Após saques a mercados, Polícia Civil passará a fazer rondas noturnas na Grande SP 23

Equipes especializadas reforçarão policiamento ostensivo feito pela PM e guardas municipais

SÃO PAULO

Após registrar ao menos três saques a supermercados nos últimos dias, a cúpula da Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo decidiu reforçar o policiamento preventivo das ruas da capital e região metropolitana com equipes especiais da Polícia Civil.

Por regra, o policiamento ostensivo nas cidades paulistas é feito pela Polícia Militar, em algumas delas contam também com a participação das guardas municipais. Os agentes da Polícia Civil, por sua vez, normalmente se deslocam em viaturas quando estão em investigações de crimes ou em operações especiais de combate à criminalidade organizada.

Na foto, vemos uma policial militar ajustar a máscara no rosto, tendo ao lado uma viatura
Policial militar de São Paulo; efetivo adota luvas e máscaras durante policiamento para evitar contágio por coronavírus – Divulgação Policia Militar

A expectativa, segundo a Folha apurou, é que esse reforço nas rondas comece na capital e na Grande SP já na noite desta quinta-feira (26) e sem previsão de quando devem ser suspensas. Elas devem ser realizadas por equipes especializadas da Polícia como Deic (crime organizado), Denarc (narcóticos) e do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania).

Integrantes da cúpula da Polícia Civil estavam realizando operação emergencial para aquisição de equipamentos de segurança como luvas e máscaras hospitalares.

Esse reforço no policiamento pode ser estendido para outras regiões do estado, caso novos casos venham a ser detectados. Por ora, contudo, só há registros de saques na capital e na região metropolitana. Embora considerado ainda dentro do controle, o aumento da presença na rua visa desestimular o aumento de casos e gerar clima de insegurança na população,

Dois desses saques ocorreram na noite desta quarta-feira (25) na zona leste da capital, ambas por volta das 20h. Um dos ataques ocorreu a um quiosque ao lado do supermercado D’avó, na avenida Sâo Miguel, na Vila Jacuí, quando um grupo de jovens saqueou as mercadorias, em especial bebidas.

O outro ataque ocorreu no Mini Extra da avenida Amador Bueno da Veiga, no Jardim Popular. Cerca de 20 pessoas, segundo testemunhos à polícia todas também aparentemente jovens, entraram no mercado como clientes e, após pegarem as mercadorias que queria, saíram correndo em debandada.

Outra caso semelhante havia ocorrido no Itaim Paulista, quando um grupo de cerca de 30 pessoas invadiu o Roldão Atacadista, deixando o local com itens como chocolate, bebidas e cigarros. Nesse caso, parte do grupo foi presa, e os produtos recuperados.

Desde o início da semana, a Polícia Militar já vem desenvolvendo um esquema especial de policiamento, tendo como uma das preocupações centrais tentar evitar saques e depredações de estabelecimentos comerciais como supermercados e farmácias.

Todas as operações no estado foram suspensas justamente para que o efetivo fosse integralmente concentrado nesses pontos e, ainda, para o policiamento residencial. A ideia é tentar deixar as pessoas em casa tranquilas e, assim, reduzir o estresse no isolamento social.

Até por essa redistribuição de efetivo, alguns integrantes da cúpula da PM consideravam desnecessária a participação da Polícia Civil no policiamento ostensivo.

Segundo integrantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública ouvidos pela Folha, outro foco de preocupação são as vias totalmente voltadas para o comércio, que, com a quarentena, estão quase desertas. Isso facilitaria os casos de furtos, porque não há a presença de transeuntes que, ao notarem algo errado passando por esses locais, acionem as forças de segurança.

No começo na semana, o governo de São Paulo já havia anunciado a ampliação do serviço de delegacia eletrônica para tentar evitar a aglomeração nos distritos policiais. Com a ampliação, pode-se registrar pela internet praticamente todos os crimes existentes, com exceção de casos de homicídio, latrocínio (roubo com morte), estupros e violência doméstica. Em todas as exceções, há necessidade de coleta de provas imediatas.

  1. Tá ficando cada vez melhor essa PC. Logo se sobrevivermos a gripezinha, vamos estar nos estádios fazendo a segurança e nas rodovias e quem dera nas matas. Quem sabe até bombeiros…

    Curtir

  2. É…..nos ferramos!!! Pandemia, retorno da nossa alteração previdenciaria a qual prejudicará muitos dos nossos, nosso patrão não está nem aí conosco, ronda alcool em gel, ronda mercado na madruga…..e aproveitando-se da situação, zero esperança futura de vermos uma luz.

    Curtir

  3. A reportagem está equivocada, a Pm está realizando todos os dias operações de combate ao tráfico, pegando como sempre os pé de chinelo sem documentos e que não tomam banho há um mês

    Roubos, baile funk e outros crimes não são prioridade em época de pandemia, vão colocar a Civil sem efetivo, sem viatura e sem reforço para fazer exatamente o trabalho da Pm, verdadeira piada

    Curtir

  4. Ebaaaaaa!!!!! Fazer trabalho de PM!!!!
    O DOPE pira! Kkkkkkkk
    Vamos lá “esquadrão de preto”! Vamos pegar um mormaço na praia com estas roupas leves! Kkkkkk

    Curtir

  5. Acho que não entenderam, funciona assim, “troca de favores”, a PC faz o papel da PM, dando uma forcinha, em troca, a PM faz de olho de vidro, não “mexe” em nada, ela não para em banquinha pra comprar jornal kkkk, nem vistoria o inteiror dos bares assim a PM coloca no seu relatório que jogos de azar e outras contravenções não existe na cidade, o tema hoje é coronavírus.

    Curtir

  6. Desde de quando, pegar um de cada distrito, escala forçada dessa, faz uma aglomeração de policias e saem a rua, chama-se “Policiamento Especializado”?

    Curtir

  7. Temos um espaço desse para falarmos da Policia Civil, desses exploradores que a comandam, alguns rindo a toa e outros se fud…. e os policiais civis, discutindo por Bolsonaro, Lula etc…. temos que ficar em cima do governador atual, dos diretores etc que estão rindo a toa e tratando nós como seus funcionários, estamos fazendo trabalho de PM, verdadeiros moedas de troca, para que uma minoria fique sorrindo, e a PM não interfira nas contravenções do di dia, não atrapalhe o “mensal”, refernte ao corona, cada um sabe se prevenir, cada um deve saber o seu limite, depois não adiante achar que o governo vai te ajudar, por isso cuide-se.

    Curtir

  8. O impressionante é que não há nenhuma reação por parte daqueles que deveriam ir contra mais esse absurdo. Excelentíssimos, chefias, sindicatos, associações, fiscais da lei, judiciário tão célere quando se trata de criminosos, todos se calam e permitem mais uma afronta às funções dos policiais civis. Sem efetivo, sem viaturas, sem material e armamento somos jogados nas ruas para realizar o que compete aos meganhas. Tudo apenas para atender às necessidades políticas de um almofadinha transformado em político salvador do país.

    Curtir

    • Mais que isso! Enquanto houver esse maldito cargo de confiança na polícia, será assim, a chefia administrando o fio metal, em troca os que “nunca sabe de nada” ficam enchendo os bolsos e querendo cumprimento de ordens absurdas, será que não perceberam que os tempos mudaram? a informação está ai para todos! è uma corrupção descarada e tem meia dúzia achando que tem moral para exigir algo. Garanto que quanto menor a corrupção, melhor para todos! a policia está caminhando em passos longos para que a corrupção diminua, pena que os “antigos” ainda não perceberam isso. Tem majura achando que é o dono dos policiais, mal sabe ele que um policial “louco” abrir a boca e falar a verdade, cai até o quadro da sala do departamento.

      Curtir

  9. Se eu fosse DGP baixava Portaria:
    Investigador Não Usa Uniforme porque é desvio de função.
    Investigador está Proibido trabalhar no Garra, Goe, Ger, Soe, Sat etc.
    Só pode exercer funções usando uniforme Agente e Delegado que são cargos polivalentes.
    Ou faz Reestruturação.

    Curtir

    • Quantas investigações Agentes Policiais, Agente de Telecomunicações fizeram e quem ganhou a fama foram os Investigadores?
      Entra na intranet e vê lotação de policiais a cada 10 um é agente o resto Investigador que deveria estar investigando.

      Curtir

  10. Isso que venho argumentando, usar esse espaço contra essas mazelas, usando policiais, delegados tem que entender que sozinhos não fazem nada (escrivães que digam), todos nós somos POLICIAS concursados!, esqueçam um pouco essa porra de Bolsonaro, quarentena etc…por acaso estamos em quarentena? porra nenhuma, então vamos se cuidar, agora é uma boa hora para dar um basta , pega os meia duzia de recolhas e mandam eles fazer operações segura cadeira noturna, esses telhados de vidro, estão querendo demais! olha que uma hora jogam uma pedra e quebra o telhado!.

    Curtir

  11. algumas considerações a serem interpretadas. A ronda foi invenção do governo, que já não ve tanto empenho com a militar e também porque há varios delegados lambendo o saco dele, achando que conseguirao inibir a pratica delituosa. Quanto a escalas extras, policia pode ser tudo, menos burro. olhos de vidro. Mas que acontece. vem aquele papinho motivador que fazendo o serviços seremos vistos com outros olhos, blablabla e o governo vai melhorar nossa situação. e tem filho da puta que acredita e trabalha com a alma nisso enquanto dona maria ta sentando na benga do vizinho. Depois o policia mata ela, o vizinho e se suicida. e o ciclo se perpetua. aprendam: NINGUEM É OBRIGADO A FABRICAR NUMEROS! NEM ADIVINHAR ONDE OCORRERÁ CRIME! se a PM ja ta aconchambrando, o que a civil tem que abraçar essa merda? Olhos de vidro. Muda chefe, titular, seccional, divisionario, diretor e continua fazendo a mesma coisa e deixa o olim e a graciele se virarem la na rola do governador. se inventarem segundo dia, terceiro dia, baixa pericia. pede licença. ferias. e se nao tiver como se esquivar, vá e nao prenda ninguem! escolha um buteco e fique na porta e irradie que tentaram entrar e estaciona ali e deixe dia clarear. ta na hora da civil ser menos no cega!

    Curtir

    • Tem razão.
      A ordem nos quartéis é:

      Olho de vidro;
      Abordar o mínimo possível;
      Se a ocorrência é à esquerda…dê a volta pela direita. Não tenha pressa…

      DEIXEM OS ÍNDICES ESTOURAREM.
      DEIXEM QUE O DÓRIA SE EXPLODA!

      Não esperem qualquer tipo de aumento salarial ou valorização…o Governador ODEIA a PM e fará tudo que puder para prejudicar PM’s.

      Cumpram suas missões no mínimo legal. O Comando não estará com vocês se decidirem “fazer para mais”…NÃO FAÇAM NADA PARA MAIS.

      Patrulham as ruas onde moram policiais militares e dêem mais atenção a esses lugares.

      De resto…não se arrisquem…não vale a pena.
      .
      .
      .
      .
      UM CORONEL DE “3 GEMADAS” E 31 ANOS DE PM deu esse discuro na ultima sexta feira.
      Nunca vi isso na PM antes.

      Se chegou a esse ponto…não se arrisquem…o comando da PM quer que a Segurança entre em grave crise…querem dar ao Dória todo o problema que puderem “dentro da lei”.

      Se o “sordado” fizer o mínimo legal…o tal “olho de vidro”…Se adotar essa postura como regra…a coisa vai degringolar.

      Curtir

      • Oficialzinho,

        Fazer ´olho de vidro´já inerente à PMESP há muito tempo dado o número imenso de roubos, furtos e homicídios que acontecem principalmente na capital e param nos inúmeros RDOs nos DPs.

        Tudo isso é responsabilidade direta da PMESP. Estabelecer mínimo de sensação de segurança é difícil nas condições normais na PMESP imagine praticando prevaricação e o mesmo crime do qual deveria evitar (aquele que tem o dever de atuar contra o crime…responderá pelo crime que não evitou; algo pouco usual entre os delegados que “passam a mão nos PMs”).

        Atingir o Doria deve ser de outra maneira e não pondo a população em risco. Há outros meios meios mais eficientes e inteligentes para isso, como exemplo as principais associações brigarem pelo correção constitucional do salário juntando-se todas associações num polo só. É pela via jurídica e política sem colocar a população no meio da briga.

        Se o coronelzinho “gemada” está orientando sua tropinha alienada a fazer isso, é por conta dos privilégios que ele perdeu e não por conta de defender a classe policial.

        Oficialzinho, abra um site flit específico para a PMESP e discuta os problemas internos da meganha. Depois de resolver os problemas internos tente resolver os internos.

        Continue com o programinha de funcionamento padrão PM instalado em você com seus comentários sem qualquer fundamento.

        Tome boas talagadas de uísque e dê risadas da população que se fod… para prover seu sustento, sua aposentadoria integral e seu posto imediato.

        Parabéns cidadadão bRASILEIRO!

        Curtir

      • Oficialzinho,

        Fazer ´olho de vidro´já inerente à PMESP há muito tempo dado o número imenso de roubos, furtos e homicídios que acontecem principalmente na capital e param nos inúmeros RDOs nos DPs.

        Tudo isso é responsabilidade direta da PMESP. Estabelecer mínimo de sensação de segurança é difícil nas condições normais na PMESP imagine praticando prevaricação e o mesmo crime do qual deveria evitar (aquele que tem o dever de atuar contra o crime…responderá pelo crime que não evitou; algo pouco usual entre os delegados que “passam a mão nos PMs”).

        Atingir o Doria deve ser de outra maneira e não pondo a população em risco. Há outros meios meios mais eficientes e inteligentes para isso, como exemplo as principais associações brigarem pelo correção constitucional do salário juntando-se todas associações num polo só. É pela via jurídica e política sem colocar a população no meio da briga.

        Se o coronelzinho “gemada” está orientando sua tropinha alienada a fazer isso, é por conta dos privilégios que ele perdeu e não por conta de defender a classe policial.

        Oficialzinho, abra um site flit específico para a PMESP e discuta os problemas internos da meganha. Depois de resolver os problemas internos tente resolver os internos.

        Continue com o programinha de funcionamento padrão PM instalado em você com seus comentários sem qualquer fundamento.

        Tome boas talagadas de uísque e dê risadas da população que se fod… para prover seu sustento, sua aposentadoria integral e seu posto imediato.

        Parabéns cidadadão bRASILEIRO!

        Curtir

      • Desculpe-me, mas não acredito. Agora, se verdade for, tô começando a gostar de Coronel rsrsrsr

        Curtir

  12. TOTAL ABSURDO.
    .
    Não é nossa atribuição constitucional o policiamento ostensivo. Em casos excepcionais e voltados para nossas atribuições até é defensável certa ostensividade, mas fazer policiamento ostensivo (preventivo), dessa forma é ridículo.
    .
    O policiamento ostensivo é o grande filtro da criminalidade, é na minha opinião mais importante para o controle dos índices criminais do que nossa atividade de polícia judiciária, mas não é nossa atribuição e sim da polícia militar.
    .
    Não conseguimos cumprir nossas atribuições e vamos invadir seara alheia. Nossos líderes estão de parabéns. São adeptos do princípio do submarino: “até pode flutuar, mas foi feito pra afundar”.

    Curtir

  13. Isso é uma das coisas que eu estava comentando sobre ser PC:

    Se todo mundo esta trabalhando normal, você trabalha também.
    Se dá uma zica, tragédia ou calamidade e todo mundo pára AI VOCÊ TRABALHA MAIS AINDA.

    E O SALÁRIO Ó…

    Curtir

  14. Alguém pode me dizer pra que servem os sub secretários? O secretário nunca aparece , os subs menos ainda, tempos estranhos.

    Curtir

Os comentários estão desativados.