1. Eu acabei de receber essa mensagem pelo Watts, parece que foi ordem de um Sgt da Cia. No áudio até falam o nome do cidadão. Espero que seja punido por esse ato de puro ego e falta de companheirismo com quem trabalha na rua.

    Curtir

  2. Esse é o problema da PM… Até o mais reles subalterno, tem voz de comando! Basta brigar com o “namorado” e o Sargentão da Cia, fica endiabrado!

    Curtir

  3. Que cena mais absurda, pai, mãe de família tendo que se sujeitar a isso.

    Que hierarquia é essa meu Deus!!!

    Por essas e outras que digo, Cel. PM nem pra sindico de prédio.

    Vão falar, é o Sgt., foda-se, é o Comandante que não pode admitir uma atrocidade dessas, com certeza se foi o Sgt., é pq ele

    já viu ou teve que passar por isso.

    E vem uns defender essa Merd a de PM.

    No mais, feliz ano novo para todos os fliteiros.

    Curtir

    • Senhor Tira Véio

      Ja se esqueceu das campanas nos mocós da vida, onde só tinha pão murcho com mortadela(por não azedar fora da refrigeração) e agua quente para beber?

      C.A.

      Curtir

      • C.A.
        Feliz Ano Novo companheiro!
        Claro que me lembro, e como! rsrsr
        Ocorre que geralmente onde estávamos, comer em pé era até um luxo kkkkkk Cada puta mocó.
        Mas é bem diferente de estar ostensivo com um bandeco na mão, me perdoe, não consigo digerir essas patifatias da PM. lhe parafraseando: É o que acho!!!

        Curtir

        • Senhor Tira Véio

          Não farei julgo pois não estava la. Não sei o que ocorreu. Creio que isto foi pose para foto, não e concebível que três policiais armados e fardados, em via publica, agarrem o disco voador ao mesmo tempo,
          (para-quedas é a imagem do cão, em rascunho).

          C.A.

          Curtir

      • Circo

        Não é questão de defender um ou outro, ocorre que na Polícia Civil não existe essa palhaçada.

        Isso é desumano, mas, se isso é normal para você, sinto muito em lhe dizer, mas, vc tem que tomar bem no meio do seu c”ú”

        Curtir

        • Existe sim! Não com essas nuances; mas que existe…existe. Lembras daqueles chiliques dos chefes antigos, cheios de gritarias? Eram chefes analfabetos, nojentos, ignorantes, aqueles puta lixos, que se achavam o dono mundo – era do cofre -, só pq eram chefes? E delegado? Nem se fala!!! Barrigudos, barba por fazer, cheios de si, gritando com o escrivão – que fazia as cutrucas com ele -. Muitas vezes formados até pelas arcadas, se embruteciam por conta da sujeira que passava a entulhar a vida deles. E como essas merdas antigas gritavam!

          Curtir

        • Nunca apoiei esse tipo de coisa e nem disse que apoio. Ainda que seja DEJEM e 8 horas de turno, o bom senso deve prevalecer e os policiais devem ter direito a uns 20 minutos de almoço/lanche em um local adequado.

          Apenas acho que a PM é muito mais organizada que a PC em todos os sentidos, inclusive creio que muitos PM´s são úteis para síndico de prédio.

          Já os “administradores” da PC….prefiro nem comentar.

          Curtir

          • Circo…
            A maioria esmagadora da PM tem condições de ser não só síndico de prédio, como chefiar muitas diretorias por aí a fora, tanto na caserna quanto na iniciativa privada.
            Minha visão é contra algumas patentes mais altas da PM, já deixei isso bem claro aqui. Praça, meu camarada, só se fode e quanto mais execrado for, melhor e mais felizes ficam os oficiais.
            Veja os comentários aqui de alguns oficiais!

            Curtir

    • Não sei e nem tenho interesse em saber.
      Realmente esse bônus serviu para ocupar a mente do Policial.
      É o cala boca que o governo precisava.

      Curtir

  4. O problema maior nisso não é a ordem dada, seja por um sgto, tenente, capitão, ou coronel, não importa. O grande problema é obedecerem pacificamente uma “ordem manifestamente ilegal dessa.

    Curtir

    • Já fui PM e posso dizer que em muitas situações, há abuso. Muita coisa inútil e desnecessária que nunca deveria ocorrer.

      Curtir

    • A obra mais vibrante sobre a liberdade escrita por Etienne de La Boétie explicita essa submissão indecorosa, asquerosa, em “Discurso sobre a servidão voluntária”, somente um passo aquém da escravidão do homem pelo homem.

      Curtir

  5. Em 25/12/1993 meu pai era o oficial de dia escalado no plantão do batalhão na cidade de Pres. Prudente. E naquele batalhão os refeitórios eram todos separados por patente e eu presenciei meu pai determinar, com muito respeito aos policiais militares da cozinha que o cardápio deveria ser o mesmo para todos e que todos se sentaram a mesma mesa, tendo sido escolhido o refeitório de oficiais, mas durante a refeição um outro oficial que não estava escalado para o dia de natal, apareceu no batalhão justamente no momento em que SD, CB, SGT e TEN. todos almoçaram no refeitório de oficiais. Resumo dos fatos o meu pai foi punido por essa atitude, pois esse outro oficial que lá apareceu, acredito que por não ter ambiente em casa, pois no dia de Natal não estando escalado, resolve deixar a família e ir ao quartel, fez a comunicação dos fatos aos superiores e meu pai foi punido.

    Curtir

  6. PESSOAL BOM DIA A HISTORIA NAO FOI BEM ESSSA AI NAO… SGT COMANDANTE DA DEJEM CONFORME DETERMINACAO DO OFICIAL, INFORMOU OS MK PARA NAO IREM NA CIA E SE TIVESEM QUE IR INFORMAR O MOTIVO O QUE NAO FOI ACATADO, PEGARAM O BANDECO FORAM SGT VIU ELES LA DISSE QUE ERA NIL POREM JA ESTAVM TERMINANDO A REFEICAO… COMO FICARAM MAGOADOS PEGARAM OS BANDECOS E FORAM PRA RUA E FIZERAM ESTA CENA.RIDICULA. SGT DISSE PARTA SE ALIMETAREM NO TRECHO E NAO NARUA DESSA FORMA QUISERAM CAUSAR.

    Curtir

  7. Não é disso que se trata.

    Essa escala é de Dejem. Voluntária.
    De 8 horas apenas.
    Quem se inscreve o faz de livre e espontânea vontade e sabe as peculiaridades dos locais onde se inscreve.

    O Sargento foi claro na preleção que não seria autorizado deslocamento ao batalhão, abandonando o posto, sem prévia autorização.

    O Cabo – que acabou por ferrar com as duas recrutas junto – desafiou a ordem, foi ao Batalhão sem autorização, retornou e, para expor o Superior Hierárquico e a Instituição se prestou a esse papel.

    Ainda gravou áudio de conversa com o Sargento no mais absoluto mau-caratismo…na tentativa de comprometer o graduado.

    Não conseguiu. Nos áudios só se percebe a cobrança do Sargento a ele sobre a desobediência e a falta de comprometimento.

    Expôs a instituição.
    Zombou da hierarquia.
    Ignorou a disciplina.

    ELE NÃO É CIVIL.

    Se responder apenas um Procedimento Disciplinar estará num lucro tremendo.

    É caso para Conselho de Disciplina ou PAD (dependendo do tempo de Polícia), pois a falta foi GRAVE e atentatória aos princípios básicos de hierarquia e disciplina.

    Cabe ver o que fará o Comandante…mas esse tipo de atitude não passa impune na PM.

    NEM PODE!

    Curtir

    • Jamiro, situação vexatória e humilhante a que os pms se submeteram, por conta própria, como vc explicou. Para a população,que olha uma cena dessa, principalmente os caras que os odeiam,os policiais são motivos de chacota.

      Curtir

    • Isso é um atentado aos Direitos Humanos.

      Vejo a humilhação e a falta de dignidade que a corporação impões ao seus pares.
      Inadmissível essa condição.

      São Policiais e por esta razão devem ser respeitados.

      Curtir

  8. Lamentável o descaso com os nossos heróis da vida real.
    Queria ver se fosse em uma empresa privada, o sindicato estaria lá pra fechar as portas e quebrar tudo.
    E se fosse na cadeia? A ONU, os direitos humanos e a Greta Thunberg estariam lá na TV pra falar bostas. Aff.

    Curtir

  9. Lamentável o descaso com os nossos heróis da vida real.
    Queria ver se fosse em uma empresa privada, o sindicato estaria lá pra fechar as portas e quebrar tudo.
    E se fosse na cadeia? A ONU, os direitos humanos e a Greta Thunberg estariam lá na TV pra falar bostas. Aff.

    E este colete refletor? Pelo amor de Deus né?
    Visto em qualquer lugar no morro, vai servir de alvo para bandidagem treinar tiro ao alvo, ou melhor, tiro ao “puliça”

    Curtir

    • Vai “tomá” no meio do seu cu Jamiro filho da puta. Põe a véia da sua mãe pra comer em pé,
      seu merda.

      Se seus colegas tivessem um pouco de humanidade, de empatia pelos subordinados. Esse tipo de cena não existiria.

      Curtir

  10. Por falar em patrulhamento a pé; fui a Peruíbe e encontrei muitos policiais militares na operação verão. Não vi nenhuma VTR da civil.

    Curtir

    • Nem ao menos pagaram as diárias da operação verão de 2019, e você ainda queria que algum idiota se inscrevesse para a operação verão 2020?

      Curtir

  11. É escala voluntária. Não importa tem que ter disposição legal sim nessa diretriz da dejem,pra alimentação.
    Não adianta ficar aceitando esses abusos ,e digo abusos até regidos por diretrizes dessa dejem/delegada, se não fosse assim hora ou outra não haveriam correções de algumas leis.

    E jamiro .po meu irmão, para de falar de punição, a questão aqui é dignidade.
    Ou vc acha que até o salário das polícias são dignos, lógico que não, então sempre haverá os questionamentos, porque senão não haveria o mínimo de dignidade

    Curtir

    • Tem muito chefe, muito titular que sonha com o momento em que os policiais obedecerão assim , cegamente.

      Curtir

    • Não há indignidade alguma.
      Se eu soubesse postar vídeos – se alguém souber me oriente – colocaria aqui o que muitos já devem ter visto que foi a armação total e a filmagem feita por outro policial.

      JEGUE!

      A Polícia Militar exige comprometimento com o dever.
      Numa ação de CDC ou reintegração de posse, onde por vezes se passam maus de 18h…se vai abandonar o serviço por fome?

      Eles foram orientados que a alimentação, se fosse feita, deveria ser dentro do setor e, obviamente, de forma discreta e segura.
      Não estavam autorizados a deixar a área de patrulhamento para passar a tarde escondidos na Cia.

      Descumpriram a ordem.
      Abandonaram o local de serviço e foram à Cia escondidos do Sargento.

      O Serviço de Dia informou ao Sargento que cobrou o Cabo via fone e comunicou o fato.
      O Cabo, para se vingar, armou com as duas retardadas e um outro otário que, inclusive, foi ao local de Viatura para filmar, toda essa presepada.

      Expôs o nome e a imagem da instituição a ponto de quem nada sabe sobre o serviço Policial Militar dar palpite que estavam sendo submetidos à assédio moral.

      Balela.

      Bando de recrutas folgados, que gostam muito de selfies e de mídias sociais mas não sabem o que significa ser policial.

      Quem me acompanha aqui sabe – e o Dr. Guerra é testemunha – que normalmente me posiciono contra os abusos do Oficiado Superior.
      Sou crítico da humilhação que por vezes advém do militarismo tacanho.

      NÃO É O CASO.

      Esse energúmenos pisaram feio na bola, mas, diferente das outras instituições civis…a PM não costuma perdoar esse tipo de traição.

      Só não serão expulsos se o Comandante da área estiver com o coração muito amolecido.

      E vão ter que gastar algum QSJ com advogados, a não ser que já sejam sócios de algum escritório…não tenham dúvidas.

      Curtir

        • Você paga um valor mensalmente, igual a clube, associação ou seguro, tendo a sua disposição advogados do escritório contratado, ficam 24 hs a disposição, simples assim.

          Curtir

            • Já vi alguns na faixa de R$ 70,00 (setenta) reais mensal, num caso só para confirmar, a disponibilidade de 24 horas, liguei as 02:00 horas, da madruga, e atenderam a ligação,como dizem na PM estavam em QAP e QRV.
              Sei que no criminal atuam em tudo, já no administrativo depende de caso a caso.

              Curtir

        • Sem propagandas…
          Por exemplo (É só exemplo)

          O policial paga entre R$ 80 a R$ 150 mensais e fica “sócio” (não sei se é o melhor termo, mas creio que me fiz entender)…então estando coberto para a defesa de quaisquer ocorrências ou procedimentos pertinentes ao serviço Policial.
          No interior é mais raro.
          Na capital, é quase que praxe.

          Curtir

      • … “A Polícia Militar exige comprometimento com o dever.
        Numa ação de CDC ou reintegração de posse, onde por vezes se passam maus de 18h…se vai abandonar o serviço por fome?”…

        Não caralho. Vao ficar lá, em posição de sentido, até desmaiarem de inanição.

        Usem a cabeça. Revezem um horário pro QRF… Mas não, a ordem suprema do superior hierárquico está acima da dignidade humana.

        E numa reintegração de posse, Jamiro, o QTO é aonde? O PM que urine e defeque na farda?

        Curtir

        • Se eu preciso explicar como funciona…já não vale a pena sequer o debate.

          É fácil falar nunca tendo saído de trás de um balcão.

          É como discutir com crianças birrentas.

          Curtir

  12. No nosso DP dividimos a pizza com ratos e baratas da unidade. Isso sim é dignidade para os animais sinantrópicos.

    Curtir

  13. Jamiro.
    Você já leu sobre o livro de Euclides da Cunha que fala sobre a guerra de canudos.
    Pois é você disserta como Euclides da Cunha, com a visão de quem acompanhava o exercício, pois Euclides da Cunha era médico do exército e escritor.
    Você fala bem, mas só enxerga um lado .
    Pode ser de fato uma burrice ter tirado essas fotos .mas procuremos entender o que já vinha acontecendo pra chegar a esse ponto

    Curtir

    • Ratifico, isso é balela.

      NÃO FAZ A MENOR DIFERENÇA O QUE VINHA OU NÃO ACONTECENDO.

      Eles são militares, não civis.
      Opcionaram pela vida militar.
      NINGUÉM OS OBRIGOU.

      Ademais, a Dejem sim, é opcional.
      Se não queriam se submeter à escala, bastava não se inscrever.

      Há ordens.
      Há hierarquia e disciplina.

      Agir como agiram fere de morte a confiança e atenta diretamente contra os princípios basilares de qualquer instituição militar.

      Se isso passa impune a PM comete autofagia.

      Acaba -se a ordem.
      Acaba -se a disciplina.

      Oito horas de serviço são absolutamente plausíveis e exequíveis.
      Se precisavam ir ao Batalhão ou a Cia deveriam ter avisado ao Sargento…ele é o supervisor.

      Vão ser punidos.
      Devem ser punidos.

      Resta saber a extensão da punição.

      Curtir

  14. Isso não acontece na PC porque a lei orgânica é diferente do rdpm, mas tem delegado que deseja esse poder mais que tudo na vida.

    Curtir

  15. O pior pra mim não é nem quem deu a ordem, pq lixo terá em todo canto, mas quem obedeceu uma ordem desta. Não vivemos dias de aceitar tudo goela abaixo.

    Curtir

  16. Concordo com o Jamiroquai nessa. Compraram o bandeco ou foi QSA? Eles poderiam comer onde compraram a comida. Minha empatia é zero com essa situação. Colocaram-se nesta situação. Comer bandeco de pé e com a farda? Se acontecer qualquer coisa joga o bandeco na pessoa? Q se lasquem.

    Curtir

  17. Faltou esperteza aos PMs. Foram querer forjar uma situação e fizeram muito mal feito. Conhecendo a meganha como eu conheço, o Zé Ruela que armou tudo, as duas paraquedistas e o cinegrafista vão tomar uma bela invertida. Talvez sejam até demitidos.

    Não posso entrar no mérito se houve ou não abuso, porque não sei os detalhes desse caso, mas apesar dos argumentos do Jamiro, todos os seres humanos possuem necessidades, tomar água, comer, ir ao banheiro, sentar, etc. Não se pode levar a ferro e fogo simplesmente porque são militares ou porque era uma escala de oito horas. Fala-se tanto em Direitos Humanos, em Dignidade da Pessoa Humana, mas na hora de se aplicar o mínimo disso aos policiais, os superiores se esquecem e querem verdadeiros escravos à sua disposição.

    Na Polícia Civil não existe esse tipo de idiotice, essas ordens absurdas de não permitir comer, por exemplo.

    Me lembrei de um caso que aconteceu numa delegacia em que trabalhei. Passava das 8 horas da manhã, e a equipe que havia trabalhado no plantão noturno estava prestes a ir embora, deixando para a equipe seguinte um preso para ser removido. O delegado que assumiu o plantão começou a reclamar com os tiras do noturno sobre o preso que havia sido deixado para sua equipe e, então, mandou que eles o removessem antes de ir embora. Os tiras da noite ficaram putos e começaram a reclamar e deu início a um bate boca, até que o delegado veio com frescura falando que iria pôr no papel, etc. Os tiras da noite começaram a dizer que estavam muito cansados, pois tinham trabalhado mais de 12 horas seguidas e não tinham dormido, nem descansado, pois o plantão tinha sido muito complicado. Mesmo assim, o delegado insistiu. Conclusão, os tiras saíram com o preso da delegacia soltando fumaça pelos ouvidos, viraram a esquina e bateram a viatura num poste. Eles juram de pé junto que foi sem querer, pois estavam muito cansados.

    Resumo da história, como os tiras tinham várias testemunhas da discussão, pra não dar uma merda maior, o delegado encrenqueiro pagou do próprio bolso o conserto da viatura e não teve papel e nem nada. Isso porque todo mundo ficou do lado dos tiras, já que eles de fato tinham trabalhado bastante naquela noite e, mesmo assim, o delegado veio dar uma de PM.

    Curtir

  18. Isto é uma vergonha! O policial deve ser tratado com respeito e dignidade.

    Curtir

  19. Não dar para dizer que a culpa disse absurdo é do governo, porque não é. A culpa é da PM e dos PMs, das PMs que submetem seus policiais a esse tipo de constrangimento, e dos PMs que aceitam, e muitos até se orgulham disso, pois, exaltam de forma intransigente o militarismo, onde se veem como soldados em guerra. Sempre disse isso, inclusive, quando estive lá com eles, militarismo e polícia não combina. Polícia é instituição civil, militarismo deve ser restrito às forças armadas. Hierarquia e disciplina independe de militarismo.
    .
    Não importa se é DEJEM ou o que for. São trabalhadores que devem ter o mínimo de dignidade para fazer suas refeições. Se o Sargento fosse coerente, teria organizado alguma forma de revezamento para que todos almoçassem de forma digna.
    .
    Na PM esse tipo de situação é bastante comum. Quem tiver dúvidas basta ver o que acontece nos jogos no Morumbi, Pacaeumbu e Arena Palmeiras. Tem até nome pra isso, X-Meganha.
    .
    Dar vergonha de ver uma cena dessas. E o pior, é ver alguém defendendo uma canalhice dessas.

    Curtir

    • A solução JUSTA passará pela adequada compreensão dos argumentos expostos pelo Jamiro e por você, JClaudio.

      Curtir

    • Não discordo de nada do que disse.
      Talvez de um ou outro ponto específico, mas se trata de visão de mundo que não cabe discutir aqui.

      Agora, nesse caso específico, houve previsão de revezamento.

      O Sargento foi claro na preleção – sorte dele gravada – que a alimentação se daria pelo local de patrulhamento ou na sede da Cia sob a coordenação dele.

      Deixou claro também que não deveriam deixar o local de policiamento sem autorização e, se precisassem, bastava fazer contato.

      Muito antes do horário combinado o Cabo e as duas RECRUTAS JEGUES adquiriram o “bandeco” e se deslocaram às escondidas à CIA.

      ABANDOBARAM O LOCAL DE POLICIAMENTO.

      Imagine se todo PM decidir fazer isso?

      O Serviço de Dia, para não levar punição por conivência, cumpriu o dever e avisou o Supervisor.

      O Sargento ligou para o Cabo e determinou que eles retornassem ao local de policiamento e aguardassem o combinado.

      O Cabo – pitizento – armou toda essa situação.

      É necessário algum comprometimento para execução do serviço se policiamento ostensivo.

      O contrário é o caos.

      Eles assumiram o risco da bobagem que fizeram…serão punidos.

      E pelo que sei até agora, RIGOROSAMENTE!

      Curtir

  20. Praça sempre foi e sempre será mal tratado, pisado, massacrado com escalas extenuantes, assédio moral e desrespeito.
    Metade da culpa se deve a eles próprios (como o praça que posta aqui neste site diz e sintetiza bem a submissão ao sistema ‘aceita que dói menos’).
    A outra parte da culpa é da PM ‘oficiais’. Os oficiais são os senhorios dos praças. Nunca desrespeite um comandante ou sofrerá as graves consequências (humilhações e desrespeito).
    “Militarismo” ao estilo PM de ser!

    Curtir

  21. Jamiro. Pelo que já vimos aqui da forma que você fala, com certeza você é PM e PM daqueles 100% do lado da gestão desumana de alguns do oficialato.

    Você realmente só deixa claro que deve ter tido uma vida muito sofrida. Deus te ajude nunca precisar de uma interpretação mais humana. Continue assim vc tá certinho, vai nessa batida 😉

    Curtir

    • De forma alguma.
      Sou PM, óbvio.
      Já fui Praça…hoje sou Oficial.

      Nunca, e se pode confirmar isso com o.Dr. Guerra que é proprietário deste sítio, meus comentários foram na estirpe que você definiu…muito pelo contrário.

      Está cometendo uma grande injustiça.

      Sou totalmente à favor de um tratamento mais humanizado e probo, doravante, nunca à balbúrdia.

      Somos militares.
      Sabemos das nuances da vida de caserna.

      Se não está bom, há meios de se reivindicar melhorias…aliás, de quando ingressei até agora, muitas melhorias no quesito disciplinar se deram.

      Mas nunca a afronta direta à hierarquia e disciplina.

      Se quisessem ser civis, o caminho estava e ainda está aberto.

      Enquanto o Policiamento Ostensivo for levado à cabo pena Polícia Militar, as regras básicas serão claras.

      Se um dia se der a desmilitarização, ótimo…mas até lá – e eu duvido que esse dia chegue – prontidão e postura são essenciais.

      Ademais, vendo aqui a defesa de atitude tão nefasta como a desses polícias militares – me refiro à armação infantil – se vê o motivo pelo qual o Policiamento Ostensivo jamais será feito por civis.

      Bastaria a qualquer civil simplesmente, por não concordar com o determinado pelos superiores, abandonar os locais de policiamento sem qualquer punição à atitude rebelde.

      SERIA O CAOS!

      Curtir

  22. JAMIRO,
    .
    Se o policiamento ostensivo fosse feito por civis, eles não abandonariam o policiamento por não concordar com uma determinação de um superior, vocês policiais militares têm essa visão equivocada que hierarquia e disciplina é algo que só existe no meio militar. Veja os exemplos das GCMs, principalmente as de Cotia, Barueri, EMBU das Artes e Taboão da Serra (lugares onde conheço por ter trabalhado), sem desmerecer o relevante trabalho da Pm, mas essas guardas prestam serviços melhores do que a PM. Veja o trabalho da PRF. Outra coisa, o policiamento ostensivo e atendimento do serviço de emergência 190, pela PM é algo recente, era feito pela guarda civil que foi incorporada à força pública e extinta na ditadura militar, dando origem a Pm.
    .
    A polícia do exército foi criada na segunda guerra mundial com polícias da guarda civil de São Paulo, que eram mais preparados, e disciplinados que os soldados brasileiros. O comandante da força expedicionária brasileira, general Mascarenha de Moraes reconheceu isso.
    .
    Quando eu tava aí, nunca fiz é sempre fui contra a antiga operação delegada e atual dejem, as enfim, é uma forma digna do policial complementar sua baixa remuneração. Cara, do coronel ao soldado que tivesse fazendo esse bico, vocês deveriam se dar as mãos para tornar as oito horas o menos estressante possível, mas fazem o oposto, invocam preceitos militares que deveriam ser exclusivos das forças armadas em guerra, para utilizar no policiamento.
    .
    Até ontem vocês ficavam presos administrativamente pelas mais variadas bobagens. Me mostra um país civilizado, digno desse nome, onde policiais ficam presos por bobagens do tipo bota suja, ou que são obrigados a comer em pé feito gado.
    .
    Esse caso só serve para demonstrar o que o militarismo tem de ruim.
    .
    Quer ver policiais sendo alimentados feito gado, vai na base comunitária do Morumbi durante um jogo.
    .
    GRANDE ABRAÇO A TODOS. FELIZ ANO NOVO E OBRIGADO DR GUERRA POR NÓS ATURAR POR MAIS UM ANO.

    Curtir

    • JClaudio, já é de conhecimento o seu ressentimento com a PM, algo talvez já existente ao tempo do seu ingresso na corporação.
      Impacta é saber que Delegado tolere as investidas das GCM em atividades para as quais elas nao têm essa atribuição. A atribuição dessas guardas, desde que devidamente executada (proteção aos bens municipais) seria, aí sim, muito mais útil eficaz do que o trabalho da PM, afinal desde que se põe os pés fora do portão de casa se está sobre um bem municipal: as ruas, paradas de ônibus, praçaa, UBS, escolas e creches, pontes, túneis e viadutos… Mas GCMs citadas por você, na forma como obtêm visibilidade, fazem o contrário: vão em turmas para operações de denúncia anônima e largam as cidades para os furtadores e roubadores do cotidiano…
      A análise do problema criado pelo “consumo de bandeco” vai passsr necessariamente por todas as peculiaridades descritas pelo Jamiro e por um unico aspecto referido por você: organização/escala de alimentação.
      E ficando comprovado que essa escala já era prevista, tudo o mais referido pelo Jamiro vai pesar muito e rigorosamente, sim.

      Curtir

    • É muita tergiversação para pouca prática.
      Perto do efetivo da PMESP o da Rodoviária Federalé infimo.
      Quanto às GCM’s deve ser piada.

      O próprio fato de estarem discutindo o ocorrido aqui denota que não se teria o mínimo apreço à disciplina.

      Cansei de ver tira dar às costas para Delegado…por vezes até depois de um belo VTNC e NADA aconteceu.

      No policiamento ostensivo isso é impensável.
      É deve ser.

      Quando as PM’s de Estados insignificantes como ES e RN, por exemplo, fizeram greve…por que as GCM’s, a Civil e até as FA não deram conta?

      Imagine isso em SP.
      Seria o Caos!

      NUNCA vai acontecer do Policiamento Ostensivo passar a ser efetuado por organização civil.

      Governo algum cometeria esse araquiri.

      É sonho de meia dúzia de ressentidos.

      Curtir

    • Só uma observação, todas as Instituições civis que foram citadas como exemplo de profissionalismo na Segurança Pública, possui CARREIRA ÚNICA, talvez a diferença não esteja em ser civil ou militar e sim se é CARREIRA ÚNICA ou não.

      Curtir

  23. Dr J Cláudio: o Sr demonstra ser uma pessoa preparada e culta.
    Uma luz muitas vezes aqui no Flit pois seus comentários são pertinentes, sempre.
    Muito provavelmente o Sr é um Servidor honesto pois “gente correria” nem tem tempo de pensar direito…
    Com todo o respeito, aproveitando a virada de ano, procure refletir sobre “mágoa”: isso faz mal ao Sr mesmo.
    Da PM, lembre de momentos bons e do exemplo que se tornou para tantos jovens que lá estão e querem alçar vôos mais altos.
    Não se machuque remoendo “lembranças ruins” da PM pois é improdutivo e te intoxica.
    Fiquei 32 anos na PM, sempre “na rua” ou em ct próximo ao Patrulheiro e sei das frustações a que somos submetidos: mas a instituição é “tradicional” e organizações assim “não mudam da noite para o dia”; pelo contrário, suas engrenagens “esmagam” os que querem mudá-la.
    “Aposentei” chateado, mas evito “me intoxicar” com más lembranças: procuro momentos alegres e dignos pra alimenta a alma!
    Em arremate: com todo respeito Dr J, pense nisso.
    E continue a nos brindar com os comentários inteligentes.

    Curtir

  24. Amigos,
    .
    Não tenho nenhum ressentimento com relação a Polícia Militar, pelo contrário, nunca escondi de ninguém que adorava trabalhar no policiamento ostensivo. Sai porque gosto mais ainda da investigação, e me considero um frustrado por fazer tão pouco, sabendo que poderia fazer bem mais, caso o modelo engessado permitisse. Trabalhei quase onze anos, na equipe noturna, sempre no 16 BPMM, inclusive, na problemática região do Paraisópolis, Jaqueline, Jardim Colombo, Real Parque, São Remo, Jaguaré e Sapé. Gostava muito de fazer prisões, e ajudar as pessoas, coisas de polícia. Mas desde o meu primeiro dia na PM, até o último, fui crítico do modelo. Também fui militar do Exercito, por três anos, e por isso tinha essa visão que o militarismo é bom pras forças armadas, mas ruim pra polícia.
    .
    O pessoal costuma confundir, fim do militarismo com fim do policiamento ostensivo. Sempre fui, e continuo crítico do modelo de policiamento feito por polícia militar. Esse modelo, eu acho equivocado. Não vejo necessidade de termos uma polícia militar para fazer policiamento ostensivo e atos de defesa civil (corpos de bombeiros). Os bombeiros, na minha opinião, deveriam está na secretária de saúde ou defesa civil. Claro que não sou o dono da verdade, e posso está errado.
    .
    Como alguns dizem, e esse é um argumento usado pelos defensores do modelo militar de segurança pública, não se controla um contigente do tamanho do efetivo da PM sem um modelo militar. Eu particularmente não concordo. Basta ter as punições adequadas aos infratores e uma corregedoria eficiente. Até ontem, sob o argumento de manutenção da hierarquia e disciplina, policiais militares eram presos administrativamente por bobagens. Dar-se mais importância a forma que ao conteúdo.
    .
    De investigador virar as costas para delegados e mandar “tomar no cu”, nunca presenciei algo nem parecido com isso. Só ouvia essas lendas quando eu tava na PM. Se acontecer, algo assim, existem os mecanismos próprios para corrigir, Lei ordinária (código penal), e Lei Orgânica da Polícia. Algo que alguns não entendem, é que na PC, nós levamos em consideração que lidamos com homens, e pais e de família, e que se num momento de exacerbação um xingar o outro, optamos não colocar isso no papel, para não ferrar (muitas vezes com demissão) um pai de família. Já no militarismo, não pensam desse jeito, basta um soldado deixar de prestar continência para um cabo para ele querer ferrar a vida dele. Nossa lei orgânica pouco difere do RDPM, os mecanismos de controle estão lá, e funcionam.
    .
    Outro equívoco bastante comum que vejo dos PMs em relação a PC, é que eles acham que a polícia civil é o pessoal do plantão e o boletim de ocorrência. O pessoal da PM, principalmente os oficiais, plantam na cabeça dos recrutas que na Polícia Civil todos são corruptos, que nada funciona, etc., sequer conhecem a polícia civil, exceto pelo contato nos plantões apresentando ocorrências. Quando passei no concurso de delegado, ouvia aquelas besteiras de que ao abrir a gaveta da mesa já teria o dinheiro da propina lá dentro etc., que seria discriminado por ter sido PM, etc. Quando fui me apresentar na Acadepol, o que ouvi do diretor foi: “Seja bem vindo, sua experiência anterior será muito bem aproveitada, e ao contrário do que dizem da gente lá, nós aqui reconhecemos a importância do trabalho deles”.
    .
    Estipulo o prazo de dez anos para que o policiamento ostensivo seja atribuído as guardas-civis, e que as PMs serão reduzidas a uma pequena tropa, nível batalhão com atribuições antiterror. As GCMs são o futuro do policiamento, só não ver quem não quer.
    .
    Para não deixar o texto longo, pois, não tenho a eloquência do nosso querido VALDIR, paro por aqui.
    .
    Grande abraço a todos. FELIZ ANO NOVO.

    Curtir

    • Sr. Dr. JClaudio

      “…gosto mais ainda da investigação…”.
      Dr. Claudio deixa os Investigadores ficarem sabendo que Delegado é Investigador pra eles Investigador é só aquele que tá escrito na funcional…
      Reestruturação.

      Curtir

      • Acho que concurso pra Investigador é mais difícil do que pra Delegado.
        Na Cabeça Deles kkkkkk.
        PC é Carteira Preta e Vermelha!
        PM é Praça e Oficial!
        Kkkkkkkkkk
        Reestruturação

        Curtir

  25. Dizem que Comandantes Militares são Líderes, ou seja, fazem as mesmas coisas que seus subordinados, e, ainda mais, dá o exemplo e o incentivo de como fazer.
    Chefes em especial os Investigador na Polícia Civil são aqueles carrascos, ignorantes e arrogantes que só sabem mandar e gritar…

    Curtir

    • Quando eu era PM via os comandantes mandarem, porém eles faziam davam exemplos e incentivo.
      Lembro de vários treinamentos onde o comandante mandava fazer porque ele fazia.
      O PM que deu ordem deveria comer junto com seus subordinados porque são líderes de equipe.
      Diferente da PC onde o Chefe apenas muitas vezes com sua ignorância nem mesmo sabe o que está mandando….
      Reestruturação:
      Agente de Polícia Judiciária Estadual;
      Delegado de Polícia Judiciária;
      Escrivão de Polícia Judiciária;
      .
      Chefes devem ser Culto, Educado e Inteligente, e não as merdas bunda mole que tenho visto por aí.

      Curtir

    • Agente Secreto, na boa parceiro, trabalhei em diversas delegacias, com os mais diversos chefes dos investigadores (vaidoso, gente boa, etc…), mas gritar, comigo nunca aconteceu. Sempre tratei meus chefes com cortesia e educação e muitas vezes fui firme em meus posicionamentos, por isso o respeito era recíproco.

      Curtir

    • Você no minimo deve ser um delgado frustrado, que fundo queria ser oficial da PM, mas teve medo, fez direito e passou na PC, achando que iria mandar em seus subordinados igual um oficial da PM, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, ou então gostaria de ser Investigador e consegui apenas passar em outra carreira, e deve ter tomado uma invertida de um tira antigo e ficou magoadinho.

      Aqui cada um no seu quadrado, mas o respeito deve existir, não importa a carreira, já trabalhei com muitos chefes, alguns boa gente, outros zicas, mas sempre houve respeito.
      Nunca vi chefe de tira fazer o que voce fala.

      Curtir

  26. Falam do absurdo de PM comer em pé, desmerecimento e etc, mas já vi cada absurdo na PC, exemplo: Chefe dos Investigadores e até mesmo Investigador de 5° Classe falarem cada absurdo como: Carcereiro é o cu da polícia, Agente Policial é motorista, Agente de Telecomunicações só serve pra ouvir rádinho de pilha, Escrivão é o escravo da polícia, Auxiliar de Necropsia é açougueiro, Auxiliar de Papiloscopista é só um auxiliar.
    Todas essas carreiras abram os olhos, façam o chamamento da Justa Reestruturação porque todos fazem investigação na polícia civil e não é justo o Investigador levar o mérito. Além disso a Reestruturação traz união.

    Curtir

    • Agente Secreto trabalhei com diversos policiais (agente, carcepol, papi), e o respeito sempre existiu. Mas ainda tem idiota que zomba de colegas, nunca na frente, pois são covardes.

      Curtir

  27. Só acho que o que é bom deve ser copiado e o que é ruim desprezado.

    Militarismo existe em quantos países do mundo ? Deu certo onde existe?

    A figura do delegado existe em quantos paises ? Deu certo?

    As leis brandas penais existem em quais paises ? Deu certo? é um país seguro ?

    Concordo que toda instituição deve ter hierarquia. O que não dá é para aceitar ordem ilegal ou absurda.

    Curtir

  28. Bom Dia!

    Senhoras e Senhores.

    Queres ver o ser humano se transformar?

    DÊ UM POUCO DE PODER A ELE ou DEIXE QUE ACHE QUE TEM!

    Não se trata de “ser ou não ser” basta apenas “achar”!

    Nesta hora o ego e o caráter seguramente falarão mais alto.

    A satisfação e o orgasmo de achar que tem o poder diante das mãos o leva a volúpia.

    É por isso que em certos momentos da vida vale mais olhar e se fazer de morto e assim não arme ainda mais o injusto agressor.

    Minha avó sempre dizia: “Devemos tomar a sopa pelas beiras pois assim é mais prazeroso”.

    Não seja vingativo, procure sempre ser justo, pois no final a recompensa vem através de um bom quitute.

    Caronte

    Curtir

  29. Administração Pública viola norma que assegura intervalo de alimentação e descanso. Mesmo com a resistência legítima, o servidor é punido severamente. Trata-se de transgressão disciplinar provocada. Isso é espancar de morte os princípios da boa-fé objetiva, bem como da ética e da equidade. O episódio me lembra o instituto da “exceção da obrigação não cumprida”. Isso nada mais é do que Direito Administrativo do Inimigo. E, mesmo assim, o que não falta na polícia é barata aplaudindo o chinelo. Como dizem: “a única alegria do rebanho ocorre quando o lobo come a ovelha do lado”.

    Curtir

  30. Escolher ser praça na pm é algo difícil de ser compreendido, é tipo optar por serviço escravo e achar que o dono do engenho está fazendo o melhor para ele, a síndrome de Estocolmo, pior é que quando falam mal do militarismo para os praças nem eles sabem responder se é bom ou ruim, ficam indecisos, mesmo sabendo a merda que é! o pobre coitado ja perdeu a opinião própria.

    Curtir

    • Lembro de um conhecido, jovem Ten. PM, que ouviu de outro conhecido sobre uma intenção passada de se tornar (soldado) PM… e ouviu do jovem Ten. PM, acompanhado de um risinho “maroto”: “…. Soldado é loucura… pedreira…”.

      Curtir

    • Olhe, também não achava bom.
      Agora, depois do que, provavelmente, farão com a aposentadoria da PC…
      A não ser que o camarada opte por ser Delegado…
      Melhor Praça que “restopol”…

      Claro que estou pensando só na carreira…sem $$$ por fora.

      Só minha opinião…a carreira civil, com a Reforma que o Dória quer – e vai – passar…perderá qualquer vantagem honesta.

      Curtir

      • Jamiro, gosto não se discute. Em 1986 eu e diversos amigos fomos ao panelão, para nos inscrevermos no concurso da pm, Eu não fiz o concurso, e depois de um tempo prestei na Policia Civil, onde estou até hoje. Os amigos que serviram na pm, alguns foram expulsos, outros pediram para sair e o pouco que sobrou (rsrsr) conseguiu se aposentar. E não fiquei com medo do militarismo não, porque estava vindo das forças armadas.

        Curtir

        • PARABÉNS POR ESTAS PALAVRAS ! SALVE CASTELO, COSTAESILVA, GAISEL, MÉDICE … E PARA O INFERNO O GAL. FIGUEIREDO TRAIDOR DA PÁTRIA QUE DESTRUIU O BRASIL COM AS MALDITAS DIRETAJÁ E ANISTIA AO COMUNISTAS !

          Curtir

  31. PC não é muito diferente, quantos plantões noturnos, comendo de malmiteque no balcao do dp pq estava sozinho ?

    Curtir

  32. Por falar em comer em pé…janeirão é mês de rodízio das cadeiras. Será que teremos novidades velhas na DGP, Departamentos, Seccionais, etc?

    Curtir

  33. O FILHO DE COMUNISTA JÃO DÓRIANA DEU 5 % ….. ENTÃO FALTAM 95 % QUE SÓ VIRÃO SE O COMUNISTA VER QUE TEM CHANCE DE VENCER BOLSONARO E 2022. TODAVIA VAI SER BOLSONARO 95 % E J.DORIANA 5 % ….. NÃO HAVERÁ, PORTANDO REAJUSTE ALGUM !

    Curtir

  34. Caraio né meu,
    enquanto alguns pms passam por esse vexame, outros deixam integrantes do scc usarem salas com ar condicionado na base do gp aéreo para negociar a venda de uma aeronave, foda viu.

    Outros guardam uma carga de maconha dentro do batalhão de Botucatu que passou a ser considerado um legítimo escritório do crime organizado fardado, mais foda ainda viu meu.

    Cadê a coroné para nos dar informações sobre as apurações hein meu.
    Ou ela fala ou o seu majó revela sobre o verão passado né meu; é foda caraio, eu vou ficar cobrando até quando aqui meu?

    Curtir

Os comentários estão desativados.