Polícias de São Paulo repudiam lei de abuso de autoridade: “Há uma nítida inversão de valores” 5

Os sindicatos dos delegados federais e de Polícia Civil de São Paulo divulgaram a seguinte nota de repúdio à aprovação da lei de abuso de autoridade:

“O projeto de lei sobre abuso de autoridade aprovado ontem, na calada da noite, na Câmara dos Deputados algema de forma inaceitável as Polícias Judiciárias do país, representadas pela Polícia Federal e pelas Polícias Civis, demonstrando que há uma nítida inversão de valores quando se pretende intimidar os que enfrentam diretamente os criminosos, em vez de valorizar as suas ações.

O Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no Estado de São Paulo (Sindpf-SP) e o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpe-SP) repudiam a aprovação do projeto de lei nº 7596/17. Num momento em que a sociedade brasileira anseia pelo reforço do combate à corrupção, ao desvio de verbas públicas, aos crimes de lavagem de dinheiro, aos crimes violentos e às organizações criminosas, aprovar um texto que foi pouco ou nada discutido com o deliberado propósito de colocar freio nas ações da Justiça e, sobretudo, da Polícia Judiciária, é caminhar na contramão do que se espera da condução deste país, em todos os seus poderes legitimamente constituídos.

Nós, delegados de Polícia, não apenas compreendemos como respeitamos a legitimidade do Poder Legislativo para produzir leis, mas há que se ressaltar a necessidade quase obrigatória de estabelecer um debate sobre um texto que nitidamente pretende intimidar os entes estatais responsáveis por enfrentar diretamente os criminosos e travar as investigações, afetando inclusive operações de relevância como a Lava Jato. O que se viu ontem na Câmara foi justamente o oposto. O projeto foi aprovado quando grande parte da sociedade brasileira já havia encerrado suas atividades diárias.

É imprescindível que o ministro da Justiça Sergio Moro interceda junto ao presidente da República para que o texto não seja sancionado da forma em que se encontra. A legislação sobre abuso de autoridade pode evidentemente ser atualizada, mas não direcionada para intimidar as instituições que estão trabalhando para passar o país a limpo.”

  1. Eu já vi coisa idiota mas está manifestação,se for mesmo das entidades de classe qre representam as polícias, e a rainha de todas. Só otário para não ver que as regras de abuso já estavam sendo usadas contra a polícia faz muito tempo, quem tava se aproveitando da situações era o MP a PM e parte da magistratura para se promoverem,a tempos com o auxílio da Impresa solaparam as atribuições da policia e tomaram um protagonismo indevido no cenário onde o pano de fundo do cenário era na verdade um disputa por dinheiro e poder. Quem não se lembra que no governo Psdb em São Paulo a secretaria da segurança esteve na mão do MP por quase 30 anos, tempo em que fizeram de tudo para nós esculachar desde do desvio de verbas até a nomeação de chefias completamente inaptas ou latrinas para comandar a instituição. A lei de abuso vai por um fim na carreira de artista de Promotores, policiais militares e alguns juízes,quero ver quem vai fazer as “comédias ” com a vida alheia daqui para frente, basta lembrar o esculacho que fizeram com o colega Dr Francisco de Campinas, peso só porque a apuração iria melhor com ele preso,Não havia na época nada contra ele como também depois a situação continuou a mesma,ou seja, nada . Minha visão e que a lei tras as coisas para o lugar correto merecendo correção apenas qt ao uso de algemas

    Curtir

  2. 70% desse projeto já existe hoje.

    Creio que os deputados, ao criarem uma lei, não observam as já existentes.

    Bom, temos ator pornô e palhaço na câmara….imaginem o quanto eles manjam de Segurança Pública

    Curtir

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s