Espancando as dúvidas sobre o Carnaval – Bolsonaro apoiou o carnaval para promover a cultura brasileira, atrair turistas e gerar emprego e renda 7

FOLIA

Ministério do Turismo vai apoiar Carnaval em diversos estados brasileiros

Recursos vão ajudar a para promover a cultura brasileira, atrair turistas e gerar emprego e renda
Publicado em 18/02/2020 12h25
17_02_carnaval.jpg

O carnaval a maior festa popular brasileira, movimenta a economia e gera emprego e renda ao País. Crédito: MTur

Para o Carnaval 2020, o Ministério do Turismo (MTur) anunciou o apoio de diversas festas regionais para promover a cultura brasileira, atrair turistas e gerar emprego e renda. Nesta edição da maior festa do País, o órgão investiu mais  R$ 1,5 milhão na organização de eventos geradores de fluxo turístico em vários estados brasileiros.

A cidade de São Lourenço (MG), por exemplo, foi contemplada com R$ 250 mil para a organização do Carnaval das Águas. O evento deve reunir cerca de 100 mil turistas e promete muita folia em seis dias de festa, com uma programação gratuita para todas as idades. Cantores famosos, marchinhas, samba e o tradicional Bloco do Pijama prometem animar a região, conhecida por suas fontes naturais de água mineral.

Além de São Lourenço, os municípios de Teresópolis (RJ), São Miguel Arcanjo (SP), São Bento do Sapucaí (SP), Urutaí (GO) e Goiás (GO) também receberam apoio do ministério para promover eventos do tipo durante este Carnaval.

Recursos

As cidades que desejam obter recursos públicos para promover eventos devem seguir critérios regulamentados pela Portaria nº39/17 do MTur, como fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro e cadastrar a proposta de trabalho no Sistema de Convênios do Governo Federal (Siconv). Em caso de contratação de artistas, eles devem estar registrados na plataforma Turismo com Música (Clique aqui para acessar).

Com informações do Ministério do Turismo


Tem idiota bozonarista  que culpa governadores e prefeitos sob a alegação de que foi com o carnaval que se deu a propagação do vírus. 

Por outro lado , afirmando que Bolsonaro alertou sobre a pandemia!

Nada mais falso! 

Por que ele não fechou os portos , aeroportos e fronteiras ? 

Ah, a economia não pode parar!

Filhos do presidente divulgam 'Bozonaro' no Instagram e viralizam ...

  1. Quem quer que seja, que liberou ou não, que fez algo ou não….agora é tarde, cagada feita!! Só vejo uma coisa, além da hipocrisia e canalhice, nas tres esferas: NENHUM DELES ESTÁ PREOCUPADO COM A POPULAÇÃO, EXISTE A VAIDADE DA MERDA DO CARGO, EXISTE OS INTERESSES FINANCEIROS E OS POLÍTICOS, FUTUROS. Agora é só a guerrinha, o teatrinho, as quedas de braço…….e a população que se lasque!!!! Seja com alguns comercios que poderiam perfeitamente estarem em funcionamento (TUDO COM AS CAUTELAS E CUIDADOS) , um rodízio ridículo que está prejudicando aqueles que ainda possuem seu emprego ( como mencionaram aqui, mede-se pelo celular, o cara vai trabalhar de carro ou se ferra na condução, ou seja, não isola do mesmo jeito, só prejudica) e outros superfaturamentos aproveitados pela situação. SÃO TODOS IGUAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  2. Procura-se um Ministro da Saúde na maior crise sanitária da nossa história.
    Coloca o chapeiro. Já que não deu pra emplacar como embaixador nos EUA, pra ser Ministro da Saúde dá. Ninguém quer mesmo.
    Na pior das hipóteses, acumula o cargo, decreta o fim do isolamento e cloroquina compulsória pra todo povo brasileiro.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Qual o problema de ficarmos, momentaneamente, sem Ministro da Saúde em plena pandemia se já estamos sem Presidente há quase 1 ano e meio?

    Curtido por 1 pessoa

  4. O Protocolo da Morte
    POR FERNANDO BRITO · 15/05/2020

    Não tem a menor importância quem vá ser nomeado para o lugar de Nelson Teich no Ministério da Saúde.

    O Ministro da Saúde – ou, dizendo melhor, da Doença e da Morte – é o afamado Dr. Jair Bolsonaro, formado Psicopatia Clínica.

    Qualquer sujeito que ocupe o cargo, seja general que vigiava Teich seja algum profissional médico aventureiro, será um carimbador dos diagnósticos e receitas brotados da cabeça do ex-capitão.

    Terá de seguir o Protocolo da Morte, seja enfiando cloroquina goela abaixo de pacientes desesperados, capazes de autorizar que lhes administrem até cápsulas de querosene na esperança de não morrerem aos montes.

    É Jair Bolsonaro que o define, de acordo com seu senso de oportunidade, ao enxergar na crise de dor e fome que a pandemia pode causar a chance de, em nome de combater a agitação – que seus próprios apoiadores encarregam-se de promover, em grupos tão pequenos quanto ruidosos, como as três ou quatro dúzias de fanáticos nazistas que foram saudá-lo, hoje, no Planalto.

    Já tínhamos um Ministério da Saúde combalido pela primeira mudança de ministro, um mês atrás, confuso e paralisado pela falta de energia e dinamismo de Teich e pela ocupação dos cargos intermediários por gente do meio militar. Agora, o que restava de seu corpo técnico está diante da escolha entre sair dos cargos ou esperar ser defenestrado por recusarem-se a obedecer ordens estúpidas.

    Fala-se que na segunda-feira Bolsonaro mandará carimbarem sua receita macabra, todos à rua, com cloroquina à vontade.

    Nosso país passará por um processo de destruição inédito, que farão os 15 mil novos infectados registrados hoje parecerem um bobagem e as mais de 14.800 mortes se assemelharem a uma bênção.

    Com ou sem bloqueios, vocês verão as ruas se encherem de gente se expondo, confundida pela loucura que emana de Brasília, diante da qual as forças políticas e as instituições titubeiam, transigem e, ao final, se rendem.

    É preciso dizer a verdade, o fascismo não está às portas. Ele já entrou, empalmou o poder e se dedicará, com ardor mórbido, a matar e destruir.

    Curtir

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s