Deus queira que eu não precise do IAMSPE antes, pois caso isso aconteça, tenho certeza que a demorada espera da triagem vai me impossibilitar de sonhar que um dia esse milagre aconteça.

    Publica Guerra, o texto é a fotografia de hoje da Segurança Pública e da Polícia Civil que tanto amamos neste Estado.

  7. Gozada segundo a visão do distinto promotor a jogo do bicho fomenta a corrupção policial, e claro que a única corrupção existente no Brasil. Aqui não tem mais ninguém malandro segundo a visão do distinto Senhor, o mais das carreiras de estado são todos santos ou em vias de canonização. Um lava toga foi uma sugestão maldosa de um Senador loco com sobrenome de bicho do mato ” kajuru”. Foi bom saber que vai ser fácil resolver a corrupção visto que ela só está entre nós não entre vós.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s