CHAMAR DE FDP APOSENTADO APOIADOR DA REFORMA É POUCO – É vergonhoso constatar nas redes sociais que muitos Delegados aposentados estão apoiando a reforma da previdência proposta por Bolsonaro…Como desde sempre: querem garantir o deles ! 8

A grande maioria ingressou na época da ditadura  e muitos foram aposentados em razão  da Lei Complementar 51/1985, na redação dada pelo artigo 2º da LC 144/2014, que previu a aposentadoria compulsória do servidor policial (civil, federal e rodoviário) aos 65 anos de idade.

Logo depois prejudicada pela emenda constitucional que alterou  compulsória para 75 anos.

Muitos desses aposentados compulsoriamente , com pouco mais de 65 anos,  até hoje se mordem de raiva pela perda dos extraordinários , especialmente aqueles com cadeira arrecadadora cativa.

Também é favorável à reforma aquele que , conquanto ainda na ativa, já possui direito garantido à aposentação pelas regras anteriores: integralidade e paridade.

O que vier até os 75 anos é lucro!

Quanto aos aposentados voluntariamente que defendem a reforma, certamente é o  medo de que futuramente acabe o dinheiro  para o pagamento dos seus proventos.

Assim, dane-se  quem perder as garantias!

As entidades de classe deveriam expulsar essa gente dos quadros …

Trata-se de traidores que só defendem os próprios interesses, despreocupados com o futuro da carreira e com o futuro do mais jovens.

Chamar de filho da puta é pouco!

  1. Melhor seria para o Delegado de rapina, aposentar-se em reencarnações futuras, ou por outra, fossem eternos, tamanha vontade de manter o status quo nefasto. disse:

    O Delegado Cadeirante, se pudesse, aposentava-se em encarnação posterior!

    Curtir

  2. Infelizmente não é só delegado aposentado que torce para esse nefasto momento.
    Eu tenho constatado que enorme massa de boçais, investigadores, escrivães, agentes e por aí vai, estão batendo palmas para o atual Governo. Muitos ainda nem aposentados são e vibram com o que virá, sem sequer conseguir enxergar 1 metro à frente da própria sombra.

    Curtir

    • Então você que é um iluminado sabe tudo, exponha como se deve dar a reforma da previdência, em especial para os policiais.
      Você é daqueles, que encherga longe, e não vê déficit na previdência?
      Ou melhor vamos deixar como está para ver como é que fica!
      De a solução!

      Curtir

      • Simples: reforma da previdência para quem ganha somente acima de R$10.000,00, exceção para trabalhadores braçais ou que usem um pouco do físico para trabalhar (policial, pedreiro, lixeiro etc)

        Eu não ganho nem metade disso, e 80% dos brasileiros também não.

        Ou voce acha que o problema é quem ganha 2 mil por mes?

        Curtir

  3. A realidade de hoje não é a mesma de ontem, por isso é que acho, que policial velho tem que se aposentar, e dar vaga aos mais novos.
    Policiais velhos tem velhas manias, poucos são os que se atualizam e mantém a educação e cultura.
    Ninguém quer largar a teta do governo, estranho não?

    Curtir

  4. Se preparem para o que esta por vir. J. Dólar é o idealizador da Reforma da Previdência dos funcionários públicos do município de São Paulo, viram no que deu. Agora, fica encarregado da reforma dos funcionários públicos do Estado, se preparem. É o coisa ruim personificado no bom moço gestor da coisa pública.
    Não é apenas aumento que não vai ter, vai faltar também algumas décadas de tempo de serviço para se aposentar sem proventos integrais e paridade.
    Vamos aguardar pra ver o que o amigo do relator pode ainda fazer para piorar o que já é ruim.

    Curtir

  5. E os septuagenários de cabeças brancas ou acaju que “phoderam” a PC e ainda esperam serem embalsamados na direção das coletorias, o que dizem, além do quero mais?

    Curtir

  6. Bom…salvo algumas excecoes por ai, estamos falando de
    delegados. Mesmo que sejam aposentados nao da pra
    esperar muito.

    Curtir

Os comentários estão desativados.