Operação interestadual – Nossos cumprimentos aos policiais da Delegacia Seccional de Jales – DEINTER-5 Resposta

Operação cumpre mandados e prende 4 em desmanches de carros furtados

A organização furtava carros de modelos clássicos em SP, adulterava e revendia em bom estado em MS

Adriano Fernandes

Oficina onde foi cumprida um dos mandados de prisão da operação. (Foto: JP News)

  • e foi cumprida um dos mandados de prisão da operação. (Foto: JP News)

Operação da Polícia Civil de São Paulo, resultou na descoberta de uma esquema de furto e receptação de veículos mantido por ladrões, mecânicos e funileiros em Paranaíba, cidade a 422 quilômetros de Campo Grande. A organização criminosa furtava carros de modelos clássicos dos anos 80 e 90, no interior do estado paulista e traziam até Mato Grosso do Sul para serem adulterados e revendidos em bom estado.

Quatro pessoas foram detidas e encaminhadas à delegacia e também foram cumpridos cinco mandados de busca em três oficinas, um depósito de peças e uma residência no município. Pela manhã (4) as equipes se deslocaram aos bairros Jardim Karina e Santa Lúcia onde encontraram, em uma oficina, um veículo Voyage furtado em agosto de 2019 no município de Santa Clara d’Oeste, SP.

O veículo apresentava sinais identificadores adulterados, como numeração de chassi, motor e placas, além da cor original ter sido trocada. Ao ser questionado sobre a procedência do veículo, o proprietário do estabelecimento afirmou que o carro havia sido deixado no local por um cliente, porém, afirmou que não sabia o nome e nem o endereço do homem.

Ainda em conversa com os policiais, o comerciante forneceu o número de celular do suposto cliente. Os policiais o ligarem e solicitaram a presença do dele juntamente com a documentação do carro. Minutos depois, compareceu um mototaxista afirmando ter sido contratado para deixar um documento de um veículo no local.

O comportamento suspeito do dono do carro em não comparecer pessoalmente chamou a atenção da equipe policial que, ao saber onde o homem estava, foi até onde ele estava. Ao ser localizado o suspeito apresentou documentação adulterada e confessou que o veículo havia sido comprado de forma irregular. Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil do município.

Na mesma oficina também foram encontradas várias peças de veículos sem procedência, inclusive relacionadas a outro veículo com registro de furto no Estado de São Paulo. O proprietário da oficina também foi conduzido à delegacia, assim como dois mecânicos de outros estabelecimentos, suspeitos de envolvimento com a rede de furto, adulteração e receptação de veículos. O caso segue em investigação.

Ainda conforme o site JP News, os trabalhos contaram com a atuação de 20 policiais entre agentes paulistas e policiais de Paranaíba além dos delegados das cidades paulistas de Três Fronteiras, Santa Rita d’Oeste, Santa Clara d’Oeste, Rubineia e Santa Fé do Sul.

Parabéns aos policiais do 4º DP da Consolação e aos policiais municipais – GCM …Furto em cemitério mais do que crime contra o patrimônio é verdadeiro vilipendio aos nossos queridos entes falecidos 16

Resultado de imagem para sonhar com entes falecidos

Polícia Civil desarticula quadrilha envolvida em furtos de estátuas de cemitério

Flagrante feito pela Guarda Civil Municipal permitiu que agentes chegassem ao receptador dos objetos

Sex, 04/10/2019 – 11h00 | Do Portal do Governo

A Polícia Civil prendeu, na manhã de quinta-feira (3), três homens envolvidos com o furto e receptação de estátuas do Cemitério da Consolação, na capital paulista. Na ação, um quarto homem, que era procurado pela Justiça, foi capturado.

Durante a madrugada, guardas civis municipais realizavam patrulha de rotina, quando flagraram dois homens, de 29 e 56 anos, em atitude suspeita, em frente ao cemitério. A dupla conduzia um carrinho de supermercado com objetos grandes. Na abordagem, verificou-se que se tratavam de duas estátuas furtadas do local.

Os dois homens contaram aos agentes que iriam entregar os produtos subtraídos em um ferro-velho na rua dos Protestantes. No estabelecimento, segundo eles, as estátuas seriam colocadas em um furgão, onde estaria o pagamento pela ação – o valor de R$ 200.

A dupla foi levada ao 4° Distrito Policial (Consolação) e a Polícia Civil cientificada do ocorrido. Com isso, equipes da delegacia foram até o endereço indicado e identificaram a existência de dois depósitos de ferro-velho.

Em um deles, foi encontrado um homem, de 41 anos, indicado como receptador pela dupla presa. No depósito foram encontrados o furgão e o dinheiro, assim como os dois rapazes haviam contado. No segundo depósito, foi localizado o foragido da Justiça. Ambos foram presos e também levados ao 4° DP.

Na delegacia, a primeira dupla presa confessou ter praticado por diversas vezes furtos de estátuas do cemitério para vender ao mesmo receptador, com o mesmo procedimento. As investigações prosseguem para identificar e prender outros envolvidos.

O capturado foi encaminhado ao 40° Distrito Policial (Vila Santa Maria). Os demais criminosos permaneceram presos em flagrante, à disposição da Justiça.
Foram solicitados exames junto aos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML). O furgão foi apreendido e as estátuas devolvidas às vítimas.

O caso foi registrado com as naturezas de tentativa de furto qualificado e tratando-se de bens do patrimônio da União, Estado, do Distrito Federal; bem como associação criminosa, captura de procurado e localização/apreensão de veículo.

______________________________________

E que o dono do ferrolho fique preso alguns anos, FDP!